sexta-feira, fevereiro 26Notícias Importantes
Shadow

censura

Governo Bolsonaro: Mario Frias quer explicações do YouTube sobre suspensão de usuários da plataforma

Governo Bolsonaro: Mario Frias quer explicações do YouTube sobre suspensão de usuários da plataforma

ATUALIDADES, Brasil, censura, Governo Bolsonaro, Mario Frias, Notícias, Política, YouTube
Secretário Especial da Cultura do Governo Bolsonaro, o ator Mario Frias quer explicações do YouTube sobre a suspensão de alguns usuários da plataforma. Para tanto, ele determinou que a Secretaria Nacional de Direitos Autorais e Propriedade Intelectual notificasse o YouTube. Frias deixou bem claro que não aceitará censuras por parte da plataforma. “Determinei que a Secretaria Nacional de Direitos Autorais e Propriedade Intelectual notificasse o YouTube, para que ele explicasse os atos de suspensão de alguns usuários da plataforma” — declarou. “Não admitirei qualquer tipo de censura, e buscarei todos os esclarecimentos, uma vez que nosso ordenamento jurídico só permite tal suspensão através d uma ordem judicial. Minha gestão n irá tolerar violações aos direitos fundamentais dos nossos cid...
Censura: YouTube suspende canal de Donald Trump

Censura: YouTube suspende canal de Donald Trump

censura, Donald Trump, EUA, Notícias
Presidente norte-americano fica impedido de enviar novos vídeos ou fazer transmissões ao vivo O YouTube é mais uma das ‘Big Techs’ a censurar Trump | Foto: Greg Skidmore / Flickr O YouTube anunciou na terça-feira 12 que suspendeu o canal do presidente norte-americano, Donald Trump, por “violar as políticas de incitação à violência” após o ataque do Capitólio dos Estados Unidos por baderneiros. O canal de Trump fica impedido de enviar novos vídeos ou fazer transmissões ao vivo por no mínimo sete dias, que podem ser prorrogados, segundo comunicado do YouTube. A empresa também desativou indefinidamente os comentários nos vídeos do canal. Twitter, Facebook e Instagram são outras companhias que já censuraram o líder republicano. Leia também: “Líderes europeus criticam censura de Trump no Twitt...
Líderes europeus criticam censura de Trump no Twitter

Líderes europeus criticam censura de Trump no Twitter

censura, Destaque, Donald Trump, Notícias, Twitter
Chanceler alemã e ministro francês reclamam da postura adotada pela empresa on-line Censura: decisão do Twitter contra Trump é criticada internacionalmente | Foto: Canva O bloqueio permanente da conta administrada por Donald Trump no Twitter não está sendo vista com bons olhos por políticos e governos europeus. Nesta segunda-feira, 11, representantes da Alemanha e da França criticaram publicamente a decisão adotada na última semana pela plataforma de rede social. Leia mais: “Redes sociais perdem proteção legal ao atuarem como editoras” Porta-voz de Angela Merkel, Steffen Seibert sinalizou que a primeira-ministra da Alemanha desaprovou a conduta da empresa contra o presidente dos Estados Unidos. “A chanceler Angela Merkel considera problemático que tenha sido bloqueada, de maneira completa...
Twitter bane contas que difundiam teoria da conspiração QAnon

Twitter bane contas que difundiam teoria da conspiração QAnon

censura, Notícias, Tecnologia, Twitter
Medida da companhia visa ao combate à “desinformação” e ao “discurso de ódio” Twitter está eliminando contas em larga escala | Foto: Reprodução/Twitter O Twitter fez uma limpa de contas que promoviam a teoria da conspiração QAnon na sexta-feira 8, excluindo as páginas de líderes do grupo. As contas foram tiradas do ar permanentemente, em uma medida da companhia para combater, segundo eles, a “desinformação” e o “discurso de ódio”. O QAnon é uma teoria da conspiração surgida em 2017 em um site de mensagens anônimas. Em sua essência, o grupo diz que o presidente norte-americano, Donald Trump, está travando uma guerra secreta contra os pedófilos adoradores de Satanás do alto escalão do governo, do mundo empresarial e da imprensa. Leia também: “A direita sob fogo cerrado” *O espaço para come...
Depois do Twitter, Facebook e Instagram censuram Trump

Depois do Twitter, Facebook e Instagram censuram Trump

censura, congresso, Donald Trump, facebook, Instagram, Joe Biden, Mundo, Notícias, Política, Twitter
Perfis do presidente dos Estados Unidos estão suspensos, por 24 horas Biden foi certificado presidente eleito dos EUA | Foto: Shealah Craighead/Casa Branca Depois de o Twitter censurar o presidente Donald Trump, foi a vez do Facebook e do Instagram. As duas redes sociais pertencentes ao empresário Mark Zuckerberg suspenderam, por 24 horas, os perfis do chefe do Executivo. A decisão ocorre depois da manifestação a favor do republicano, em que pessoas invadiram o Congresso Nacional de modo a impedir que Joe Biden fosse declarado vitorioso, conforme noticiou Oeste. Em um post intitulado “Nossa resposta à violência em Washington”, o Facebook afirmou que estava monitorando em tempo real as atividades na plataforma. Declarou que removeria publicações que incitassem ou apoiassem o ato. “Como par...
Documentos da ditadura comunista da China mostram censura a informações sobre a Covid-19

Documentos da ditadura comunista da China mostram censura a informações sobre a Covid-19

censura, China, China censura informações Covid-19, coronavírus, covid, Covid-19, Informações, novo coronavírus
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE Documentos secretos do governo comunista da China publicados nesse sábado (20.dez.2020) pelo jornal norte-americano The New York Times e pela organização de jornalismo investigativo ProPublica mostram como a ditadura chinesa atuou para moldar a opinião pública e controlar a narrativa sobre a pandemia da Covid-19.Um grupo hacker autointitulado “PCC sem máscara”, em referência ao PCC (Partido Comunista Chinês), foi o responsável por obter os documentos. O vazamento inclui 3.200 comunicados e 1.800 memorandos internos do governo. CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE O material conta com mensagens enviadas por censores que trabalham para a ditadura chinesa com ordens para que sites de notícias e redes sociais manipulassem informações sobre o novo coronavíru...
Jornalista pode ser presa na China por noticiar sobre pandemia

Jornalista pode ser presa na China por noticiar sobre pandemia

censura, Covid-19, jornalista, Mundo, pandemia, Prisão
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE A jornalista Zhang Zhan pode pegar cinco anos de prisão, por informar sobre a crise provocada pelo novo coronavírus na cidade de Wuhan, segundo informações divulgadas nesta terça-feira (17) pela ONG Chinese Human Rights Defenders (CHRD).A organização indicou, através do Twitter, que um tribunal de Xangai julgará a profissional de imprensa por causa de informações veiculadas nas redes sociais, sobre a propagação do patógeno no início deste ano. CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE De acordo com a ONG, devido as acusações de “provocar distúrbios e criar problemas”, podem levar Zhang a ser condenada a uma pena que varia de quatro a cinco anos de prisão. A jornalista, de 37 anos, foi detida há seis meses, enquadrada em um delito que é comumente atribuído con...
× Como posso te ajudar?