quinta-feira, outubro 6Notícias Importantes
Shadow

Paes recomenda que idosos, estudantes e pessoas com comorbidades voltem a usar máscara – Globo

Paes recomenda que idosos, estudantes e pessoas com comorbidades voltem a usar máscara

Paes recomenda que idosos, estudantes e pessoas com comorbidades voltem a usar máscara

O prefeito Eduardo Paes (PSD) recomendou, nesta quinta-feira (2), que idosos, estudantes e pessoas com comorbidades voltem a usar máscara, mas destacou que “espera não ter que impor medidas restritivas” para toda a cidade.

“Não vamos impor nenhum tipo de obrigação de usar máscaras. O momento é outro”, disse o prefeito.

“As gripes ‘não Covid’ representam cerca de 80% das pessoas que testam”, detalhou.

Houve um pequeno aumento no número de casos nas duas últimas semanas, mas não foi registrado crescimento nos óbitos.

Essa variação não se compara ao pico da ômicron, em janeiro, quando a prefeitura chegou a contabilizar 190 mil casos em uma única semana.

“Nos últimos 90 dias, depois da onda de janeiro, o que temos é um aumento, a maioria de casos leves, onde o pico diário não chega a mil casos”, comparou o superintendente de Vigilância em Saúde, Márcio Garcia.

1 de 2
Eduardo Paes em coletiva no COR — Foto: Reprodução

Eduardo Paes em coletiva no COR — Foto: Reprodução

Já qualquer pessoa que tiver sintomas de gripe deve, idealmente, ficar de máscara e ir testar. Hoje, 20% dos testes estão dando positivo para Covid — e praticamente todos os casos genotipados são da variante ômicron.

Paes voltou a pedir que cariocas com a terceira dose da vacina da Covid em atraso procurem um posto de saúde. Um milhão e 200 mil pessoas ainda não tomaram esse primeiro reforço. Podem se imunizar nesta fase maiores de 12 anos que receberam a segunda dose há pelo menos quatro meses.

Já a quarta dose está disponível para idosos com 60 anos ou mais — também observando o intervalo de quatro meses.

“Depois de a gente ter descoberto que a Terra é redonda e que as vacinas funcionam, que por favor as pessoas se dirijam a uma unidade e saúde e tomem”, disse Paes.

Nesta quinta, 69 pessoas estavam internadas com Covid — 28 delas em UTIs. A taxa de ocupação está em 97%, mas o secretário municipal de Saúde, Rodrigo Prado, afirmou que já pediu para ampliar os leitos.

2 de 2
Dados da Covid no Rio até o fim de maio — Foto: Reprodução

Dados da Covid no Rio até o fim de maio — Foto: Reprodução

O ano de 2022 já superou 2021 e 2020 no número de casos: são 462 mil este ano contra 307 mil e 221 mil nos anteriores. Mas pacientes graves e óbitos diminuíram para 10% do registrado antes, em média.

Hoje, dois terços (65,9%) da população adulta está com três doses no braço.

O Blog do Edimilson Ávila adiantou que a partir do próximo sábado (4) qualquer carioca poderá tomar a vacina da gripe. Até então, somente o público-alvo, como idosos e crianças, podia ser imunizado.

O Dia D acontecerá no estado todo, mas o governo ainda está contemplando só o público-alvo. A adesão ainda está baixa: nem um quarto do total esperado dos fluminenses foi se vacinar. Na capital, a cobertura não bateu a metade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?