segunda-feira, novembro 29Notícias Importantes
Shadow

China

PNA: Kazakh na China

PNA: Kazakh na China

China, Missões
Os cavaleiros tradicionalmente nômades do Cazaquistão ainda dominam vastos pastos onde vivem, inclusive na China? Pelo contrário, muitos milhares de cazaques oprimidos fugiram tanto da Rússia como da China no século passado. No entanto, hoje quase 1,9 milhão de cazaques ainda vivem no noroeste da China como um grupo minoritário oficial. Residem principalmente na província de Xinjiang, representando a segunda maior comunidade falante de turco nativa de Xinjiang. Obstáculos ao Ministério: Os cazaques chineses têm resistido fortemente ao cristianismo. Menos de 200 se voltaram para Cristo neste grupo esmagadoramente muçulmano. Além disso, embora tenham praticado o islamismo sunita durante séculos, os cazaques colocaram sua fé em elementos de espiritismo, animismo e adoração dos anc...
China recua de declarações acerca da CoronaVac

China recua de declarações acerca da CoronaVac

China, CoronaVac, coronavírus, Covid-19, Mundo, Notícias
Depois de informar que a eficácia de suas vacinas é baixa, o diretor do Centro de Controle e Prevenção de Doenças da China, Gao Fu, recuou e disse que foi mal interpretado. No sábado 10, ele declarou que os imunizantes CoronaVac e Sinopharm não têm índices de proteção muito altos. Depois do assunto repercutir em vários jornais, ele contornou a polêmica. “As taxas de proteção de todas as vacinas no mundo às vezes são altas, e às vezes baixas. Como melhorar sua eficácia é uma questão que precisa ser considerada por cientistas de todo o mundo”, declarou Gao, no domingo 11, ao jornal Global Times. A publicação é controlada pelo Partido Comunista (PCC). Um dia antes, o especialista havia informado que o PCC estuda misturar os produtos de modo a aumentar a potência contra a covid-19. Conforme o ...
CoronaVac tem baixa eficácia, admite autoridade chinesa

CoronaVac tem baixa eficácia, admite autoridade chinesa

Brasil, China, CoronaVac, coronavírus, Covid-19, Mundo, Notícias, Sinopharm, Sinovac
Gao Fu, diretor do Centro Chinês para Controle e Prevenção de Doenças (CDC), informou que as vacinas chinesas contra a covid-19 têm baixa eficácia. Hoje, o país possui dois imunizantes no mercado distribuídos a 22 nações: a CoronaVac (já em aplicação no Brasil) e a Sinopharm. Dessa forma, o Partido Comunista da China (PCC) avalia misturar os produtos de modo a aumentar o potencial das mercadorias. “As vacinas chinesas não têm taxas de proteção muito altas”, declarou o chefe do CDC, em uma coletiva de imprensa em Chengdu, realizada no sábado 10. “Está sendo formalmente avaliado se devemos usar diferentes vacinas de diferentes linhas técnicas para o processo de imunização”, acrescentou Gao Fu. No evento, representantes do CDC anteciparam à imprensa que o PCC está trabalhando no desenvolvimen...
China intensifica vacinação no país e atrasa exportação dos insumos da CoronaVac

China intensifica vacinação no país e atrasa exportação dos insumos da CoronaVac

China, CoronaVac, coronavírus, EUA, Mundo, Notícias
A China decidiu priorizar a vacinação contra a covid-19 no país para superar os números atingidos pelos Estados Unidos, que alcançaram 4 milhões ao dia, segundo informações da CNN Brasil. A meta é imunizar 40% da população até junho, o que daria 5 milhões de chineses por dia. Essa seria a principal razão para a aparente trava na exportação do Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA), insumo essencial para a fabricação de imunizantes contra a covid-19 em outros países — é o caso do Brasil, que vacina sua população com dois imunizantes: o de Oxford e o da CoronaVac, que depende do ingrediente importado. Ontem, quarta-feira 7, o Instituto Butantan suspendeu a produção de novas doses do imunizante chinês diante da falta de insumos, conforme noticiou Oeste. Leia também: “Em 2020, investimento estra...
Ministro das Relações Exteriores revela pressão por 5G

Ministro das Relações Exteriores revela pressão por 5G

5G, Arthur Lira, China, Ernesto Araújo, Itamaraty, Ministério das Relações Exteriores, Mundo, Notícias, Rodrigo Pacheco
O chanceler Ernesto Araújo revelou neste domingo, 28, o breve diálogo que teve com a senadora Kátia Abreu (PP-TO) em um almoço no Itamaraty no início deste mês. “Conversa cortês. Pouco ou nada falou de vacinas. No final, à mesa, disse: ‘Ministro, se o senhor fizer um gesto em relação ao 5G, será o rei do Senado’. Não fiz gesto algum”, escreveu o ministro das Relações Exteriores, no Twitter. “Desconsiderei a sugestão inclusive porque o tema 5G depende do Ministério das Comunicações e do próprio presidente da República, a quem compete a decisão última na matéria”, acrescentou Araújo. Desde a semana passada, parlamentares do Congresso Nacional e prefeitos pedem a cabeça do ministro das Relações Exteriores. Entre os apoiadores da iniciativa estão os presidentes Arthur Lira (PP-AL), da Câmara d...
Depois de revelações sobre o 5G chinês, Kátia Abreu ataca Araújo

Depois de revelações sobre o 5G chinês, Kátia Abreu ataca Araújo

5G, China, Ernesto Araújo, Itamaraty, Ministério das Relações Exteriores, Notícias, Política, senado
A senadora Kátia Abreu (PP-TO) reagiu neste domingo, 28, às revelações que o chanceler Ernesto Araújo fez sobre um almoço que teve com a parlamentar no início deste mês. Segundo o ministro, a congressista sugeriu que ele fizesse acenos ao 5G chinês para se tornar o “rei do Senado”. Neste ano, haverá o leilão da tecnologia no Brasil. Entre os concorrentes está o Partido Comunista da China, interessado em abocanhar o mercado através do gigante de tecnologia Huawei. “O Brasil não pode mais continuar tendo, perante o mundo, a face de um marginal. Alguém que insiste em viver à margem da boa diplomacia, à margem da verdade dos fatos, à margem do equilíbrio e à margem do respeito às instituições. Alguém que agride gratuitamente e desnecessariamente a Comissão de Relações Exteriores e o Senado Fed...
UE impõe sanções à China por abuso contra minoria uigur

UE impõe sanções à China por abuso contra minoria uigur

China, Mundo, Notícias, União Europeia
O Conselho da União Europeia (UE) aprovou nesta segunda-feira, 22, a imposição de sanções contra quatro autoridades chinesas e uma organização pública por abusos de direitos humanos contra a minoria uigur na província chinesa de Xinjiang. O Reino Unido, que não faz mais parte do bloco comunitário, também sancionou os mesmos alvos nesta segunda-feira. É a primeira imposição de sanções da UE à China em mais de três décadas, desde o embargo de armas imposto em 1989 após o massacre da Praça da Paz Celestial, em Pequim. A medida assinada pelos ministros das Relações Exteriores dos 27 Estados-membros da UE, bem como a sanção semelhante anunciada pelo Ministério do Exterior britânico, tem como objetivo lançar luz às detenções em massa de uigures no noroeste da China. O regime de Xi Jinping nega q...
China começa a bloquear o aplicativo de mensagens criptografadas Signal

China começa a bloquear o aplicativo de mensagens criptografadas Signal

censura, China, Internacional, Notícias, Tecnologia
China começa a bloquear o aplicativo de mensagens criptografadas Signal - Agora Notícias Brasil Reprodução O país, que vive sob domínio de uma única força política, tem histórico de reprimir a liberdade de expressão e  as garantias individuais dos seus cidadãos. Na terça-feira passada, usuários do país começaram a relatar que não conseguem mais enviar ou receber textos pelo aplicativo Signal. O acesso ao site oficial do Signal também está fora do ar, de acordo com GreatFire.org, um site que rastreia a censura online do país. Signal is blocked for me here in Shanghai as well. Lots of people talking today about the app being blocked. I can’t send or receive messages without being on a VPN — Keegan Elmer (@in...
China usará vacina chinesa como critério para concessão de visto a estrangeiros

China usará vacina chinesa como critério para concessão de visto a estrangeiros

China, China vacina chinesa visto, coronavírus, covid, Covid-19, vacina chinesa, visto
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 1 A China está disposta a suavizar suas restrições fronteiriças para permitir o retorno de alguns estrangeiros, incluindo aqueles procedentes de Estados Unidos, Índia e Paquistão, desde que tenham sido vacinados contra a Covid-19 com um imunizante de fabricação chinesa. A informação é da agência de notícias AFP. O país se fechou para a maioria dos estrangeiros desde março passado para conter a propagação do novo coronavírus. Agora, embaixadas chinesas em vários países emitiram avisos, indicando que abrirão as solicitações de visto para algumas pessoas, desde que tenham sido imunizadas com uma vacina chinesa. CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 2 Em um comunicado divulgado na segunda-feira (15), a embaixada da China nos Estados Unidos afirmou que começará a trami...
Ser gay é transtorno mental, considera tribunal chinês

Ser gay é transtorno mental, considera tribunal chinês

China, Homossexualidade, Mundo, Notícias
O livro Mental Health Education for College Students ensina que a homossexualidade é um distúrbio psicológico. Assim também pensa o tribunal chinês do distrito de Suyu, no leste do país, informou o jornal South China Morning Post. Tudo começou depois que Xixi, uma mulher de 24 anos, moveu na Justiça um processo criticando o conteúdo da obra. No entanto, segundo a corte, não há nada de errado com as informações da bibliografia, hoje utilizada em universidades do país. Argumentaram os juízes que não se trata de “erro factual” mas sim de “uma visão acadêmica acerca do tema”. Xixi chamou a decisão de “aleatória e sem base” e afirmou que continuará a trabalhar pela causa LGBT fora dos tribunais. Leia também: “Número de bilionários dispara na China durante a pandemia” ...
× Como posso te ajudar?