quarta-feira, dezembro 7Notícias Importantes
Shadow

Tag: Sérgio Camargo

Presidente da Fundação Palmares sofre ataque racista de jornal e avisa que irá processar

Presidente da Fundação Palmares sofre ataque racista de jornal e avisa que irá processar

ATUALIDADES, Bolsonaro, Notícias, Política, racismo, Sérgio Camargo
O presidente da Fundação Palmares, Sérgio Camargo, sofreu um ataque racista por parte do “Jornal do Campus”. O veículo de comunicação chamou Camargo de “preto de alma branca” e questionou o motivo dele ainda estar à frente da instituição de promoção da cultura afro-brasileira. “Preto de Alma branca: o que faz Sérgio Camargo no comando da Fundação Palmares?” — diz o título da matéria do jornal. Ao comentar o caso, Camargo relembrou que tal insulto já foi desferido contra o jornalista Heraldo Pereira, em 2009. Na época, o apresentador Paulo Henrique Amorim, que faleceu em 2019, disse que Heraldo era “um negro de alma branca” e completou: “Ele não conseguiu revelar nenhum atributo para fazer tanto sucesso, além de ser negro e de origem humilde” — disparou. Amorim acabou sendo condenado...
Carmargo entra com processo contra Marco Antônio Villa e afirma que, caso vencer, dedicará vitória à Bolsonaro

Carmargo entra com processo contra Marco Antônio Villa e afirma que, caso vencer, dedicará vitória à Bolsonaro

Notícias, Política, Sérgio Camargo
O presidente da Fundação Palmares, Sérgio Camargo, resolveu entrar com uma ação contra o comentarista e historiador Marco Antônia Villa, da rádio Jovem Pan, posteriormente ele ter sido chamado de “negro nazista”. Nesta segunda-feira (21), Sérgio foi até as suas redes sociais para comentar a respeito do processo e afirmou que, se eventualmente vencer, irá dedicar “a provável vitória ao presidente Bolsonaro e apoiadores”. Por meio de sua conta oficial no Twitter, ele postou um vídeo do comentário proferido por Villa e afirmou que o processor “há de pagar pelo ataque racista à minha honra”. Leia também: João Doria anuncia licença e Rodrigo Garcia, seu vice, assume o cargo  “A ação criminal é por injúria racial qualificada, cuja pena máxima é três anos de reclusão. Situação de momento: di...
Os barrados no baile da Fundação Palmares

Os barrados no baile da Fundação Palmares

Brasil, Direitos Humanos, Notícias, Sérgio Camargo
A semana passada foi marcada pelo alvoroço causado pela divulgação dos nomes de 27 membros excluídos da Lista de Personalidades Negras da Fundação Palmares. A medida segue uma portaria da entidade vigente desde novembro/20, instituindo o critério de homenagens póstumas. Luciano Huck, indignado, publicou nas redes sociais: “minha solidariedade a todos que sofreram perseguição ideológica e foram excluídos da lista de Personalidades Negras da Fundação Palmares. O brilho de vocês ninguém apaga. Esta onda negacionista está passando. Restará o esquecimento”. Já o advogado Marivaldo Pereira ameaçou processar o Presidente da Fundação Palmares, Sergio Camargo: “não vai ficar assim! Vamos reverter essa decisão canalha na Justiça! O único nome que será esquecido será o dessa figura quando deixar a p...
Histórico! Pela primeira vez na história, um policial é homenageado pela Fundação Palmares

Histórico! Pela primeira vez na história, um policial é homenageado pela Fundação Palmares

ATUALIDADES, Notícias, Política, Sérgio Camargo
A eleição do presidente Jair Bolsonaro vem provando a cada dia que o Poder Executivo Brasileiro deu uma forte guinada no sentindo de valores conservadores. Pela primeira vez na história, um policial militar será homenageado pela Fundação Palmares. Trata-se de Luiz Paulo costa, sargento da Polícia Militar do Rio de Janeiro, de 39 anos, morto em fevereiro desde ano por traficantes. O policial do Bope, que estava na PM desde 2002, foi assassinado após uma emboscada em Cabo Frio, cidade carioca, na Avenida Vereador Antônio Ferreira dos Santos, no bairro Braga. Conhecido como “Negão do Bope”, Luiz Paulo era casado e pai de quatro filhos. O anúncio da inclusão do nome do policial na lista de “Personalidades Negras” da Fundação Palmares foi realizado, no Twitter, por Sérgio Camargo. Sérgio C...
Sérgio Camargo chama de “marginal” homem morto no Carrefour

Sérgio Camargo chama de “marginal” homem morto no Carrefour

ATUALIDADES, Notícias, Política, Sérgio Camargo
O presidente da Fundação Palmares, Sérgio Camargo, afirmou nesta quarta-feira (25) que o homem morto em uma loja da rede Carrefour, em Porto Alegre, “não representa os pretos honrados” e o chamou de marginal — mesmo que indiretamente. A fala de Camargo foi realizada ao comentar uma notícia sobre o filme que retrata a vida do terrorista Carlos Marighella, interpretado pelo cantor e ator Seu Jorge. “O terrorista comunista Marighella era branco! O filme não sofreu censura alguma! Marginais não representam os pretos honrados do Brasil, seja Marighella, Madame Satã ou o negro do Carrefour. Cada um gasta seu dinheiro como quiser. O meu nunca terão!” — disse o presidente da Fundação Palmares. O homem morto por seguranças no Carrefour de Porto Alegre se chamava João Alberto Silveira Freitas...
Sérgio Camargo: “Todos que vinculam assassinatos ao racismo são canalhas”

Sérgio Camargo: “Todos que vinculam assassinatos ao racismo são canalhas”

Notícias, Política, racismo, Sérgio Camargo
O presidente da Fundação Palmares, Sérgio Camargo, compartilhou nesta segunda-feira (23) um meme bastante emblemático sobre o caso Adélio. No meme diz: “Homem negro esfaqueou candidato branco”. Em seguida, ele enfatiza: “você nunca ouviu essa frase, mesmo porque ela é errada, mas se fosse o contrário, você teria ouvido”. Ao compartilhar o pôster, Camargo afirmou que “todos que vinculam assassinatos ao racismo são canalhas” e que o objetivo dessas pessoas é “jogar pretos contra brancos”. “Jair Bolsonaro foi esfaqueado por um criminoso, não por um preto. Falta descobrir quem foi o mandante; a cor dele não importa. Todos que vinculam assassinatos ao racismo são canalhas. O objetivo é jogar pretos contra brancos. São os verdadeiros racistas” — escreveu o presidente da Fundação Palmares. ...
“O humorista Mussum será incluído na lista de Personalidades Negras da Fundação Cultural Palmares” — informa Sérgio Camargo

“O humorista Mussum será incluído na lista de Personalidades Negras da Fundação Cultural Palmares” — informa Sérgio Camargo

ATUALIDADES, Notícias, Política, Sérgio Camargo
O presidente da Fundação Palmares, Sérgio Camargo, informou pelas suas redes sociais que o nome de Antônio Carlos Bernardes Gomes, conhecido como o humorista Mussum, será incluído na lista de Personalidades Negras da instituição. “O humorista Mussum será incluído na lista de Personalidades Negras da Fundação Cultural Palmares a partir de 1° de dezembro, quando passa a valer a portaria que legitima e moraliza as homenagens da instituição” — declarou Camargo. O humorista Mussum será incluído na lista de Personalidades Negras da Fundação Cultural Palmares a partir de 1° de dezembro, quando passa a valer a portaria que moraliza as homenagens da instituição. 🇧🇷 pic.twitter.com/qlsBEnP49K— Sérgio Camargo (@sergiodireita1) November 12, 2020 Há poucas semanas, o presidente da Fundação Palmar...
Sérgio Camargo, da Fundação Palmares, chama marido de Bela Gil de “preto de Taubaté”

Sérgio Camargo, da Fundação Palmares, chama marido de Bela Gil de “preto de Taubaté”

Eleições 2020, João Paulo Demas, PSOL, Sérgio Camargo
O presidente da Fundação Cultural Palmares, ligada ao governo, Sérgio Camargo, disse neste domingo (1) em seu Twitter, que o João Paulo Demasi, marido de Bela Gil e candidato a vereador em São Paulo pelo PSOL “preto de Taubaté”. A declaração ocorre após e empresário se declarar “preto” em seu cadastro eleitoral: “É uma percepção minha”. CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE Veja a declaração de Sérgio Camargo no Twitter: “Surge mais um preto fake na esquerda. David Miranda (branco) ao menos se esforça para parecer preto. Este sujeito aqui nem se dá ao trabalho. O oportunismo racial dele é um insulto aos negros, que precisam lhe negar o voto. Não importa como “se percebe”, será sempre um BRANCO! Esse preto de Taubaté, marido da Bela Gil e candidato a vereador em São Paulo, insulta também os branc...
Fundação Palmares: entra Luiz Melodia; sai dupla ligada ao PT

Fundação Palmares: entra Luiz Melodia; sai dupla ligada ao PT

Governo, Notícias
Cantor e compositor morto em 2017, Luiz Melodia não constava na lista de homenageados da entidade Luiz Melodia entrará para a lista de homenageados da Fundação Cultural Palmares | Foto: Divulgação Mudanças na lista de homenageados da Fundação Cultural Palmares, órgão vinculado à Secretaria Especial de Cultura do governo federal. Ignorado até o momento pela entidade, o cantor e compositor Luiz Melodia entrará para a lista. Enquanto isso, duas figuras públicas ligadas ao PT perderam vez. Leia mais: “Novo secretário especial da Cultura pretende auditar uso da Lei Rouanet” O aviso das alterações entre os homenageados foi feito na manhã de hoje pelo presidente da Palmares, Sérgio Camargo. Pelo Twitter, ele chamou a atenção para o fato de o artista morto em 2017 não ser lembrado pelo órgão, ao ...
Presidente da Fundação Palmares se manifesta sobre matéria do JN: “gostei de ver Jean Willys, Marina Silva e Benedita da Silva estressadinhos”

Presidente da Fundação Palmares se manifesta sobre matéria do JN: “gostei de ver Jean Willys, Marina Silva e Benedita da Silva estressadinhos”

ATUALIDADES, Bolsonaro, Notícias, Política
O presidente da Fundação Palmares, Sérgio Camargo, se manifestou acerca da matéria do Jornal Nacional (JN), a qual foi ao ar no dia de ontem, terça-feira, sobre a sua decisão de retirar o nome de Marina Silva e de outras figuras da lista de personalidades negras da instituição em que preside. Em sua manifestação, Camargo atentou para o fato da matéria do JN ter citado a exclusão do nome de Madame Satã, apresentando-o como “travesti artístico do teatro”, mas sem falar sobre os seus crimes. “Nesta terça-feira, fui um dos destaques do JN. O criminoso Madame Satã, uma das “personalidades” que excluí da galeria de homenageados da Fundação Palmares, foi descrito como “travesti artístico do teatro”. NENHUMA menção à sua extensa ficha criminal, que inclui três homicídios – 27 anos de cadeia” —...
× Como posso te ajudar?