sexta-feira, setembro 24Notícias Importantes
Shadow

Vacinas

Pandemia de covid-19 “está longe de terminar”, diz chefe da OMS

Pandemia de covid-19 “está longe de terminar”, diz chefe da OMS

destaques, mortes, Vacinas
Cerca de 780 milhões de vacinas foram administradas globalmente Confusão e negligência no combate à Covid-19 fazem com que a pandemia esteja longe de terminar, mas a situação pode ser controlada em meses com a adoção de medidas de saúde pública comprovadas, disse o diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, nesta segunda-feira (12). Até agora, cerca de 780 milhões de vacinas foram administradas globalmente, mas medidas como o uso de máscaras e a manutenção do distanciamento físico precisam ser aplicadas para reverter a trajetória da pandemia. “Nós também queremos ver sociedades e economias reabrindo, e viagens e comércio recomeçando”, disse Tedros em uma coletiva de imprensa. “Mas, neste momento, unidades de tratamento intensivo de muitos paí...
Brasil é líder entre 50 países que recebem vacinas e insumos da China, afirma embaixador do país

Brasil é líder entre 50 países que recebem vacinas e insumos da China, afirma embaixador do país

Brasil, Covid-19, destaques, Vacinas
Apesar do ‘grande desequilíbrio entre oferta e demanda’ de vacinas, Yang Wanming disse que seu país está ‘sensibilizado’ com a situação brasileira; ele ainda afirmou que Pequim espera um ambiente de negócios não discriminatório no Brasil. BRASÍLIA — Procurado por parlamentares e integrantes do governo Bolsonaro para que ajude o Brasil a receber mais vacinas e outros produtos usados no combate à Covid-19, o embaixador chinês em Brasília, Yang Wanming, disse, em entrevista ao GLOBO, que os brasileiros são parceiros prioritários da China e continuarão sendo contemplados, apesar do grande desequilíbrio entre a oferta e a demanda de insumos e imunizantes no mundo. — Nesse contexto, a procura interna da China também é enorme.— disse o embaixador, por e-mail, acrescentando que, mesmo assim, ...
CoronaVac parece segura e cria anticorpos em crianças, diz pesquisa

CoronaVac parece segura e cria anticorpos em crianças, diz pesquisa

Notícias, Saúde, Vacinas
A CoronaVac, vacina da Sinovac Biotech contra a covid-19 parece ser segura e capaz de provocar reações imunológicas em crianças e adolescentes, conforme resultados preliminares de testes iniciais a intermediários. A empresa informou nesta segunda-feira (22) que os dados preliminares são de testes clínicos iniciais a intermediários com mais de 500 crianças e adolescentes com idades entre 3 e 17 anos, que receberam duas doses médias ou baixas da vacina ou um placebo. A maioria das reações adversas foi branda, disse Zeng Gang, pesquisador da empresa, em uma conferência acadêmica em Pequim. Segundo relatos, duas crianças que receberam a dose menor tiveram febre alta e foram categorizadas como grau 3, disse pesquisador, sem dar detalhes ou especificar as temperaturas. Os níveis de anticorpos ...
Senadores redigem moção mundial pedindo vacinas para o Brasil

Senadores redigem moção mundial pedindo vacinas para o Brasil

Brasil, Covid-19, Notícias, Política, senado, Vacinas
Sessenta e cinco senadores apoiaram nesta segunda-feira, 22,  uma moção de apelo internacional pedindo que outro países ajudem o Brasil a comprar, com urgência, vacinas contra a covid-19. O documento deve ser votado em plenário na terça-feira 23. Segundo a presidente da Comissão de Relações Exteriores da Casa, senadora Kátia Abreu (PP-TO), o Brasil precisa de 100 milhões de doses de imunizantes com urgência, para que um terço da população seja imunizada e a curva de infecção diminua. Leia mais: “Maduro decreta ‘quarentena radical’ para conter covid-19 e culpa variante brasileira” Se aprovada pelo plenário, a moção será encaminhada a todos os países membros do G20, organismos da Organização das Nações Unidas, países da OCDE, parlamentos de outros países, embaixadas e empresas produtora...
Brasil recebe 1 milhão de doses de vacina do consórcio Covax Facility

Brasil recebe 1 milhão de doses de vacina do consórcio Covax Facility

Brasil, Covid-19, Ministério da Saúde, Notícias, Vacinas
O Ministério da Saúde confirmou que receberá neste domingo, 21, a primeira remessa de vacinas adquiridas por meio do consórcio global Covax/Facility. Nesta primeira etapa, serão 1,02 milhão de doses do imunizante produzido pela Universidade de Oxford em parceria com a AstraZeneca, com fabricação na Coreia do Sul. A chegada está programada para as 18 horas, no Aeroporto Internacional de Cumbica, em Guarulhos (SP). Leia mais: “Brasil negocia com os Estados Unidos importação de vacinas de Oxford” A projeção do governo brasileiro é que o país receba mais 1,9 milhão de doses até o fim de março. Segundo a pasta, o cronograma inicial prevê 2,9 milhões de doses neste mês e outras 6,1 milhões até maio. Leia também: “Governo distribui mais 5 milhões de vacinas e pede que todas sejam usadas na primei...
Governo inicia distribuição de mais 5 milhões de doses de vacina

Governo inicia distribuição de mais 5 milhões de doses de vacina

Brasil, governo federal, Vacinas
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 1 O Ministério da Saúde vai distribuir mais de 5 milhões de doses de vacinas contra covid-19, de forma proporcional e igualitária a todos os estados e ao Distrito Federal. A previsão é de que as entregas comecem ainda hoje (20) e sigam neste domingo (21).Do total de doses, pouco mais de 1 milhão correspondem à primeira remessa de vacinas da AstraZeneca/Oxford (Covishield), produzida no Brasil pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Outras 3,9 milhões são referentes a mais um lote da vacina CoronaVac, produzida pelo Instituto Butantan. CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 2 De acordo a pasta, em seu 7º Informe Técnico da Secretaria de Vigilância em Saúde (SVS), a nova remessa da CoronaVac vai atender aos profissionais de saúde e idosos de 70 a 74 anos, enq...
Agência dos EUA aprova vacina de dose única da Johnson & Johnson

Agência dos EUA aprova vacina de dose única da Johnson & Johnson

Johnson & Johnson, Mundo, Notícias, Saúde, Vacinas
A Administração de Alimentos e Drogas dos Estados Unidos (FDA) aprovou neste sábado (27) a vacina de dose única da Johson & Johnson. O comitê de especialistas da agência haviam endossado a aprovação do imunizante na sexta-feira (26) O grupo constatou unanimemente que os benefícios superam os riscos para os idosos, tornando-a a terceira vacina contra o coronavírus disponível para os americanos. Os testes da vacina da J&J mostraram 66% de eficácia contra o coronavírus, contra 94-95% das vacinas existentes, mas uma capacidade de 86% de evitar doenças graves, hospitalizações e mortes, o que pode ser suficiente para proteger a população.
Serrana, em SP, dá início à vacinação de adultos contra a covid-19

Serrana, em SP, dá início à vacinação de adultos contra a covid-19

Covid-19, Notícias, Saúde, Vacinas
O município de Serrana, no interior paulista, iniciou hoje (17) a vacinação de toda a população adulta como parte de um ensaio clínico para avaliar a efetividade da CoronaVac, vacina contra o coronavírus produzida pelo laboratório chinês Sinovac em parceria com o Instituto Butantan. Devem ser imunizadas 30 mil pessoas no município que fica na região de Ribeirão Preto e tem população total estimada em 45 mil habitantes. A cidade foi dividida em quatro regiões separadas por cores. De hoje até domingo (20) serão vacinados os moradores da Região Verde; em seguida serão os residentes da Região Amarela (24 a 27 de fevereiro), da Região Cinza (3 a 6 de março) e da Região Azul (10 a 13 de março). De hoje a sexta-feira, as oito escolas disponibilizadas para f...
Investigados por suspeita de furar fila na vacinação contra a Covid-19 são exonerados em Manaus

Investigados por suspeita de furar fila na vacinação contra a Covid-19 são exonerados em Manaus

Amazônia, manaus, Notícias, Saúde, Vacinas
Sete dos dez médicos citados em investigação do Ministério Público do Amazonas sobre “fura-filas” na vacinação contra a Covid-19 em Manaus foram exonerados pela Prefeitura da capital nessa sexta-feira (12). Entre os nomes, estão das gêmeas Isabelle e Gabrielle Kirk Maddy Lins. As duas receberam a primeira dose da vacina no dia 19 de janeiro – mesmo dia em que uma delas foi contratada. A outra foi efetivada no cargo dia 18, um dia antes. Questionou a Prefeitura para saber se a exoneração aconteceu por causa do pedido do Ministério Público ou a pedido dos próprios investigados. O caso ganhou repercussão após as médicas postarem a imunização nas redes sociais. A família das médicas é dona de hospitais e universidades particulares em Manaus, entre outros negócios....
× Como posso te ajudar?