segunda-feira, julho 26Notícias Importantes
Shadow

‘Sem Deus, você está morto’, diz ator, sóbrio há 50 anos


Aos 77 anos, o ator Danny Trejo está contando seu testemunho de libertação das drogas, abandono do crime e carreira produtiva em Hollywood em um livro biográfico.

Nos anos 1960, Trejo foi preso diversas vezes por envolvimento com drogas e assaltos à mão armada. Nessa época, entregou a vida a Deus e iniciou a jornada de sobriedade que já dura mais de 50 anos.

No livro Trejo: My Life of Crime, Redemption, and Hollywood (“Trejo: Minha Vida de Crime, Redenção e Hollywood”, em tradução livre), ele conta que teve seu primeiro contato com drogas ainda na infância: fumou maconha aos 8 anos de idade, passou a beber aos 12 e se tornou dependente de heroína nos anos seguintes.

Sua vida mudou quando faltava um ano de sair da prisão e parou de usar drogas:“Parecia que eu tinha me dado bem, mas ainda faltava alguma coisa…”, disse, falando sobre a vida no crime, que não trazia satisfação.

“Eu tive que fazer isso. Eu tinha que ficar limpo. Eu não teria chegado a este ponto da minha vida se não tivesse dado esse passo. Eu teria permanecido a mesma pessoa”, acrescentou, em entrevista concedida à Fox News.

Em 1968, quando decidiu parar de usar drogas, Trejo propôs um “trato com Deus”: “Eu disse: ‘Se o Senhor me deixar morrer com dignidade, direi seu nome todos os dias. E farei tudo o que puder pelos meus companheiros de prisão’. Nunca pensei que sairia da prisão. E Deus me deixou sair da prisão”, contou.

“Eu saí em 23 de agosto de 1969. Tenho que dizer que com Deus nada pode te fazer mal. Tudo é possível. Sem Deus, você está morto. E eu sei onde eu estaria sem a fé que tenho”, pregou Danny Trejo.

Nova vida

Anos depois de abandonar o crime e os vícios, um caminho considerado improvável se abriu para ele: uma oferta de trabalho em Hollywood, para interpretar um boxeador no filme Expresso para o Inferno, de 1985.

Ao invés de uma vida no crime, agora ele estava contracenando com atores como Jon Voight e Eric Roberts.

Depois desse primeiro longa-metragem, ele acumulou mais de 380 participações no cinema e na televisão, e também se tornou um empresário bem-sucedido.

Além do trabalho e negócios, Danny Trejo não abandonou o relacionamento com Deus e tem se dedicado a visitar presídios, onde realiza palestras para criminosos: “Acordo todas as manhãs e digo: ‘Querido Pai celestial, por favor, me deixe ajudar quem eu puder. Eu direi seu nome todos os dias e farei o que puder’. E tem funcionado. Ele cumpriu seu acordo. Estou vivendo para cumprir o meu. Até perguntei a Deus alguns dias atrás: ‘Como estou indo?’ Ele disse: ‘Trejo, você está indo muito bem. Continue assim. Você está quase fora do inferno’”, disse, rindo.

Confira o trailer do primeiro filme de Danny Trejo:

Assine o Canal





Source link

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?