segunda-feira, julho 26Notícias Importantes
Shadow

Império das big techs pode ruir, alerta Franklin Graham


Empresas big techs, como Amazon, Apple, Google, Facebook e outras, têm ampliado suas influências sobre as pessoas e construído um império de poder e fortuna jamais visto. E justamente por toda essa dominação o pastor Franklin Graham as comparou à Torre de Babel.

O filho do saudoso evangelista Billy Graham fez a comparação ao ler um artigo publicado pelo The New York Times com o título ‘Poderia o Vale do Silício encontrar Deus?’, numa referência à região da Califórnia (EUA) que abriga a maior parte das empresas big techs.

No artigo, a autora Linda Kinstler usa uma divagação de um pastor para associar as tecnologias mais recentes de automação ao poder divino de criação.

O pastor Paul Taylor, ex-gerente da empresa de tecnologia Oracle e líder da igreja Peninsula Bible em Palo Alto, Califórnia, compartilhou em um sermão que havia feito reflexões após usar um assistente virtual para apagar e acender luzes de sua casa.

“Percebi em um ponto que o que eu estava fazendo era evocar luz e trevas com o poder da minha voz, que é o primeiro comando falado por Deus: ‘haja luz’, e houve luz. E agora posso a fazer isso”, divagou o pastor.

Torre de Babel

Franklin Graham usou as redes sociais para lembrar às big techs que, milênios antes de sua existência, Deus enviou um recado àqueles que ambicionaram alcança-lo: “O Vale do Silício e as grandes empresas de tecnologia estão trabalhando em Inteligência Artificial, e alguns acreditam que a IA pode um dia responder a todas as questões da vida”, introduziu.

“Tenho novidades para eles”, disse, acrescentando que “o Criador da vida, o Doador da vida, o Sustentador da vida, Aquele com todas as respostas é o Deus Todo-Poderoso”.

Em seguida, o pastor disse que o Velho Testamento tem uma mensagem para aqueles que pensam que podem ser tão poderosos quanto Deus: “Isso me lembra a Torre de Babel, no Antigo Testamento, quando os homens se reuniam e pensavam que poderiam construir uma torre para chegar ao Céu”.

“Eles acreditavam que poderiam alcançar isso por seu próprio trabalho e engenhosidade. Mas Deus enviou confusão sobre eles e atrapalhou seus esforços. Ele certamente poderia fazer o mesmo hoje, se quisesse”, enfatizou o pastor.

Ao final de sua publicação, Franklin Graham citou as palavras do apóstolo Paulo na carta aos Romanos (11:33,34): “Ó profundidade da riqueza da sabedoria e do conhecimento de Deus! Quão insondáveis são os seus juízos, e inescrutáveis os seus caminhos! ‘Quem conheceu a mente do Senhor? Ou quem foi seu conselheiro?’”.

Inconveniências

No mesmo artigo, o pesquisador Shanen Boettcher, que estuda a Inteligência Artificial, fez um alerta sobre as inconveniências imprevistas que podem surgir a partir da forma como produtos como a Alexa, da Amazon, se tornaram parte da vida das pessoas.

“Você está entrando nas memórias das pessoas. Você está descobrindo a maneira como eles pensam sobre o mundo, algumas das posições éticas que eles assumem, como eles pensam sobre suas próprias vidas – esta não é uma área em que queremos que os algoritmos funcionem e alimentem as pessoas”, alertou.





Source link

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?