sexta-feira, junho 14Notícias Importantes
Shadow

Relatora acusa Daniel Silveira de ‘atacar a democracia’

O relatório apresentado no plenário da sessão da Câmara dos Deputados sobre o caso Daniel Silveira (PSL-RJ) é favorável à manutenção da detenção do parlamentar. Responsável pelo texto lido no fim da tarde desta sexta-feira, 19, a relatora Magda Mofatto (PL-GO) concordou com a prisão, elogiou a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) e disparou críticas contra o colega de Congresso Nacional. “Vive a atacar a democracia”, afirmou a deputada diante de seus pares.

Leia mais: “Prisão de Daniel Silveira é inconstitucional, afirmam juristas”

Além de considerar a decisão sobre o encarceramento de Silveira “correta, necessária e proporcional”, Magda reclamou da conduta adotada pelo membro do PSL fluminense desde que ganhou vez na Câmara dos Deputados. De acordo com ela, o congressista não tem atuado de forma satisfatória. “Transformou o mandato em plataforma de propagação do discurso de ódio”, acusou a relatora do caso.

Policial militar reformado, Daniel Silveira estreou na política partidária em 2018, quando foi eleito deputado federal. Na Câmara dos Deputados, é tido como aliado do presidente Jair Bolsonaro.

Prisão

Daniel Silveira está detido desde a noite da última terça-feira, 16. A prisão foi efetuada por policiais federais a mando de Alexandre de Moraes, ministro do STF. Para a decisão, o magistrado entendeu que o parlamentar atentou contra o Estado democrático de Direito ao tecer críticas aos integrantes da Suprema Corte brasileira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?