domingo, setembro 25Notícias Importantes
Shadow

‘Inexequível’, diz Guedes sobre Orçamento de 2021 aprovado pelo Congresso

O ministro da Economia, Paulo Guedes, avisou o presidente Jair Bolsonaro que o Orçamento de 2021 ficará “inexequível” com as manobras contábeis aprovadas pelo Congresso para acomodar o festival de emendas parlamentares. Cálculos da equipe econômica feitos ontem, sexta-feira 26, mostram que a máquina do governo teria de funcionar com apenas R$ 49,5 bilhões até o fim do ano — praticamente a metade do que os especialistas consideram o patamar mínimo para não ter uma paralisação. Esse é o espaço que sobrará para gastar depois do contingenciamento de despesas que terá de ser feito para o cumprimento do teto de gastos (a regra que limita o crescimento das despesas à variação da inflação). O encontro entre Guedes e Bolsonaro ocorreu ainda na quinta-feira 25, dia da votação pelo plenário do Congresso. Mas já nesse encontro Guedes comunicou o presidente que teria de fazer um corte dramático nas despesas.

Leia também: “‘Em 60 dias, podemos estar num cenário já completamente diferente’, afirma Guedes”

Com informações do Estadão Conteúdo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?