sexta-feira, junho 14Notícias Importantes
Shadow

Contrariando pesquisas eleitorais, candidato da direita vence no Equador e se torna o novo presidente

Neste domingo (11), o ex-banqueiro Guillermo Lasso foi eleito o novo presidente do Equador. Pertencente à direita conservadora do país, Lasso derrotou o economista de esquerda Andrés Arauz no segundo turno das eleições. Com 96,92% dos votos apurados, Lasso registra 52,52% dos votos válidos, contra 47,48% de Arauz. O direitista já está matematicamente eleito.

A eleição do novo presidente equatoriano contrariou inúmeras pesquisas eleitorais, as quais davam como certa a vitória de Arauz, candidato de esquerda apadrinhado pelo ex-presidente Rafael Correa, membro do Foro de São Paulo.

No primeiro turno das eleições, Lasso havia conquistado o segundo lugar, com 19,74% dos votos, enquanto Arauz tinha registrado 32,72%. Com o resultado, o candidato da direita conseguiu somar quase 33 pontos aos 19,7% obtidos no primeiro turno. Enquanto isso, o candidato esquerdista teve apenas 14 pontos a mais que os 32,7% do primeiro turno.

O ex-banqueiro chegou a concorrer à Presidência do país latino em 2013 e 2017, mas foi derrotado. Ele representa a direita tradicional e reúne apoio entre empresários, alguns meios de comunicação e eleitores desencantados com o socialismo do século 21 que Correa proclamava.

× Como posso te ajudar?