quinta-feira, maio 13Notícias Importantes
Shadow

Tag: Política

Bolsonaro faz churrasco com picanha de R$ 1,8 mil e lembra episódio de Nicolás Maduro

Bolsonaro faz churrasco com picanha de R$ 1,8 mil e lembra episódio de Nicolás Maduro

Notícias, Política
Enquanto brasileiros sofrem com disparada nos preços de produtos básicos, como arroz e feijão, o presidente Bolsonaro promoveu um churrasco no Dia das Mães, no último domingo (9), para a família com picanha que custa R$ 1.799,99 o quilo. O produto é de um frigorífico em Goiás e ganhou embalagem especial para o presidente, com foto e “picanha do mito”.Trata-se da Picanha Wagyu, cuja peça tem, em média, 350 gramas e custa R$ 599, segundo valor divulgado na web.A realidade do presidente está muito distante do povo que ele representa. Levantamento feito pela Fundação Getulio Vargas (FGV) aponta que o arroz subiu 61%, o feijão preto teve alta de 69% e feijão carioca subiu 20% em 12 meses.  Principal combinação na mesa dos brasileiros, a dupla puxou a alta média de 23% dos alimentos. A bat...
Após massacre no Jacarezinho, oposição busca consenso sobre segurança no Rio

Após massacre no Jacarezinho, oposição busca consenso sobre segurança no Rio

Notícias, Política
O tema da Segurança Pública deve ser o principal ponto de convergência das forças de oposição em 2022 no Rio de Janeiro, berço do bolsonarismo e comandado hoje pelo governador Cláudio Castro (PSC), aliado do presidente Jair Bolsonaro. A operação policial que resultou na morte de 29 pessoas na favela do Jacarezinho, na zona norte da capital fluminense, na quinta-feira (6), reforçou essa ideia entre participantes desse grupo.Líderes partidários de diferentes campos ideológicos vão tentar se contrapor à tese de que "bandido bom é bandido morto", discurso presente na eleição de 2018 do então governador Wilson Witzel e que tem força também dentro do bolsonarismo. Acusado de corrupção na Saúde durante a pandemia, Witzel, que foi cassado, tinha como foco de seu discurso uma política de segurança...
Reserva de vagas a mulheres na política ganha força na Câmara e pode ser atrelada a bônus

Reserva de vagas a mulheres na política ganha força na Câmara e pode ser atrelada a bônus

Notícias, Política
Na tentativa de aumentar o número de mulheres na política, a deputada Tabata Amaral (PDT-SP) propôs que partidos recebam bônus financeiro pelos votos em suas candidatas. O projeto prevê que a sigla com votação maior que a média nacional, proporcionalmente, poderá receber até 10% a mais da verba pública à qual teria direito. Aqueles partidos que não atingirem o índice, porém, poderão ter parte do dinheiro cortado.Ao mesmo tempo em que o projeto de Tabata chega à Câmara, deputados discutem uma proposta para reservar vagas a mulheres nos Legislativos do país. A relatora da reforma eleitoral, deputada Renata Abreu (Podemos-SP), pretende incorporar a regra no texto que vai produzir, garantindo a elas 15% das cadeiras nas assembleias e Câmaras municipal e federal. As medidas enfrentam resistênci...
Kalil rebate Bolsonaro, chama governo de irresponsável e diz não temer CPI da Covid

Kalil rebate Bolsonaro, chama governo de irresponsável e diz não temer CPI da Covid

Notícias, Política
O prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD), disse que a gestão Bolsonaro foi irresponsável ao deixar faltar doses da vacina Coronavac em várias cidades do Brasil, afirma não temer investigações da CPI da Covid e ainda garante que Belo Horizonte seguirá determinações do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre o isolamento social, em resposta à ameaça do presidente Jair Bolsonaro de baixar novo decreto contra as restrições.  As declarações de Kalil foram dadas durante entrevista coletiva de ampliação da reabertura de mais atividades na capital mineira nesta quinta-feira (6).“Meu sonho de consumo é alguém sentar no meu lugar aqui agora. Ele (Bolsonaro) não pode editar papel, porque papel o Estado está editando também. Eu quero é cesta básica, dinheiro, eu quero é cheque, leitos de...
PT ganhou quatro eleições ‘merecidamente’ após criar o Bolsa Família, diz Paulo Guedes

PT ganhou quatro eleições ‘merecidamente’ após criar o Bolsa Família, diz Paulo Guedes

Notícias, Política
O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse nesta terça-feira (4) que o PT ganhou quatro eleições "merecidamente" após criar o Bolsa Família."O PT teve realmente a belíssima iniciativa de fazer um programa de transferência de renda importante. Ganhou quatro eleições seguidas merecidamente porque fez a transferência de renda para os mais frágeis. Um bom programa, que envolvia poucos recursos e que tinha altíssimo impacto social, e que foi até inspiração para fazermos o dinheiro chegar na base", afirmou, em audiência pública na Câmara dos Deputados.O ministro ressaltou, porém, que o valor do Bolsa Família não foi de R$ 600,como o auxílio emergencial no ano passado, porque não havia recursos disponíveis. "Na democracia, você dá mérito ao que for bem feito, mas explica porque não foi feito an...
Assembleia de Minas aprova projeto que prevê auxílio de R$ 600 para pobres

Assembleia de Minas aprova projeto que prevê auxílio de R$ 600 para pobres

Notícias, Política
A Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) aprovou em 2º turno nesta sexta-feira o Recomeça Minas, iniciativa para incentivar a recuperação econômica do Estado e que prevê a concessão de auxílio de R$ 600 para famílias em extrema pobreza de Minas. Inicialmente, o benefício era de R$ 500, mas, na votação, os parlamentares aumentaram R$ 100 no valor. A proposta agora segue para sanção do governador Romeu Zema (Novo).Conforme a ALMG, o texto aprovado em 2º turno foi construído através do diálogo dos deputados com a sociedade, que pôde contribuir com várias modificações nos 16 encontros do Recomeça Minas realizados nas diversas regiões do Estado.De autoria de todos os parlamentares, o projeto tem como primeiro signatário o presidente Agostinho Patrus (PV) e prevê incentivos fiscais para a...
CPI da Covid: governo Bolsonaro errou na condução da pandemia para maioria dos senadores

CPI da Covid: governo Bolsonaro errou na condução da pandemia para maioria dos senadores

Notícias, Política
Prestes a investigar as ações do governo federal na pandemia, a maioria dos senadores da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid acredita que a gestão de Jair Bolsonaro errou na condução da crise sanitária no País. Segundo levantamento do Estadão, seis dos 11 senadores do grupo veem falhas do Executivo no enfrentamento da doença, antecipando que este deve ser o foco dos trabalhos da comissão, prevista para começar na terça-feira.Aliados do governo são minoria na CPI. Dos 11 integrantes, apenas quatro estão alinhados ao Palácio do Planalto, dois fazem oposição e outros cinco atuam de forma independente, mudando de posição de acordo com seus interesses. Dos seis que apontam erros de Bolsonaro na pandemia, quatro são deste último grupo. Os senadores governistas Marcos Rogério (DEM-R...
Ministro da Saúde diz que todos os grupos prioritários podem ser vacinados até setembro

Ministro da Saúde diz que todos os grupos prioritários podem ser vacinados até setembro

Notícias, Política
O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, disse nesta quarta-feira, 21, que todos os grupos prioritários podem ser imunizados contra a covid-19 antes de setembro. O médico não havia ainda apresentado previsões de vacinação de cerca de 77,2 milhões de pessoas que constam nas prioridades do Plano Nacional de Imunização (PNI). Neste grupo estão pessoas acima de 60 anos, com outras doenças - diabetes ou hipertensão, por exemplo - e grupos de trabalhadores essenciais, como professores e forças de segurança."O processo de vacinação do Brasil tem ocorrido de forma cada vez mais célere. Se continuar nesse ritmo, até setembro, pode-se atingir a imunização da população prevista no PNI. Nosso objetivo é que isso ocorra antes", disse Queiroga à imprensa.O governo federal tem alterado previsões de datas ...
Sociedade da conciliação

Sociedade da conciliação

Notícias, Política
Reinaldo Lobo*O Brasil parece não ter cura. Vai ladeira abaixo de crise em crise. Mas sempre acha uma saída provisória, que não é a solução ou a remissão dos sintomas. É um arranjo, com pequenas variações ao longo do tempo, entre os poderosos de sempre. O nome disso é conciliação.É uma coisa das elites: empresários, banqueiros, latifundiários, banqueiros-latifundiários, industriais do agronegócio, grileiros, burocratas corruptos que amealharam fortuna, militares com poder de barganha, políticos que servem a essas frações, bancadas da bíblia, do boi e da bala, e - não se pode esquecer - boa parte da mídia, que altera informações, edita debates políticos, tudo em nome da "moderação nacional".O hábito de "conciliar" e de "moderar" vem de longe, desde o Império, culminando na atual fase de de...
Após criação da CPI da Covid, PGR quer saber como governadores usaram verbas

Após criação da CPI da Covid, PGR quer saber como governadores usaram verbas

Notícias, Política
Além de terem sido cobrados pela Procuradoria Geral da República (PGR) a apresentar informações sobre o ritmo de vacinação contra a Covid-19, todos os 27 governadores também deverão explicar o uso de verbas no enfrentamento da pandemia.Os governantes receberam ofícios da PGR após a instalação da CPI da Covid no Senado, que vai investigar a atuação e possíveis omissões do governo Jair Bolsonaro na crise sanitária.Foram requisitados esclarecimentos complementares depois que uma primeira leva de informações foi considerada 'insuficiente' ou 'incompleta' pela Câmara de Direitos Sociais e Fiscalização de Atos Administrativos em Geral do Ministério Público Federal.Nos documentos, a subprocuradora-geral da República Lindôra Araújo envia perguntas relacionadas, por exemplo, ao fechamento de hospi...
× Como posso te ajudar?