sábado, maio 8Notícias Importantes
Shadow

Governo de SP anuncia fase de transição, que vai reabrir comércio e serviços – InfoMoney

Comércio de rua em São Paulo
(Rodrigo Paiva/Getty Images)

SÃO PAULO – O governo de São Paulo, por meio do vice-governador Rodrigo Garcia, anunciou o início de uma fase de transição do Plano São Paulo de duas semanas para a reabertura do comércio e dos serviços em todo o estado.

O Plano SP é o programa que regula a flexibilização de atividades, imposto pelo governo estadual desde o início da pandemia de Covid-19.

A nova fase terá início no próximo sábado (17) e começa permitindo cultos religiosos e abertura de comércio, ainda com algumas restrições. A partir da segunda semana, a partir do dia 24 de abril, será permitido a reabertura de serviços, como academias.

O anúncio foi realizado nesta sexta-feira (16) em coletiva no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista. Garcia citou a diminuição do número de internações diárias por Covid-19 em todo estado como principal fator para o relaxamento das restrições. Segundo dados apresentados, o mês de abril apresentou uma queda média diária de 0,8% nas internações por causa do vírus.

“Queremos agradecer a população de São Paulo pelo apoio às medidas do governo do estado. A diminuição na ocupação de leitos é graças a esse esforço”, disse Garcia. “A criação da fase de transição é para que a gente possa dar passos seguros adiante, sem o risco de retrocedermos. O apoio da população continua sendo fundamental.”

Na primeira etapa, atividades comerciais serão permitidas das 11h às 19h. Cultos religiosos podem ser realizados seguindo protocolos de segurança: 25% de ocupação do estabelecimento e aplicação de protocolos sanitários rigorosos.

A partir do dia 24 de abril, restaurantes poderão abrir das 11h às 19h, assim como salões de beleza e o setor de atividades culturais. Os bares só podem funcionar para refeições, nesse mesmo horário. As academias, por sua vez, também poderão abrir das 7h às 11h e depois das 15h às 19h.

Nos shoppings centers, as lojas podem reabrir para circulação a partir de domingo (18). Mas a praça de alimentação e os restaurantes dentro dos centros comerciais só podem operar a partir do dia 24 de abril, como o resto dos restaurantes.

O toque de recolher das 20h às 5h vai seguir em toda a fase de transição. Uma nova atualização do Plano SP, ainda não detalhada, deve entrar em vigor a partir do dia 1º de maio.

Fase Emergencial surtiu efeito em internações por Covid-19

PUBLICIDADE

O governo apresentou dados para mostrar como a Fase Vermelha e a Fase Emergencial do Plano São Paulo ajudaram a diminuir a quantidade de internações por Covid-19 em todo o estado.

A primeira desaceleração no aumento da média diária de internações ocorreu 14 dias após início da Fase Vermelha. Duas semanas após o início da Fase Emergencial, a média diária de internações começou a diminuir.

No mês de abril, a taxa de ocupação de leitos em Unidades de Terapia Intensiva (UTI) caiu 7 pontos percentuais em todo o estado, de 92,3% para 85,3%.

“Tanto a Fase Vermelha quanto a Fase Emergencial foram fundamentais para que pudéssemos garantir assistência e proteção à vida”, disse Jean Gorinchteyn, secretário de Saúde.

Quer entender o que é o mercado financeiro e como ele funciona? Assista à série gratuita Carreira no Mercado Financeiro e conheça o setor da economia que paga os melhores salários de 2021.

Deixe uma resposta

× Como posso te ajudar?
%d blogueiros gostam disto: