quinta-feira, agosto 11Notícias Importantes
Shadow

lockdown

Macron anuncia fim de lockdown para 15 de dezembro e relaxa medidas contra a Covid-19

Macron anuncia fim de lockdown para 15 de dezembro e relaxa medidas contra a Covid-19

França, lockdown, Macron, Mundo
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE RFi – Em pronunciamento em cadeia nacional de rádio e televisão, o presidente francês, Emmanuel Macron, anunciou nesta terça-feira (24) o relaxamento de algumas medidas contra a Covid-19 a partir do próximo sábado (28). Dependendo da evolução da doença, o lockdown poderá ser suspenso a partir de 15 de dezembro para que os franceses possam passar juntos as festas de fim de ano. “O pico da segunda onda da epidemia passou”, garantiu o presidente francês. Macron ressaltou que a situação ainda é grave em algumas regiões, mas a diminuição das contaminações e das entradas nos hospitais permite o relaxamento de algumas medidas. Segundo Macron, a França registra uma média de 20 mil novos casos de Covid-19 por dia e contabiliza cerca de 4.300 pessoas nas UTI...
Doria obriga que leitos de covid sejam mantidos e impõe restrições às cirurgias eletivas

Doria obriga que leitos de covid sejam mantidos e impõe restrições às cirurgias eletivas

cirurgias, Doria, imposição, leitos de covid, lockdown, São Paulo, SP, vacina chinesa
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE Nesta quinta-feira (19) o secretário de saúde de São Paulo, Jean Gorinchteyn, anunciou que  o governo de João Doria irá publicar um decreto na próxima semana onde determina que os hospitais mantenham os leitos para os pacientes de covid-19 nas UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e enfermaria. Ele ainda informou que o tucano também irá impor a  não realização de cirurgias eletivas para garantir os leitos de casos supeitos de covid-19.“Redobramos a atenção e a cautela frente à instabilidade dos números. Mas não tivemos uma visão muito clara e embasada, por isso, decidimos não fazer a recalibragem do Plano São Paulo, determinar aos hospitais que não desmobilizem leitos destinados à pacientes com covid-19 e não marcando cirurgias eletivas”, revelou o se...
Polícia usa água para dispersar protestos contra ‘lockdown’ na Alemanha

Polícia usa água para dispersar protestos contra ‘lockdown’ na Alemanha

coronavírus, Covid-19, lockdown, Mundo, Notícias, Protestos
Aproximadamente 600 pessoas se reuniram em manifestação contra medidas restritivas em Frankfurt Protesto contra lockdown em Frankfurt é dispersado com jatos d’água pela polícia | Foto: Reprodução Aproximadamente 600 pessoas se reuniram neste sábado, 14, em Frankfurt para se manifestar contra o lockdown “leve” imposto pelo governo alemão aos cidadãos do país. Nele, bares e restaurantes foram fechados, ainda que escolas e estabelecimentos comerciais tenham permanecido abertos. Como a maior parte dos participantes do protesto estavam sem máscara e, logicamente, não respeitavam o distanciamento social, a polícia da cidade utilizou jatos de água para dispersar a multidão. De anti-lockdown demonstranten in Frankfurt worden met behulp van waterkanonnen van de centrale Goetheplatz verdreven...
Novo ‘lockdown’ gera protestos pela Inglaterra

Novo ‘lockdown’ gera protestos pela Inglaterra

coronavírus, Covid-19, Inglaterra, lockdown, Notícias, Protestos
População do Reino Unido terá de ficar confinada por um mês após aumento do número de casos de coronavírus Novo lockdown causa protestos no Reino Unido | Foto: Reprodução/You Tube Desde a quinta-feira, 5, o Reino Unido voltou a ficar em lockdown, após o primeiro-ministro Boris Johnson obrigar o comércio, bares e restaurantes a fecharem as portas e a população a ficar confinada devido ao aumento do número de casos de coronavírus no país. Contudo, ao contrário do que aconteceu na primeira vez em que uma decisão do tipo foi tomada, a população desta vez decidiu não aceitar calada e foi às ruas de todo a Inglaterra protestar contra o isolamento obrigatório. Londres, Manchester e Liverpool foram algumas das cidades que viram seus cidadãos se rebelarem contra as restrições, que devem durar no m...
Covid-19: Reino Unido anuncia ‘lockdown’ parcial até dezembro

Covid-19: Reino Unido anuncia ‘lockdown’ parcial até dezembro

Boris Johnson, Covid-19, lockdown, Mundo, Notícias
As novas regras permitem que os britânicos continuem a se locomover até o trabalho e a escola e a fazer exercícios ao ar livre Brois Johnson é o primeiro-ministro do Reino Unido | Foto? Reprodução/Instagram É para o povo britânico “ficar em casa” a partir da próxima quinta-feira, 5. Ao menos esse foi o pedido feito pelo primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, na tarde deste sábado, 31. O premier anunciou um novo lockdown como estratégia para combater a disseminação de covid-19. Leia mais: “Polícia prende mais um suspeito pelo ataque terrorista na França” As novas medidas de restrição impõem que os britânicos só saiam de casa para “comprar comida e demais itens essenciais”. Apesar dessa afirmação por parte do primeiro-ministro, o lockdown da vez abre a possibilidade para as pessoa...
Portugal impõe lockdown na maior parte do País

Portugal impõe lockdown na maior parte do País

António Costa, lockdown, Mundo, primeiro-ministro de Portugal
Neste sábado (31), o primeiro-ministro de Portugal, António Costa anunciou novas restrições a partir de amanhã para a maior parte do país em decorrência do aumento de novos casos de covid-19. No comunicado, o governo português solicitou às pessoas para ficarem em casa —exceto aquelas que precisam ir ao trabalho, ir à escola ou fazer compras— e às empresas para mudarem para o trabalho remoto. As informações são do UOL. CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE Segundo o site, o primeiro-ministro de Portugal disse, ainda, que as medidas vão abranger 121 municípios, incluindo as regiões de Lisboa e Porto. As regiões afetadas abrigam cerca de 70% da população portuguesa, ou cerca de 10 milhões. O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, também anunciou neste sábado um  novo lockdown no ...
Boris Johnson anuncia lockdown na Inglaterra

Boris Johnson anuncia lockdown na Inglaterra

Boris Johnson, destaques, Inglaterra, lockdown, Mundo
LONDRES (Reuters) – O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, determinou neste sábado que a Inglaterra retome o lockdown nacional depois de o Reino Unido ter ultrapassado a marca de 1 milhão de casos de Covid-19 e no momento em que uma segunda onda de infecções ameaça sobrecarregar o serviço de saúde.CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE O Reino Unido, que tem o maior número oficial de mortes causadas pela Covid-19 na Europa, está enfrentando mais de 20.000 novos casos de coronavírus por dia, e cientistas alertaram que o “pior cenário” de 80.000 mortos pode ser excedido. Johnson, em uma coletiva de imprensa convocada às pressas em Downing Street depois que a notícia de um lockdown vazou à imprensa, disse que o lockdown de um mês em toda a Inglaterra começará no primeiro minuto após a meia-noi...
Lockdown sem fim na Argentina – Presidente informa sobre prorrogação

Lockdown sem fim na Argentina – Presidente informa sobre prorrogação

Alberto Fernández, Argentina, lockdown, Mundo, Notícias, Quarentena
Apesar de quarentena mais longa do mundo, essa semana a Argentina registrou a quinta posição no ranking de infectados em proporção a população com um milhão e setenta mil contaminados. É preocupante a situação no país, que anuncia nesse sábado, 24, que vão estender a quarentona mais 14 dias. Também é preciso lembrar que a Argentina é um dos países que menos faz testes na população. Alberto Fernández, Presidente da Argentina, informou ontem que prorrogará a quarentena até o próximo dia 08 de novembro, pois ainda não está seguro em retornar. Adolescente produz pães artesanais para comprar um pianoFóssil achado em MG pode revelar novidades sobre dinossaurosPelé agradece mensagens de felicitação por seus 80 anos Hoje o país ocupa o sétimo lugar no ranking global de contágios. “Vamos continua...
Russomanno: “Sou contra a obrigatoriedade da vacina e o lockdown”

Russomanno: “Sou contra a obrigatoriedade da vacina e o lockdown”

Celso Russomanno, Eleições 2020, lockdown, Russomanno
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE  O deputado federal Celso Russomanno (Republicanos), candidato à prefeitura de São Paulo com o apoio do presidente Jair Bolsonaro alegou ser contra a obrigatoriedade e o lockdown.  “Sou contra a obrigatoriedade da vacina e o lockdown”, escreveu o político em seu perfil no Twitter, na tarde desta quinta-feira (22) em resposta a um internauta. CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE “O paulistano não é cobaia do (governador João) Doria e deve ter sua liberdade respeitada pelo poder público. O paulistano também quer trabalhar, empreender e buscar uma vida melhor. Já está provado que o lockdown impossibilita tudo isso”, disse o Russomano, sem apresentar as provas. CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE A Gazeta Brasil é um jornal brasileiro diário editado na...
× Como posso te ajudar?