terça-feira, abril 20Notícias Importantes
Shadow

Wisconsin e Michigan voltam a ser democratas; entenda

Trump havia levado a melhor nos dois Estados em 2016

Wisconsin e Michigan x trump

Trump segue na disputa, mas perdeu dois Estados do “Cinturão da Ferrugem” | Foto: Reprodução/Instagram

Oficialmente, a disputa pela presidência da República dos Estados Unidos segue em aberto. Com a maioria dos Estados caminhando para o fechamento da contagem de votos, no entanto, já se é possível fazer alguns recortes na noite desta quarta-feira, 4. Um deles é que o candidato à reeleição, Donald Trump, perdeu dois Estados que havia conquistado em 2016: Wisconsin e Michigan.

Leia mais: “‘Cada voto deve ser contado’, pede Joe Biden”

Há quatro anos, quando disputou a presidência com Hillary Clinton, o candidato do Partido Republicano levou os 26 delegados em disputa na soma dos dois Estados que integram a região conhecida por “Cinturão da Ferrugem”. Na eleição deste ano, entretanto, o resultado foi diferente. Trump viu o democrata Joe Biden conquistar os 16 delegados do Michigan e os 10 em jogo em Wisconsin.

Dessa forma, é possível afirmar que a eleição norte-americana de 2020 fez com que os dois Estados voltassem a ser democratas. Até o pleito de 2016, Wisconsin e Michigan tinham histórico recente de apoio ao Partido Democrata. Tirando o momento em que ajudaram a eleger Trump, ambos os Estados não haviam decidiam em favor de um candidato desde o início da década de 1990 — conforme é possível conferir no mapa abaixo.

Delegados ainda em disputa

Trump perdeu os Estados de Michigan e Wisconsin, mas ainda pode vencer na Pensilvânia, na Carolina do Norte, na Geórgia e no Alaska. Até às 21h30 desta quarta-feira, o site do jornal The New York Times afirma que ele segue à frente nos quatro locais, que rendem 20, 15, 16 e 3 delegados no Colégio Eleitoral, respectivamente. Pelo momento da apuração, ele está atrás de Joe Biden em Nevada (6 delegados) e Arizona (11 delegados).

Eleições 2020: entenda por que 270 votos elegem o presidente

Campanha de Trump diz que pedirá recontagem de votos em Wisconsin

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?