segunda-feira, janeiro 25Notícias Importantes
Shadow

Vacina da Oxford: Brasil receberá doses em janeiro

Anúncio foi feito pelo ministro da Saúde, Eduardo Pazuello

vacina da oxford

Ministro da Saúde criticou a propaganda em torno das vacinas | Foto: Dida Sampaio/Estadão Conteúdo

O ministro Eduardo Pazuello garantiu que o Brasil receberá, entre janeiro e fevereiro de 2021, um primeiro lote de 15 milhões de doses da vacina experimental contra a covid-19 feia pelo laboratório AstraZeneca. O potencial imunizante é desenvolvido em parceria com a Universidade de Oxford. Em junho, o governo Bolsonaro encomendou 100 milhões de doses do produto, que devem chegar no primeiro semestre do ano que vem. Além disso, adquiriu a tecnologia do protótipo, de modo que a Fundação Oswaldo Cruz possa produzi-lo. Assim, o Brasil estará apto a fabricar outras 160 milhões de doses durante o segundo semestre de 2021. O governo está desenhando o plano de vacinação.

Em audiência no Congresso, Pazuello fez um alerta sobre a real capacidade de os laboratórios entregarem grandes volumes de vacinas ao Brasil. “Ficou muito óbvio que são poucas as fabricantes que têm a quantidade e o cronograma de entrega efetivo para o nosso país”, salientou o titular da Saúde. “Quando chegamos ao fim das negociações e olhamos o cronograma de entrega e fabricação, os números são pífios”, acrescentou. Também o ministro fez críticas à propaganda segundo a qual já estaria tudo pronto para o início da imunização. “Na campanha publicitária, está tudo maravilhoso. Mas quando vamos efetivar a compra, não é tudo aquilo. E o preço é bem diferente”, concluiu.

Leia também: “Covid-19: precisamos esperar por uma vacina?”

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *