terça-feira, abril 20Notícias Importantes
Shadow

Tag: Carrefour

Criminoso mata policial pelas costas e esquerda se cala

Criminoso mata policial pelas costas e esquerda se cala

ATUALIDADES, Carrefour, João Alberto, Notícias, Política
Internautas estão revoltados com o silêncio de autoridades esquerdistas diante da morte de Derinaldo Cardoso dos Santos, de 34 anos, policial militar do Estado do Rio de Janeiro. Cabo da PM-RJ, Derinaldo foi assassinado por um criminoso ao tentar impedir um assalto em uma loja, em Mesquita, na Baixada Fluminense. Nas redes sociais, inúmeros internautas passaram a comparar a situação a morte de João Alberto, homem morto por seguranças em uma loja do Carrefour. Segundo alguns usuários da plataforma, o assassinato de Derinaldo Cardoso dos Santos não teve a mesma repercussão porque ele era um policial branco, enquanto Beto era um homem negro — o que fez a esquerda reivindicar a pauta do racismo. “Essa criança perdeu o pai assassinado por um “vítima da sociedade” defendido pela esquerda. Q...
Carrefour promete investimento milionário no combate ao racismo

Carrefour promete investimento milionário no combate ao racismo

Brasil, Carrefour, Notícias, racismo
Empresa anuncia fundo como forma para se promover a inclusão racial Carrefour fala em ação contra o racismo | Foto: Divulgação A morte de João Alberto Silveira Freitas faz o Carrefour se movimentar. Dias após o homem ser morto por dois seguranças em frente a uma unidade em Porto Alegre (RS), em caso em que entidades e órgãos de imprensa definiram como racismo, a companhia anunciou criação de fundo para lidar com questões raciais. A iniciativa receberá aporte de R$ 25 milhões, promete a rede de hipermercados. Leia mais: “Assassinato faz Carrefour entrar na mira do Procon-SP” A empresa garante que o novo fundo fomentará projetos para a inclusão de negros em ambientes sociais e no mercado de trabalho brasileiro. A iniciativa terá detalhes de suas primeiras ações divulgadas na quinta-feira, 2...
Caso Carrefour: delegada diz que não houve racismo, mas a Globo insiste na tese de “crime racial”

Caso Carrefour: delegada diz que não houve racismo, mas a Globo insiste na tese de “crime racial”

ATUALIDADES, Carrefour, Globo, Notícias, Política, racismo, Rio Grande do Sul
De acordo com a delegada Roberta Bertoldo, que está à frente das investigações acerca do “caso Carrefour”, não existem indícios de motivação racial na morte de João Alberto Silveira Freitas, conhecido como Beto. No entanto, vários grupos, Como é o caso da Rede Globo, insistem na tese de que o assassinato da vítima foi motivado por questão racial. O Fantástico — um dos principais programa da Globo — apresentado ontem (22), domingo, dedicou mais de 30 minutos para abordar o assunto. Um boa parcela desse tempo foi usado para induzir aos telespectadores a acreditar que Beto só foi brutalmente assassinado porque era “negro”, apenas por isso. Mas o que houve realmente? Como mostrado ontem por imagens divulgadas pelo programa global, a vítima teve um pequeno desentendimento com uma funci...
A “vítima” do Carrefour tinha uma extensa ficha criminal — aponta jornal

A “vítima” do Carrefour tinha uma extensa ficha criminal — aponta jornal

ATUALIDADES, Brasil, Carrefour, João Alberto, Notícias
Às vésperas do Dia da Consciência Negra, na última quinta-feira (19), um homem chamado João Alberto Silveira Freitas, conhecido como Beto, foi assassinado na porta de uma loja da rede de supermercados Carrefour, em Porto Alegre/RS. Segundo informações preliminares, a vítima teria se desentendido com uma funcionária, gerando uma animosidade dentro do estabelecimento. com uma fiscal de caixa chamando a segurança para conter o ocorrido. Logo em seguida, Beto foi escoltado até o lado de fora da loja, onde iniciou uma briga dando um soco em um dos seguranças, o que resultou posteriormente em seu espancamento e morte. O caso vem sendo tratado como “racismo” por parte de movimentos da Extrema-Esquerda, mas a delegada responsável pelo caso, a senhora Roberta Bertoldo, já declarou que não há i...
Damares põe pasta à disposição de família de homem negro assassinado em Porto Alegre

Damares põe pasta à disposição de família de homem negro assassinado em Porto Alegre

Carrefour, Damares Alves, Destaque, Notícias
João Alberto Silveira Freitas, de 40 anos, foi morto em uma unidade do supermercado Carrefour, em Porto Alegre Ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves | Foto: Marcos Corrêa/PR A ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, solidarizou-se e pôs a pasta à disposição da família do homem negro espancado e morto em uma unidade do supermercado Carrefour, em Porto Alegre (RS), na noite de ontem, quinta-feira 19, véspera do Dia da Consciência Negra. Pelas redes sociais, Damares disse que as imagens do ocorrido causam “indignação e revolta” e declarou: “Chega de violência, chega de tanta barbárie. Temos muito trabalho pela frente para mudar essa realidade no país”. Leia mais: “A imprensa morre no escuro”, na edição desta semana da Revista Oeste “Nós do @mdhb...
Laudo médico aponta que João Alberto morreu por asfixia

Laudo médico aponta que João Alberto morreu por asfixia

Carrefour, destaques, João Alberto
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE Conforme apontou o primeiro resultado da necropsia realizada pela perícia em Porto Alegre, João Alberto Silveira Freitas, 40 anos,  por asfixia. Ele foi espancado por seguranças do hipermercado Carrefour, na noite desta quinta-feira (19). “O maior indicativo da necropsia é de que ele foi morto por asfixia, pois ele ficou no chão enquanto os dois seguranças pressionavam e comprimiam o corpo de João Alberto dificultando a respiração dele. Ele não conseguia mais fazer o movimento para respirar”, disse a delegada responsável pelo caso, Roberta Bertoldo, da 2ª Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa. CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE “Duas ou mais pessoas podem ser implicadas por não terem impedido que as agressões continuassem. Foi uma ação completame...
Vídeo: Manifestantes ateiam fogo em supermercado durante protesto contra o racismo

Vídeo: Manifestantes ateiam fogo em supermercado durante protesto contra o racismo

Carrefour, Manifestação, Notícias, Política, racismo
Em São Paulo, manifestantes atearam fogo em um supermercado do grupo Carrefour. O motivo da ação foi a morte de João Alberto Silveira Freitas, que veio a óbito após ser espancado por seguranças em uma loja do grupo em Porto Alegre, Rio Grande do Sul, na noite desta quinta-feira. De acordo com a Brigada Militar gaúcha, tudo começou após um desentendimento entre a vítima e uma funcionária do supermercado. Em seguida, João Alberto teria sido escoltado até a saída do supermercado por dois seguranças, onde a confusão teve início, resultando em seu espancamento. Os manifestantes acusam a empresa de racismo, no entanto, a delegada Roberta Bertoldo, responsável pela condução das investigações acerca do caso, disse à Folha de S. Paulo que o ocorrido não se trata de racismo. O juiz Cristiano ...
Carrefour reverterá arrecadação do dia 20 a programas antirracismo

Carrefour reverterá arrecadação do dia 20 a programas antirracismo

Brasil, Carrefour, Justiça, Notícias, racismo
Ação foi tomada como medida de reparação à morte de um cliente negro em uma de suas lojas, em Porto Alegre (RS) Loja do Carrefour | Foto: Google Maps A rede de supermercados Carrefour anunciou que o valor arrecadado com as vendas de todas as lojas nesta sexta-feira, 20, será revertido em medidas de combate ao racismo. A ação foi tomada como forma de reparação à morte de um cliente negro em uma de suas lojas em Porto Alegre (RS), na noite de ontem. Mas a empresa ressalta que a quantia não é suficiente para reduzir a perda de uma vida humana. “O valor será destinado de acordo com orientação de entidades reconhecidas na área. Essa quantia, obviamente, não reduz a perda irreparável de uma vida, mas é um esforço para ajudar a evitar que isso se repita”, afirmou em nota. Leia também: “Damares p...
Manifestações contra racismo são marcadas por vandalismo em Carrefour de SP

Manifestações contra racismo são marcadas por vandalismo em Carrefour de SP

Carrefour, Destaque, Notícias
Vândalos atearam fogo e jogaram pedras contra vidraças do supermercado Fachada do Carrefour depredada no Jardim Pamplona ShoppingFoto: Reprodução/Redes Sociais Nesta sexta-feira, 20, manifestantes depredaram a loja do Carrefour no Shopping Jardim Pamplona, no bairro dos Jardins, em São Paulo. Os vândalos causaram pânico, jogando pedras contra as vidraças, ateando fogo a mercadorias e destruindo portas e equipamentos. #URGENTE: Militantes ateiam fogo no Carrefour da Pamplona, em São Paulo. pic.twitter.com/tk8PCGCSBD — Gazeta Brasil (@SigaGazetaBR) November 20, 2020 Os protestos violentos ocorreram em decorrência da morte de um homem negro em uma unidade da rede de supermercados em Porto Alegre (RS). Na noite da quinta-feira 19, João Alberto Silveira Freitas, 40 anos, negro, foi morto depo...
Polícia investiga pessoas que ‘assistiram passivamente’ morte de homem no Carrefour

Polícia investiga pessoas que ‘assistiram passivamente’ morte de homem no Carrefour

Carrefour, destaques, polícia civil
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE A Polícia Civil de Porto Alegre vai investigar a conduta de pessoas que “assistiram passivamente” o espancamento que levou a morte de João Alberto Silveira Freitas, de 40 anos, por seguranças do Carrefour, em Porto Alegre, nesta quinta-feira (20).  A chefe da Polícia Civil do RS, Nadine Anflor, disse à Globo News, que uma das pessoas ouvidas e investigadas é a funcionária que filma a agressão e não intervém. “Ainda não se sabe” se ela coordenava os seguranças ou funcionários do Carrefour, ou se tinha condições de impedir a agressão, disse a delegada. CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE “Dentro desses vídeos a gente vê a intolerância”, disse. A Polícia Civil deve pedir a prisão preventiva dos seguranças, e trabalha com a hipótese de homicídio triplamente qual...
× Como posso te ajudar?