quinta-feira, maio 13Notícias Importantes
Shadow

Tag: Brasil

O que já se sabe sobre o massacre no Jacarezinho

O que já se sabe sobre o massacre no Jacarezinho

Brasil, Notícias
O Rio de Janeiro vivenciou na última quinta-feira (6) a mais letal operação das forças de segurança de sua história: foram 28 mortos, incluindo um policial, na comunidade do Jacarezinho. A ação é descrita por testemunhas, imprensa local e entidades de defesa dos direitos humanos como um massacre, e ainda tem muitas perguntas em aberto.O motivo alegado para a operaçãoA operação foi comandada pela Polícia Civil. A corporação diz ter agido após receber denúncias de que traficantes estariam aliciando crianças e adolescentes no Jacarezinho.Segundo a polícia, a região de Jacarezinho, na Zona Norte do Rio de Janeiro, é um dos bastiões da facção criminosa Comando Vermelho.A polícia diz ter identificado, através de inteligência, 21 integrantes da quadrilha, que seriam responsáveis por garantir o do...
Um terço dos mortos pela operação policial em Jacarezinho não tinha ação criminal

Um terço dos mortos pela operação policial em Jacarezinho não tinha ação criminal

Brasil, Notícias
Um terço dos mortos pela Polícia Civil fluminense na Operação Exceptis, na última quinta-feira (6) não tem processos criminais no site do Tribunal de Justiça do Rio. Um levantamento feito pelo Estadão no portal da Corte na noite de sábado (8) apontou que nenhuma ação penal consta em nome de nove dos 27 mortos na ação.A Polícia afirma que todos tinham anotações criminais, com base em informações próprias. O jornal não teve acesso a inquéritos policiais - não foi possível, portanto, checar se algum desses nove homens mortos era investigado por algum crime, mas ainda não fora denunciado à Justiça.Leia também:A operação policial na favela do Jacarezinho, na zona norte do Rio, deixou ao menos 28 pessoas mortas. A ação começou logo cedo pouco depois das 6h, quando moradores já relatavam a prese...
Número de óbitos supera o de nascimentos pela terceira vez no Rio de Janeiro

Número de óbitos supera o de nascimentos pela terceira vez no Rio de Janeiro

Brasil, Notícias
Dados preliminares do Portal da Transparência do Registro Civil revelam que o número de óbitos registrados no estado do Rio de Janeiro em abril é maior que o de nascimentos, pela terceira vez desde o início da pandemia do novo coronavírus. Também na capital fluminense, há maior registro de mortes do que de nascimentos, pela oitava vez na história. O estado tem cerca de 16 milhões de habitantes. Os dados foram divulgados nessa terça-feira (4).O Portal da Transparência do Registro Civil é a base de dados abastecida em tempo real pelos atos de nascimentos, casamentos e óbitos praticados pelos Cartórios de Registro Civil do país, sob a administração da Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen-Brasil). As informações são cruzadas com os dados históricos do estudo Estatí...
Um modelo de presídios sem violência no Brasil

Um modelo de presídios sem violência no Brasil

Brasil, Notícias
Marlon Samuel da Silva tem saudades de seu tempo atrás das grades, saudades de uma rotina diária regular, da sentimento comunitário e de cantar. Hoje com 40 anos, ele passou 11 anos e oito meses preso por tráfico de drogas; a maior parte desse tempo, num presídio especial, em que não há armas nem guardas.Trata-se de uma das 60 instituições mantidas no Brasil pela Associação de Proteção e Assistência aos Condenados (Apac), atendendo a um total de cerca de quatro mil detentos. Nelas, tudo é diferente: os presos não vestem uniforme, são tratados pelo próprio nome e, em vez de criminosos, são vistos como "recuperandos". Eles próprios administram o estabelecimento, cozinham, lavam, fazem limpeza, e seu dia a dia é rigorosamente definido."Parece até engraçado falar isso, mas a rotina do Apac faz...
Culto com deputado Marco Feliciano é interrompido por violar distanciamento

Culto com deputado Marco Feliciano é interrompido por violar distanciamento

Brasil, Notícias
Uma força-tarefa da Vigilância Sanitária flagrou desrespeito às regras de distanciamento social em um culto realizado pelo deputado federal Pastor Marco Feliciano (Republicanos-SP), na noite da sexta-feira (30) em uma igreja evangélica de Morro Agudo (SP). Segundo a prefeitura, a igreja da Assembleia de Deus Leão de Israel tinha lotação superior aos 25% permitidos pelo Plano São Paulo de combate à Covid-19. Os fiscais determinaram aos responsáveis que o culto fosse encerrado.A pregação de Feliciano havia sido anunciada nas redes sociais. O próprio deputado gravou vídeo divulgado uma semana antes na página da igreja no Facebook convidando os fiéis para o "poderoso" culto. "Venha você e sua família, faça uma caravana", pediu.A força-tarefa, integrada também por Guarda Civil, Polícia Militar...
Irregularidades trabalhistas e danos à saúde, o legado da produção de soja no Brasil

Irregularidades trabalhistas e danos à saúde, o legado da produção de soja no Brasil

Brasil, Notícias
Daniel CamargosRepórter BrasilDedos amputados, perda de visão e cirurgias na coluna são algumas das cicatrizes deixadas pela crescente produção de soja no Brasil. Apenas o transporte do grão da Cargill (um dos maiores conglomerados do agronegócio mundial) pelo rio Madeira, em Rondônia, deixa um legado de trabalhadores com lesões graves decorrentes de acidentes trabalhistas e de violações de normas de segurança.A Repórter Brasil ouviu seis funcionários e ex-funcionários da Transportes Bertolini Ltda (TBL), empresa contratada pela Cargill para fazer o transporte da soja pelo rio, que sofreram graves acidentes trabalhistas, na maior parte das vezes após jornadas irregulares de mais de 30 horas sem descanso. Além dos problemas de saúde, os trabalhadores se queixam da exposição à poeira repleta...
Circulação da Maria Fumaça será retomada nesta sexta-feira

Circulação da Maria Fumaça será retomada nesta sexta-feira

Brasil, Notícias
A Maria Fumaça, que liga as cidades de São João del-Rei a Tiradentes, em Minas Gerais, voltará a circular a partir da próxima sexta-feira (dia 30). A circulação do trem turístico, administrado pela VLI - companhia de soluções logísticas que opera terminais, ferrovias e portos - foi suspensa preventivamente em 13 de março, em cumprimento às medidas de restrição de circulação de pessoas adotadas em Minas Gerais.Para a retomada do serviço, a VLI adotou uma série de medidas para garantir a plena segurança dos passageiros e dos empregados no embarque, durante a viagem e no desembarque. Os protocolos a serem adotados nas estações de São João del-Rei/Tiradentes e vagões de passageiros seguem as determinações do Ministério da Saúde, regulamentos da Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa) e estão...
Calote do Brasil com organismos internacionais já chega a R$ 10 bilhões

Calote do Brasil com organismos internacionais já chega a R$ 10 bilhões

Brasil, Notícias
O governo brasileiro já acumula uma dívida de R$ 10,1 bilhões com organismos internacionais, mas o Orçamento só previu o pagamento de R$ 2,2 bilhões em 2021. Esse valor não cobre nem os compromissos de R$ 4,2 bilhões previstos para este ano. Mesmo assim, a verba deverá sofrer novos cortes, depois que o Ministério da Economia teve de passar a tesoura nas despesas para atender à demanda do Congresso Nacional por mais emendas parlamentares.Além de prejudicar a imagem do Brasil no exterior, o não pagamento dos compromissos pode comprometer o voto do Brasil nessas organizações. Nos últimos anos, por exemplo, o Brasil vem aprovando créditos "no apagar das luzes" para conseguir pagar a sua cota na Organização das Nações Unidas (ONU) justamente para não perder o direito ao voto - o que cria embar...
Militares e indicados políticos ocupam saúde indígena e agravam crise sanitária

Militares e indicados políticos ocupam saúde indígena e agravam crise sanitária

Brasil, Notícias
Tatiana Merlino Repórter BrasilA vida de Amado Menezes, liderança indígena da etnia Sateré-Mawé, do Amazonas, foi marcada por lutas. A penúltima foi contra autoridades da saúde indígena que interromperam o apoio à barreira sanitária montada na entrada da aldeia para proteger os indígenas da Covid-19. Já a última batalha de Amado foi contra o vírus: durou 23 dias. Ele morreu em outubro de 2020 aos 69 anos. "Perdemos nossa maior liderança", lamenta o advogado Tito Menezes ao falar da morte de seu tio.A ordem para a retirada do apoio à barreira sanitária partiu do Distrito Sanitário Especial Indígena (Dsei) Parintins, órgão responsável pela saúde das aldeias e que deveria, em meio à pandemia, proteger as comunidades. A Repórter Brasil investigou a troca de comando, feita pelo governo Bol...
× Como posso te ajudar?