quarta-feira, dezembro 7Notícias Importantes
Shadow

‘Supremo dá cavalo de pau jurídico a cada mês’, diz senador

Em meio às discussões sobre a instalação da CPI da Covid, o senador Plínio Valério (PSDB-AM) defendeu que o Supremo Tribunal Federal não tem legitimidade para mandar no Senado. Ele disse que a decisão monocrática de Barroso de instaurar a comissão é “impensada, ilógica e insensata”.

Plínio Valério criticou as decisões individuais de ministros e disse que o Supremo está acostumado com a prática. “A sorte do Senado é que não sou o presidente, porque eu simplesmente não cumpriria, por não reconhecer, repito, legitimidade neste Supremo”.

Leia mais: “Pacheco dá 10 dias para líderes partidários indicarem integrantes da CPI da Pandemia”

O senador foi além e disse que a Corte “dá cavalo de pau jurídico a cada mês e que tem uma jurisprudência flutuante, que tudo é ao bel prazer”. Valério pontou que o Congresso é culpado por obedecer aos ministros “que pensam que são semideuses e não são”.

Ele também apontou contradição do Supremo ao proibir cultos e missas e liberar a CPI, que, para funcionar, precisa de um número elevado de pessoas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?