segunda-feira, novembro 29Notícias Importantes
Shadow

Região de Sorocaba retorna para a fase laranja do Plano São Paulo

O Governo do Estado avançou a região de Sorocaba (SP) novamente para a fase laranja do Plano São Paulo de flexibilização da economia. A informação foi divulgada durante uma coletiva de imprensa, no início da tarde desta sexta-feira (29) e começam a valer na segunda-feira (1º).

A região estava na fase vermelha desde o dia 22 de janeiro. A decisão havia sido tomada após a piora nos indicadores de Covid-19 no estado. No entanto, prefeitos de algumas cidades da região se reuniram para sugerir propostas de flexibilização ao secretário de Desenvolvimento Regional do Estado, Marco Vinholi.

Com as novas mudanças no plano, a região deve seguir as regras da fase laranja nos dias úteis, das 6h às 20h. Durante a noite, após as 20h e até as 6h, devem ser seguidas as regras da fase vermelha.

Já aos sábados, domingos e feriados, as regras da fase mais restritiva prevalecem durante todo o dia. As restrições à noite e durante os fins de semana valem até, pelo menos, 8 de fevereiro.

Já as cidades da região de Jundiaí (SP), que fazem parte do Departamento Regional de Saúde (DRS) de Campinas (SP), se mantiveram na fase laranja do Plano SP.

O que pode funcionar?

Na fase laranja, que deve ser seguida de segunda a sexta-feira, das 6h às 20h, podem funcionar com restrições os seguintes serviços:

Shoppings e comércio de rua – oito horas por dia até 20h e com 40% da capacidade;
Restaurantes – consumo no local apenas para clientes sentados, até 20h e com 40% da capacidade;
Salões de beleza – até 20h e com 40% da capacidade;
Academias – aulas individuais, com agendamento, até 20h e com 40% da capacidade;
Atividades culturais e eventos – público sentado, com distanciamento, controle de acesso e hora marcada, até 20h, com 40% da capacidade.
Já na fase vermelha, que deve ser seguida das 20h até as 6h de segunda a sexta-feira, e durante todo o dia aos sábados, domingos e feriados, podem funcionar somente os serviços considerados essenciais. São eles:

Farmácias;
Mercados;
Padarias;
Açougues;
Postos de combustíveis;
Lavanderias;
Meios de transporte coletivo, como ônibus, trens e metrô;
Transportadoras, oficinas de veículos;
Atividades religiosas;
Hotéis, pousadas e outros serviços de hotelaria;
Bancos;
Pet shops;
Serviços de delivery ou entregas.

Histórico

O Plano São Paulo começou a ser aplicado no dia 25 de maio de 2020, quando o governo classificou a região de Sorocaba na fase laranja. Mas, depois de registrarem um aumento significativo no número de casos e mortes por Covid-19, as cidades foram orientadas a aplicar medidas mais restritivas para conter o avanço da doença.

O município de Sorocaba acatou a recomendação do estado no dia 19 de junho e adotou as medidas da fase vermelha, mesmo estando na laranja.

Com isso, a cidade passou uma semana com as regras mais restritivas, enquanto os outros 47 municípios do DRS permaneceram na fase laranja. Após alguns dias, no entanto, o Governo Estadual anunciou que a região inteira de Sorocaba voltaria oficialmente à fase vermelha.

Assim os municípios se mantiveram até o dia 10 de julho, quando o Governo Estadual informou que poderiam avançar para a fase laranja. A princípio, a Prefeitura de Sorocaba decidiu manter somente os serviços essenciais abertos, mas, na semana seguinte, disse que permitiria a reabertura do comércio.

O avanço para a fase amarela aconteceu no dia 7 de agosto, após o governo ter anunciado mudanças nos critérios necessários para que uma região mudasse da etapa laranja para a amarela. Dois meses depois, no dia 9 de outubro, a região foi reclassificada na fase verde do Plano SP.

Em seguida, no dia 30 de novembro, o Governo Estadual decidiu regredir novamente a região para a fase amarela por conta do aumento no número de casos de Covid-19. O retorno para a fase laranja aconteceu no dia 8 de janeiro de 2021.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?