quinta-feira, janeiro 21Notícias Importantes
Shadow

PSD promoverá ‘processo seletivo’ para definir candidato a presidente da República

Gilberto Kassab coloca cinco aliados na disputa

faixa de presidente da república - psd - gilberto kassab

A faixa presidencial, que Kassab quer com alguém do PSD a partir de 2023 | Foto: Reprodução

O PSD tende a evoluir no projeto de lançar candidato próprio à Presidência da República em 2022. Ao menos essa é a atual diretriz interna, afirmou na noite desta segunda-feira, 30, o presidente nacional do partido, Gilberto Kassab.

Leia mais: “O que as eleições de 2020 têm a dizer sobre 2022?”

A estratégia a ser seguida para a eleição de daqui a dois anos foi reforçada por Kassab durante entrevista à emissora CNN Brasil. O plano considera, inclusive, realizar “processo seletivo” no ano que vem entre alguns dos políticos da sigla, explicou o dirigente e ex-prefeito de São Paulo.

Nesse sentido, Kassab anunciou cinco concorrentes ao futuro posto de candidato a presidente pelo Partido Social Democrático. Segundo ele, dois deputados federais, dois senadores e um governador compõem os nomes em discussão no momento. São eles:

  • André de Paula — deputado federal por Pernambuco;
  • Antonio Anastasia — senador por Minas Gerais;
  • Fábio Trad — senador por Mato Grosso do Sul;
  • Carlos Massa Ratinho Júnior — governador do Paraná;
  • Otto Alencar — deputado federal pela Bahia.

Gilberto Kassab não explicou, no entanto, como se darão as prévias do partido na busca por representante no Palácio do Planalto. Por fim, mesmo ressaltando a diretriz do partido de investir em candidatura, ele lembrou que “coligações poderão acontecer”.

Leia “Os vencedores — PSD e Democratas avançam e projetam dois caciques partidários”, reportagem produzida pelo editor-executivo Silvio Navarro e publicada na capa da atual edição da Revista Oeste.

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *