sábado, março 2Notícias Importantes
Shadow

Presidente Jair Bolsonaro afirma esperar “sinalização do povo” para “tomar providencias”

Nesta quinta-feira (14), o presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), afirmou estar esperando por uma “sinalização do povo” para “tomar providencias” acerca dos resultados econômicos resultantes pelas ações de restrições adotadas por governadores e prefeitos.

Ao falar a respeito do tema, o Chefe de Estado, porém, afirmou não desejar encrenca com ninguém, no entanto, de acordo com ele, o Brasil “está na iminência de ter um problema sério”.

Em conversa com adeptos em frente ao Palácio do Alvorada – sua residência oficial – o mandatário asseverou:

Você pode se interessar: Pesquisa aponta que Bolsonaro perde para Huck, e que Lula o vence com bastante facilidade no segundo turno

“O Brasil está no limite. O pessoal fala que eu devo tomar providências. Eu estou aguardando o povo dar uma sinalização, porque a fome, a miséria e o desemprego estão aí. Não vê quem não quer”.

Ademais, o presidente afirmou que “alguns” pedem para que providências sejam tomadas imediatamente, e salientou que irá fazer “o que o povo quiser”.

Continue lendo: Presidente Bolsonaro assegura que as Forças Armadas defenderão a liberdade ‘dentro das 4 linhas da Constituição’ e manda recado

“Amigos do Supremo Tribunal Federal, daqui a pouco vamos ter uma crise enorme aqui. Vi que um ministro despachou um processo pra me julgar por genocídio. Olha, quem fechou tudo e está com a política na mão não sou eu. Agora, não quero brigar com ninguém, mas estamos na iminência de ter um problema sério no Brasil”, declarou.

× Como posso te ajudar?