quarta-feira, março 3Notícias Importantes
Shadow

Parler vai à Justiça dos EUA contra a Amazon

Gigante da internet derrubou a rede social de seus servidores

parler x amazon

Foto: Divulgação

A decisão unilateral adotada pela Amazon contra a rede social Parler virou caso para a Justiça dos Estados Unidos. Após sair do ar em todo o mundo virtual porque o gigante da internet a excluiu de seus servidores, a plataforma on-line acionou o tribunal de Seattle, no Estado norte-americano de Washington, informa a agência de notícias Reuters.

Leia mais: “Snapchat é mais uma empresa a censurar Trump”

Em audiência, a defesa da rede social rechaçou a afirmação da Amazon, de que teria ignorado pedidos para remoção de conteúdos considerados — pela avaliação da própria Amazon — como meios de incitar a invasão ocorrida no Capitólio na última semana. “Não há nenhuma evidência de que o Parler estivesse envolvido no incitamento dos motins”, afirmou o advogado David Groesbeck à juíza Barbara Rothstein.

“Milhões de norte-americanos cumpridores da lei tiveram suas vozes silenciadas”

Na parte jurídica, a Parler garante que a Amazon Web Services, braço da companhia que oferece serviço de hospedagem de domínios na internet, não tem o poder contratual de tirar a rede social do ar sem maiores explicações. Com isso, o advogado da rede social sugeriu a prática de censura política por parte de sua então fornecedora. “Milhões de norte-americanos cumpridores da lei tiveram suas vozes silenciadas”, lamentou Groesbeck.

Por ora, não há uma definição a respeito de Amazon ser obrigada ou não a reativar a Parler em seus servidores.

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Deixe uma resposta

× Como posso te ajudar?