quinta-feira, setembro 24Notícias Importantes
Shadow

O que são Anjos?

Os anjos são seres celestiais que servem no Reino dos Deus em diversas funções. A palavra anjo vem do latim angelus que significa mensageiro e designa a sua principal função.

Deus criou os anjos para servirem no Seu Reino: “todas as coisas foram criadas por Ele e para Ele” (<span class="popover-refs" data-url data-toggle="popover" title="Colossenses 1:16" data-content="16pois nele foram criadas
todas as coisas
nos céus e na terra,
as visíveis e as invisíveis,
sejam tronos sejam soberanias,
poderes ou autoridades;
todas as coisas foram criadas por ele e para ele.”>Colossenses 1:16). Os anjos existem e servem a Deus anunciando a Sua mensagem. Eles intervêm no mundo natural sob a ordem Deus.

Os anjos possuem força e inteligência acima dos homens (<span class="popover-refs" data-url data-toggle="popover" title="2 Pedro 2:11" data-content="11contudo, nem os anjos, embora sendo maiores em força e poder, fazem acusações injuriosas contra aqueles seres na presença do Senhor.”>2 Pedro 2:11), mas não são oniscientes nem onipotentes. Diferente dos homens os anjos são imortais, não se casam e não se reproduzem (<span class="popover-refs" data-url data-toggle="popover" title="Mateus 22:30" data-content="30Na ressurreição, as pessoas não se casam nem são dadas em casamento; mas são como os anjos no céu.”>Mateus 22:30 e <span class="popover-refs" data-url data-toggle="popover" title="Lucas 20:35-36" data-content="35mas os que forem considerados dignos de tomar parte na era que há de vir e na ressurreição dos mortos não se casarão nem serão dados em casamento,36e não podem mais morrer, pois são como os anjos. São filhos de Deus, visto que são filhos da ressurreição.”>Lucas 20:35-36).

Devido ao seus corpos celestiais, os anjos são invisíveis aos olhos dos homens. Apesar de invisíveis, os anjos podem aparecer em visões e sonhos (<span class="popover-refs" data-url data-toggle="popover" title="Daniel 4:13" data-content="13Nas visões que tive deitado em minha cama, olhei e vi diante de mim uma sentinela, um anjo que descia do céu;”>Daniel 4:13 e <span class="popover-refs" data-url data-toggle="popover" title="Gênesis 28:10-12" data-content="10Jacó partiu de Berseba e foi para Harã.11Chegando a determinado lugar, parou para pernoitar, porque o sol já se havia posto. To­mando uma das pedras dali, usou-a como traves­seiro ­e deitou-se.12E teve um sonho no qual viu uma escada apoiada na terra; o seu topo alcan­çava os céus, e os anjos de Deus subiam e des­ciam por ela.”>Gênesis 28:10-12).

Em algumas situações específicas os anjos podem se tornar visíveis – adotando a forma humana – quando se faz necessário para cumprirem com o propósito de Deus (<span class="popover-refs" data-url data-toggle="popover" title="João 20:11-13" data-content="11Maria, porém, ficou à entrada do sepulcro, chorando. Enquanto chorava, curvou-se para olhar dentro do sepulcro12e viu dois anjos vestidos de branco, sentados onde estivera o corpo de Jesus, um à cabeceira e o outro aos pés.13Eles lhe perguntaram: “Mulher, por que você está chorando?“
“Levaram embora o meu Senhor“, respondeu ela, “e não sei onde o puseram“.”>João 20:11-13 e <span class="popover-refs" data-url data-toggle="popover" title="Atos dos Apóstolos 12:7-9" data-content="7Repentinamente apareceu um anjo do Senhor, e uma luz brilhou na cela. Ele tocou no lado de Pedro e o acordou. “Depressa, levante-se!“, disse ele. Então as algemas caíram dos punhos de Pedro.8O anjo lhe disse: “Vista-se e calce as sandálias“. E Pedro assim fez. Disse-lhe ainda o anjo: “Ponha a capa e siga-me“.9E, saindo, Pedro o seguiu, não sabendo que era real o que se fazia por meio do anjo; tudo lhe parecia uma visão.”>Atos dos Apóstolos 12:7-9).

Os anjos existiam antes da criação?

A Bíblia não diz o momento exato em que os anjos foram criados. Podemos constatar a presença dos anjos desde o livro de Gênesis, quando Deus colocou querubins no Jardim do Éden depois de expulsar Adão e Eva (<span class="popover-refs" data-url data-toggle="popover" title="Gênesis 3:22" data-content="22Então disse o Senhor Deus: “Agora o homem se tornou como um de nós, conhe­cendo o bem e o mal. Não se deve, pois, permitir que ele tome também do fruto da árvore da vida e o coma, e viva para sem­pre“.”>Gênesis 3:22).

Os anjos também são citados no livro de Jó – um dos primeiros livros bíblicos em ordem cronológica – quando Deus fala a respeito da Sua soberania (<span class="popover-refs" data-url data-toggle="popover" title="Jó 38:7" data-content="7enquanto as estrelas matutinas
juntas cantavam
e todos os anjos se regozijavam?”>Jó 38:7). Esse são alguns indícios que apontam para a origem dos anjos antes do sétimo dia da Criação (<span class="popover-refs" data-url data-toggle="popover" title="Êxodo 20:11" data-content="11Pois em seis dias o Senhor fez os céus e a terra, o mar e tudo o que neles existe, mas no sétimo dia descansou. Portanto, o Senhor abençoou o sétimo dia e o santificou.”>Êxodo 20:11).

Não há nenhuma evidência de que os anjos existiam antes da Criação. Trata-se de uma afirmação anti-bíblica, o que tornaria o anjo – criação – numa condição de criador ou co-criador. Os anjos estão abaixo da soberania Senhor, tanto os que permanecem Nele quanto aos que foram expulsos do Seu Reino.

Existe uma hierarquia angelical?

Os anjos servem a Deus assim como um exército destacado serve ao seu comandante. Independentemente da organização, todos os anjos estão debaixo da autoridade do Senhor. Apesar da Bíblia não definir claramente uma hierarquia angelical, podemos identificar algumas classes e funções:

  • Mensageiro: a origem do nome Anjo. Assim como Gabriel, os anjos são responsáveis por anunciarem boas novas e executarem a ordem de Deus (<span class="popover-refs" data-url data-toggle="popover" title="Lucas 1:19" data-content="19O anjo respondeu: “Sou Gabriel, o que está sempre na presença de Deus. Fui enviado para transmitir a você estas boas-novas.”>Lucas 1:19, <span class="popover-refs" data-url data-toggle="popover" title="Gênesis 16:11" data-content="11Disse-lhe ainda o Anjo do Senhor:
    “Você está grávida e terá um filho,
    e lhe dará o nome de Ismael,
    porque o Senhor a ouviu
    em seu sofrimento.”>Gênesis 16:11, <span class="popover-refs" data-url data-toggle="popover" title="Gênesis 22:12" data-content="12“Não toque no rapaz“, disse o Anjo. “Não lhe faça nada. Agora sei que você teme a Deus, porque não me negou seu filho, o seu único filho.“”>Gênesis 22:12 e <span class="popover-refs" data-url data-toggle="popover" title="Lucas 1:13" data-content="13Mas o anjo lhe disse: “Não tenha medo, Zacarias; sua oração foi ouvida. Isabel, sua mulher, dará a você um filho, e você lhe dará o nome de João.”>Lucas 1:13).
  • Querubins: são citados na Bíblia como sentinelas, guardiões (<span class="popover-refs" data-url data-toggle="popover" title="Gênesis 3:24" data-content="24Depois de expulsar o homem, colocou a leste do jardim do Éden querubins e uma espada flamejante que se movi­a, guar­dando o caminho para a árvore da vida.”>Gênesis 3:24, <span class="popover-refs" data-url data-toggle="popover" title="Hebreus 9:5" data-content="5Acima da arca estavam os querubins da Glória, que com sua sombra cobriam a tampa da arca. A respeito dessas coisas não cabe agora falar detalhadamente.”>Hebreus 9:5 e <span class="popover-refs" data-url data-toggle="popover" title="Êxodo 25:20" data-content="20Os querubins devem ter suas asas estendidas para cima, cobrindo com elas a tampa. Ficarão de frente um para o outro, com o rosto voltado para a tampa.”>Êxodo 25:20).
  • Arcanjo: lidera um exército de anjos. A Bíblia cita apenas Miguel nesta posição (<span class="popover-refs" data-url data-toggle="popover" title="Judas 1:9" data-content="9Contudo, nem mesmo o arcanjo Miguel, quando estava disputando com o Diabo acerca do corpo de Moisés, ousou fazer acusação injuriosa contra ele, mas disse: “O Senhor o repreenda!“”>Judas 1:9 e <span class="popover-refs" data-url data-toggle="popover" title="Apocalipse 12:7" data-content="7Houve então uma guerra nos céus. Miguel e seus anjos lutaram contra o dragão, e o dragão e os seus anjos revidaram.”>Apocalipse 12:7).
  • Serafins: louvam o Altíssimo sem cessar em constante adoração (<span class="popover-refs" data-url data-toggle="popover" title="Isaías 6:2-3" data-content="2Acima dele estavam serafins; cada um deles tinha seis asas: com duas cobriam o rosto, com duas cobriam os pés e com duas voavam.3E proclamavam uns aos outros:
    “Santo, santo, santoé o Senhor dos Exércitos,a terra inteira está cheia da sua glória“.”>Isaías 6:2-3).

Existem anjos malignos?

A Bíblia diz que existem anjos bons e anjos que se corromperam. Deus não criou anjos maus, toda a criação foi boa aos olhos do Senhor (<span class="popover-refs" data-url data-toggle="popover" title="Gênesis 1:31" data-content="31E Deus viu tudo o que havia feito, e tudo havia ficado muito bom. Passaram-se a tarde e a ma­nhã; esse foi o sexto dia.”>Gênesis 1:31). Assim como os seres humanos, Deus criou os anjos com livre-arbítrio e liberdade de escolha.

Mesmo na presença de Deus – e com direito de escolha – Satanás se rebelou contra o Altíssimo desejando a Sua glória e domínio. Invejando ser como Deus, o Diabo com seu poder de influência enganou a terça parte dos anjos – assim como Adão e Eva – que caíram em pecado. A corrupção e queda de Satanás foi descrita poeticamente nas passagens de <span class="popover-refs" data-url data-toggle="popover" title="Isaías 14:12-15" data-content="12Como você caiu dos céus,
ó estrela da manhã, filho da alvorada!
Como foi atirado à terra,
você, que derrubava as nações!13Você, que dizia no seu coração:
“Subirei aos céus;
erguerei o meu trono
acima das estrelas de Deus;
eu me assentarei no monte da assembleia,
no ponto mais elevado do monte santo.14Subirei mais alto
que as mais altas nuvens;
serei como o Altíssimo“.15Mas às profundezas do Sheol
você será levado,
irá ao fundo do abismo!”>Isaías 14:12-15 e <span class="popover-refs" data-url data-toggle="popover" title="Ezequiel 28:14-16" data-content="14Você foi ungido
como um querubim guar­dião,
pois para isso eu o designei.
Você estava no monte santo de Deus
e caminhava entre as pedras
fulgurantes.15Você era inculpável em seus caminhos
desde o dia em que foi criado
até que se achou maldade em você.16Por meio do seu amplo comércio,
você encheu-se de violência
e pecou.
Por isso eu o lancei, humilhado,
para longe do monte de Deus,
e o expulsei, ó querubim guardião,
do meio das pedras fulgurantes.”>Ezequiel 28:14-16.

Saiba: Existem anjos caídos?

Esses anjos caídos – espíritos imundos – foram expulsos do Reino de Deus e serão julgados no Juízo Final, juntamente com o Diabo (<span class="popover-refs" data-url data-toggle="popover" title="Judas 1:6" data-content="6E, quanto aos anjos que não conservaram suas posições de autoridade mas abandonaram sua própria morada, ele os tem guardado em trevas, presos com correntes eternas para o juízo do grande Dia.”>Judas 1:6, <span class="popover-refs" data-url data-toggle="popover" title="Apocalipse 12:7-9" data-content="7Houve então uma guerra nos céus. Miguel e seus anjos lutaram contra o dragão, e o dragão e os seus anjos revidaram.8Mas estes não foram suficientemente fortes, e assim perderam o seu lugar nos céus.9O grande dragão foi lançado fora. Ele é a antiga serpente chamada Diabo ou Satanás, que engana o mundo todo. Ele e os seus anjos foram lançados à terra.”>Apocalipse 12:7-9 e <span class="popover-refs" data-url data-toggle="popover" title="Apocalipse 20:10" data-content="10O Diabo, que as enganava, foi lançado no lago de fogo que arde com enxofre, onde já haviam sido lançados a besta e o falso profeta. Eles serão atormentados dia e noite, para todo o sempre.”>Apocalipse 20:10).

Qual os nomes dos anjos?

Dentre “milhares de milhares” de anjos, a Palavra de Deus identifica apenas o nome de dois anjos: Miguel e Gabriel.

No evangelho de Lucas, o anjo Gabriel diz o seu próprio nome (<span class="popover-refs" data-url data-toggle="popover" title="Lucas 1:19" data-content="19O anjo respondeu: “Sou Gabriel, o que está sempre na presença de Deus. Fui enviado para transmitir a você estas boas-novas.”>Lucas 1:19). No Antigo Testamento, Gabriel apareceu duas vezes a Daniel (<span class="popover-refs" data-url data-toggle="popover" title="Daniel 8:16" data-content="16E ouvi a voz de um homem que vinha do Ulai: “Gabriel, dê a esse homem o significado da visão“.”>Daniel 8:16 e <span class="popover-refs" data-url data-toggle="popover" title="Daniel 9:21" data-content="21enquanto eu ainda estava em oração, Gabriel, o homem que eu tinha visto na visão anterior, veio voando rapidamente para onde eu estava, à hora do sacrifício da tarde.”>Daniel 9:21). Foi também o anjo Gabriel que avisou Maria da sua gravidez (<span class="popover-refs" data-url data-toggle="popover" title="Lucas 1:26" data-content="26No sexto mês Deus enviou o anjo Gabriel a Nazaré, cidade da Galileia,”>Lucas 1:26).

Miguel é citado na Bíblia como um arcanjo, aparecendo na visão protica de Daniel (<span class="popover-refs" data-url data-toggle="popover" title="Daniel 12:1" data-content="1“Naquela ocasião Miguel, o grande príncipe que protege o seu povo, se levantará. Haverá um tempo de angústia como nunca houve desde o início das nações até então. Mas naquela ocasião o seu povo, todo aquele cujo nome está escrito no livro, será liberto.”>Daniel 12:1). O Apóstolo Judas cita o arcanjo na luta pelo corpo de Moisés (<span class="popover-refs" data-url data-toggle="popover" title="Judas 1:9" data-content="9Contudo, nem mesmo o arcanjo Miguel, quando estava disputando com o Diabo acerca do corpo de Moisés, ousou fazer acusação injuriosa contra ele, mas disse: “O Senhor o repreenda!“”>Judas 1:9). Em Apocalipse, Miguel é citado liderando uma frente de anjos na batalha contra o Dragão – Satanás – expulsando ele e os anjos rebeldes (<span class="popover-refs" data-url data-toggle="popover" title="Apocalipse 12:7-9" data-content="7Houve então uma guerra nos céus. Miguel e seus anjos lutaram contra o dragão, e o dragão e os seus anjos revidaram.8Mas estes não foram suficientemente fortes, e assim perderam o seu lugar nos céus.9O grande dragão foi lançado fora. Ele é a antiga serpente chamada Diabo ou Satanás, que engana o mundo todo. Ele e os seus anjos foram lançados à terra.”>Apocalipse 12:7-9).

Em <span class="popover-refs" data-url data-toggle="popover" title="Daniel 10:13" data-content="13Mas o prínci­pe do reino da Pérsia me resistiu durante vinte e um dias. Então Miguel, um dos príncipes supremos, veio em minha ajuda, pois eu fui impedido de continuar ali com os reis da Pérsia.”>Daniel 10:13 um fato curioso, o anjo Gabriel diz a Daniel que teve que pedir ajuda ao arcanjo Miguel – titulado como um dos príncipes supremos – para entregar sua resposta de oração. Segundo o anjo, o príncipe do reino da Pérsia o resistiu durante 21 dias.

Veja: O que a Bíblia fala sobre anjo da guarda?

A Bíblia não fala sobre a existência do arcanjo Rafael. A história deste anjo faz parte da tradição católica e está escrita no livro apócrifo de Tobias. Por não ser um livro divinamente inspirado, não é possível afirmar a existência de Rafael e nem afirmar que se trata de um arcanjo.

Quantos anjos existem?

A Bíblia não revela ao certo quanto anjos existem, temos apenas uma noção de volume: passam de “milhares de milhares e milhões de milhões” (<span class="popover-refs" data-url data-toggle="popover" title="Apocalipse 5:11" data-content="11Então olhei e ouvi a voz de muitos anjos, milhares de milhares e milhões de milhões. Eles rodeavam o trono, bem como os seres viventes e os anciãos,”>Apocalipse 5:11 e <span class="popover-refs" data-url data-toggle="popover" title="Hebreus 12:22" data-content="22Mas vocês chegaram ao monte Sião, à Jerusalém celestial, à cidade do Deus vivo. Chegaram aos milhares de milhares de anjos em alegre reunião,”>Hebreus 12:22).

Veja: O que são Principados e Potestades?

A Bíblia aponta que 1/3 do número total de anjos desobedeceram ao Senhor e aliaram-se a Satanás (<span class="popover-refs" data-url="https://www.bibliaon.com/versiculo/apocalipse_12_3-9/" data-toggle="popover" title="Apocalipse 12:3-9" data-content="3Então apareceu no céu outro sinal: um enorme dragão vermelho com sete cabeças e dez chifres, tendo sobre as cabeças sete coroas.4Sua cauda arrastou consigo um terço das estrelas do céu, lançando-as na terra. O dragão pôs-se diante da mulher que estava para dar à luz, para devorar o seu filho no momento em que nascesse.5Ela deu à luz um filho, um homem, que governará todas as nações com cetro de ferro. Seu filho foi arrebatado para junto de Deus e de seu trono.6A mulher fugiu para o d…”>Apocalipse 12:3-9). Portanto, o número de anjos que estão no Reino de Deus é o dobro em relação ao número de anjos caídos.

Podemos pedir proteção aos anjos?

Não devemos orar e adorar anjo algum, isto nos afasta de Deus (<span class="popover-refs" data-url data-toggle="popover" title="Colossenses 2:18" data-content="18Não permitam que ninguém que tenha prazer numa falsa humildade e na adoração de anjos os impeça de alcançar o prêmio. Tal pessoa conta detalhadamente suas visões, e sua mente carnal a torna orgulhosa.”>Colossenses 2:18). Deus é o nosso protetor (<span class="popover-refs" data-url data-toggle="popover" title="1 João 5:18" data-content="18Sabemos que todo aquele que é nascido de Deus não está no pecado; aquele que nasceu de Deus o protege, e o Maligno não o atinge.”>1 João 5:18), se necessário Ele enviará anjos ao nosso favor (<span class="popover-refs" data-url data-toggle="popover" title="Salmos 91:11" data-content="11Porque a seus anjos ele dará ordens
a seu respeito,
para que o protejam em todos
os seus caminhos;”>Salmos 91:11). Anjos – assim como nós – são criaturas que estão sujeitas ao Criador. Nada podem fazer nada sem a permissão de Deus. Ele é o responsável por toda a provisão e proteção, os anjos do Senhor apenas obedecem a Sua vontade.

Nenhum anjo de Deus aceita ser adorado, pelo contrário, apontam toda honra e glória ao Senhor (<span class="popover-refs" data-url data-toggle="popover" title="Apocalipse 19:10" data-content="10Então caí aos seus pés para adorá-lo, mas ele me disse: “Não faça isso! Sou servo como você e como os seus irmãos que se mantêm fiéis ao testemunho de Jesus. Adore a Deus! O testemunho de Jesus é o espírito de profecia“.”>Apocalipse 19:10 e <span class="popover-refs" data-url data-toggle="popover" title="Apocalipse 22:8-9" data-content="8Eu, João, sou aquele que ouviu e viu estas coisas. Tendo-as ouvido e visto, caí aos pés do anjo que me mostrou tudo aquilo, para adorá-lo.9Mas ele me disse: “Não faça isso! Sou servo como você e seus irmãos, os profetas, e como os que guardam as palavras deste livro. Adore a Deus!“”>Apocalipse 22:8-9). Satanás invejou a glória do Pai, foi expulso do Seu meio e já está condenado. Com ele também vão todos os que escolheram o caminho da perdição, da inveja e do engano.

Independentemente de nome e função, os anjos do Senhor escolheram adorá-Lo e fazer a Sua vontade pela eternidade. O Reino de Deus é constituído daqueles que escolheram amar e adorar a Deus acima de todas as coisas.

Leia mais: Anjos e seus nomes – quais os anjos mencionados na Bíblia?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *