terça-feira, setembro 22Notícias Importantes
Shadow

Não me envergonho do evangelho

Nem sempre é fácil ser cristão. Em um mundo que odeia o evangelho, podemos enfrentar escárnio, rejeição ou até perseguição! Muitas vezes ficamos com medo de partilhar o evangelho ou com vergonha de dizer que somos cristãos.

<span class="popover-refs" data-url data-toggle="popover" title="Romanos 1:16" data-content="16Não me envergonho do evangelho, porque é o poder de Deus para a salvação de todo aquele que crê: primeiro do judeu, depois do grego.”>Romanos 1:16 diz que, através do evangelho, Deus salva aqueles que creem. Esse é o poder do evangelho! Foi por isso que o apóstolo Paulo e muitos outros cristãos ao longos dos séculos pregaram corajosamente o evangelho, mesmo quando outros os tentavam rebaixar. Se você ama Jesus, você faz parte do grande plano de Deus para trazer a salvação ao mundo. Isso é um privilégio, não uma vergonha!

Mesmo assim, no cotidiano é fácil perder o grande alvo de vista. Onde podemos encontrar coragem para superar essa vergonha?

José de Arimateia e Nicodemos – cristãos secretos

Nicodemos era uma autoridade entre os judeus, na época de Jesus. Ele tentava apoiar Jesus discretamente junto das outras autoridades de seu povo, mas não se assumia como seu seguidor (<span class="popover-refs" data-url data-toggle="popover" title="João 19:39-40" data-content="39Ele estava acompanhado de Nicodemos, aquele que antes tinha visitado Jesus à noite. Nicodemos levou cerca de trinta e quatro quilos de uma mistura de mirra e aloés.40Tomando o corpo de Jesus, os dois o envolveram em faixas de linho, com as especiarias, de acordo com os costumes judaicos de sepultamento.”>João 19:39-40). Ele provavelmente tinha medo de perder sua posição, porque os líderes tinham mandado expulsar todos os seguidores de Jesus.

José de Arimateia era outro discípulo secreto de Jesus. Ele também era um líder judeu e tinha medo do que poderia lhe acontecer (<span class="popover-refs" data-url data-toggle="popover" title="Lucas 23:50-51" data-content="50Havia um homem chamado José, membro do Conselho, homem bom e justo,51que não tinha consentido na decisão e no procedimento dos outros. Ele era da cidade de Arimateia, na Judeia, e esperava o Reino de Deus.”>Lucas 23:50-51). Esses dois homens seguiam Jesus secretamente, até que um dia algo mudou…

Quando Jesus morreu, José e Nicodemos ganharam coragem e sepultaram Jesus. Com esse ato, eles estavam se assumindo publicamente como seguidores de Jesus. Todos os outros discípulos tinham fugido mas, na hora mais negra, José e Nicodemos arriscaram tudo.

Veja aqui a história de Nicodemos.

Pondo o evangelho em ação

Ser cristão não significa estar constantemente falando sobre Jesus, sem fazer outra coisa. Você não precisa andar com uma camiseta dizendo “eu sou cristão!” Por vezes as ações falam mais alto que as palavras.

Uma forma de superar a vergonha é pôr o evangelho em prática. Viva como um cristão! Se você se concentrar mais em agradar a Deus do que na opinião de outras pessoas, a diferença se verá em suas ações. As pessoas verão e começarão a fazer perguntas.

Mas vai chegar uma hora em que você vai ter de tomar uma posição. Quando lhe perguntarem, o que você vai responder? O que você ama mais? José de Arimateia de Nicodemos chegaram à conclusão que amavam mais a Jesus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *