sexta-feira, fevereiro 26Notícias Importantes
Shadow

Na Paraíba, PT local derrota PT nacional

Briga interna do partido foi parar na Justiça

PT X PT na Paraíba - eleições 2020 - João Pessoa

Foto: Divulgação/PT/Canva

O PT de João Pessoa começou o processo eleitoral de 2020 vencendo oponente político inesperado: o comando nacional do próprio Partido dos Trabalhadores. Nesta segunda-feira, 5, a Justiça Eleitoral ativou a candidatura do petista Anísio Maia para a prefeitura da capital paraibana. Decisão que frustra os planos do diretório nacional da legenda.

Leia mais: “Eleições 2020: Joice perde influência no Instagram”

A briga interna do PT se deve ao fato de o diretório nacional defender aliança com Ricardo Coutinho (PSB), ex-prefeito de João Pessoa e ex-governador da Paraíba. Apontado pelo Ministério Público como chefe de organização criminosa que teria desviado mais de R$ 130 milhões dos cofres públicos, o socialista chegou a ser preso no fim de 2019 e foi alvo da Operação Calvário em maio deste ano. Assim, a direção local do partido vetou apoio a Coutinho.

Sem interesse em apoiar o membro do PSB, o PT de João Pessoa realizou convenção e lançou o deputado estadual Anísio Maia como candidato à prefeitura — e com Percival Henriques (PCdoB) como vice. Desgostoso com a atitude, o comando nacional do Partido dos Trabalhadores anulou a convenção municipal e colocou Antônio Barbosa Filho (PT) como vice na chapa de Coutinho. Mas a anulação da candidatura própria e a coligação com o ex-governador foram derrubadas pelo Poder Judiciário.

A decisão

“[O PT nacional] atropelou o devido processo legal”

Responsável pela decisão favorável ao PT local de João Pessoa, o juiz eleitoral Fábio Leandro usou termos como “sem nenhum limite” e “arbitrariedade” para se referir à postura adotada pelo PT nacional, que é presidido pela deputada federal Gleisi Hoffmann. “[O PT nacional] atropelou o devido processo legal sem oportunizar aos interessados o direito fundamental do contraditório”, afirmou o magistrado, conforme informa o portal G1.

PT com vice?

Diante da situação, a equipe de campanha de Ricardo Coutinho avisou que vai recorrer da decisão, mas o PT não aparece mais como partido coligado na plataforma de registro de candidaturas do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Apesar disso, o nome do petista Antônio Barbosa Filho ainda figura como vice, assim como o outro integrante do PT envolvido nessa disputa na capital da Paraíba, Anísio Maia, surge como líder de outra chapa.

Oeste nas eleições 2020: Confira as últimas notícias sobre o assunto

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Deixe uma resposta

× Como posso te ajudar?