terça-feira, dezembro 1Notícias Importantes
Shadow

Justiça manda Flordelis usar tornozeleira eletrônica

Foto: Fernando Frazão/Agência Brasi

Flordelis

A Justiça do Rio ordenou nesta sexta-feira (18) o monitoramento da deputada federal Flordelis, acusada de mandar matar o marido, o pastor Anderson do Carmo. A política também será obrigada a permanecer no seu imóvel das 23h às 6h —medida conhecida como recolhimento domiciliar noturno.

Entre as justificativas, o juiz  ressaltou o “quadro de incerteza acerca do paradeiro da ré Flordelis”. O juiz citou ainda a dificuldade de localizar a deputada federal na Câmara dos Vereadores. 

 A parlamentar, que chegou a afirmar que o caso foi um latrocínio, é a principal suspeita de ser mandante do crime, de seu marido, pastor Anderson do Carmo, que foi assassinado no dia 16 de junho de 2019  e só não foi presa porque é imune devido ao cargo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *