sexta-feira, fevereiro 26Notícias Importantes
Shadow

Governo de SP aumenta impostos e descumpre palavra, diz Fiesp

A Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo) afirmou que “os decretos sobre ICMS publicados nesta sexta-feira (15) pelo governo de São Paulo são uma decepção para todos os contribuintes do estado”.  “Os três decretos publicados hoje são um tímido recuo diante da ruinosa tragédia fiscal que o governo Doria quer colocar em prática’, diz a nota.

O governador João Doria (PSDB) publicou as mudanças nas regras do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) e revogou reajustes previstos para insumos agropecuários, hortifrutigranjeiros, energia elétrica para propriedades rurais e medicamentos genéricos.

“Pressionado pela ameaça de protestos, o governador João Doria havia se comprometido publicamente a rever a alta generalizada de impostos. Chegou a dizer que não permitiria que a “população mais vulnerável” fosse penalizada com o aumento da carga tributária”, diz a nota da Fiesp. “Infelizmente, o que o governador Doria fala, não se escreve.”

“As medidas de hoje deixam claro que o governo quer manter o aumento para produtos como derivados de leite. carne, insumos hospitalares (inclusive seringas) e insumos das indústrias, entre tantos outros.”

Segundo a Fiesp, “viver em São Paulo ficará mais caro. Produzir em São Paulo ficará mais caro. Gerar empregos em São Paulo ficará mais caro”.

“Aumentar qualquer imposto é inaceitável. Por isso, a Fiesp luta na Justiça para reverter os aumentos de tributos de todos os setores atingidos, pois ameaçam o consumo das famílias e os empregos de São Paulo. Iremos até o fim contra essa tirania praticada por aqueles que deveriam zelar pelo bem de nosso estado.”

Deixe uma resposta

× Como posso te ajudar?