terça-feira, dezembro 1Notícias Importantes
Shadow

Fux tenta evitar que Kássio sepulte a Lava Jato – UOL Notícias

A transferência do julgamento de inquéritos e ações penais da Primeira e, sobretudo, da Segunda Turma para o plenário do Supremo Tribunal Federal é uma reação de Luiz Fux à iminente chegada de Kássio Marques. Tenta-se evitar que a Segunda Turma, integrada por cinco dos 11 ministros do tribunal, responsável pela Lava Jato, se consolide como uma espécie de túmulo do esforço anticorrupção iniciado há seis anos.

Acomodado na poltrona de Celso de Mello, o quase-futuro ministro Kássio Marques vai compor com Gilmar Mendes e Ricardo Lewandowski o triunvirato dito “garantista” na Segunda Turma. Sem a perspectiva de encostar seus votos no balão de oxigênio que enxergavam em Celso de Mello, os ministros Edson Fachin e Cármen Lúcia passariam a viver em estado crônico de minoria.

Entre os casos pendentes de julgamento na Segundona está o pedido de suspeição que a defesa de Lula formulou contra o ex-juiz Sergio Moro. Para Fux, esse caso, como está pendente, deveria ir para o plenário do tribunal. Fachin e Cármen já votaram contra a anulação da sentença do caso do tríplex. Gilmar e Lewandowski devem votar a favor. Nesse cenário, Kássio representaria o derradeiro prego no caixão da Lava Jato. Transferido para o plenário, os outros seis ministros terão de levar a cara à vitrine.

O movimento de Luiz Fux surpreendeu alguns dos seus colegas. Ele levou a proposta de reforma do regimento a uma reunião administrativa do Supremo. Fez isso antes da despedida de Celso de Mello. E obteve o apoio do decano. Gilmar Mendes queixou-se de não ter recebido a proposta de Fux com antecedência.

Sob constrangimento, a novidade foi aprovada por unanimidade. Não se trata de uma mudança banal. No limite, está em jogo o xadrez eleitoral de 2022. Na Segunda turma, a ficha suja de Lula estava prestes a ser lavada e enxaguada. Não é certo que o resultado seja revertido no plenário da Corte. Mas o funeral da Lava Jato deixou de ter a aparência de fato consumado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *