sexta-feira, junho 14Notícias Importantes
Shadow

Flávio Bolsonaro entra com notícia-crime contra Bonner e Renata

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

No final da tarde desta sexta-feira (06) a defesa do senador, Flávio Bolsonaro, entraram com uma ação na justiça contra os apresentadores do Jornal Nacional, William Bonner e Renata Vasconcellos. A notícia-crime foi protocolada na Delegacia de Repressão Aos Crimes de Informática (DRCI), no Rio de Janeiro, que irá investigar se houve o crime de desobediência por parte dos jornalistas. A informação é da revista Veja.

Os advogados de Flávio argumentam na ação que nos últimos dias o telejornal descumpriu uma ordem judicial ao divulgar as informações e detalhes da denúncia do Ministério Público no caso da “rachadinha” no gabinete do parlamentar, na Assembleia Legislativa do Rio (Alerj). Além disso, a notícia-crime ressalta ainda o fato da Globo ter veiculado o depoimento no MP-RJ de Luiza Souza Paes, que é ex-assessora de Flávio e que confirmou o suposto esquema de transferência de parte dos salários dos servidores ao repasse a Fabrício Queiroz, apontado como o operador da “rachadinha”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

As defesas do senador, Rodrigo Roca, Luciana Pires e Juliana Bierrenbach, já haviam protocolado ainda na última quinta-feira (05) um pedido na 33ª Vara Cível do Tribunal de Justiça do Rio onde solicitou que a Globo recebesse uma multa de 500 mil reais toda vez em que exibisse as reportagens sobre a denúncia feita pelo Ministério Público à Justiça.

O MP-RJ denunciou: o senador, seu ex-assessor Fabrício Queiroz e mais quinze pessoas pelos crimes de organização criminosa, peculato, lavagem de dinheiro e apropriação indébita no escândalo na Alerj.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Ainda na próxima semana tanto William Bonner quanto Renata Vasconcellos deverão comparecer para depor na Delegacia de Repressão Aos Crimes de Informática.

Sob a tutela imposta pela juíza Cristina Serra Feijó, da 33ª Vara Cível do Tribunal de Justiça do Rio, decretada no dia 4 de setembro, a TV Globo está proibida de “divulgar informações, exibir documentos, expor andamentos do processo investigativo criminal” sobre o caso da “rachadinha” envolvendo Flávio Bolsonaro.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?