terça-feira, abril 20Notícias Importantes
Shadow

Espanha tem onda de protestos contra isolamento social

Ao menos nove cidades registraram manifestações contra o governo

espanha - manifestações

Grupo de manifestantes em Logronho, na Espanha | Foto: Reprodução/Instagram

Os últimos dias foram marcados por protestos em diversas regiões da Espanha. Desde sexta-feira, 30, há registros de manifestações em pelo menos nove cidades do país, que no último fim de semana estendeu o estado de emergência e anunciou novas medidas de isolamento social como estratégia de combate à disseminação de covid-19.

Leia mais: “Italianos protestam após implementação de medidas restritivas”

Na capital Madri, manifestantes exibiram cartazes com os dizeres “saímos à rua, o povo está cansado”. Revoltados com as regras impostas pelo governo, que determina toque de recolher das 23h às 6h, alguns dos integrantes do protesto queimaram cestos de lixo e tentaram montar barricadas. Vinte e duas pessoas foram detidas só na cidade, informa a agência de notícias EFE.

Madri não foi, contudo, a única localidade há contar com ato contra as novas medidas sanitárias do país europeu. Em Logronho, por exemplo, o protesto terminou com sete manifestantes presos e seis policiais feridos.

De acordo com a agência de notícias Lusa, a onda de atos seguiu em cidades como Bilbao, Vitória, San Sebastian, Arrasate, Eibar e Málaga. Segunda maior cidade espanhola e capital da região autônoma da Catalunha, Barcelona também aparece na lista de protestos.

Segundo as autoridades da Espanha, as manifestações resultaram no total de 60 prisões. Pelo Twitter, o presidente Pedro Sánchez classificou a situação como “comportamento violento e irracional.”

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?