sábado, junho 19Notícias Importantes
Shadow

Eleições 2020: servidores-candidatos são suspeitos de irregularidades

Autoridades acreditam que alguns deles se candidataram apenas com o intuito de receber salário sem trabalhar

servidores - candidatos

Foto: Agência Brasil

Cerca de 100 servidores públicos que resolveram lançar candidaturas nas eleições 2020 estão na mira de autoridades. Há a suspeita de que eles resolveram se candidatar somente com o intuito de se afastar temporariamente do serviço e, mesmo assim, seguir recebendo salário normalmente.

Leia mais: “O que acontece com uma cidade sem prefeito?”

De acordo com reportagem do portal UOL, ao menos 95 servidores que foram candidatos no último pleito brasileiro não receberam nenhum voto. Ou seja: nem o — oficialmente — candidato apostou na própria campanha.

Além da imprensa, o fato despertou curiosidade por parte de integrantes do Ministério Público. Isso porque um servidor público concursado — seja na esfera municipal, distrital, estadual ou federal — pode tentar a sorte na política. Para disputar um mandato a vereador, por exemplo, ele precisa se afastar do serviço em que estiver lotado, mas pode continuar a receber salário durante o período eleitoral.

“Difícil acreditar que um servidor que se candidatou e que sequer votou nele mesmo”

“É difícil acreditar que um servidor que se candidatou e que sequer votou nele mesmo estava realmente levando sua candidatura a sério”, afirma o promotor Leonardo Dumke Busatto. Membro do Ministério Público do Paraná, ele investiga esse tipo de fraude no Estado do Sul do país, onde ao menos três servidores foram candidatos a vereador no pleito de 2020 e saíram das urnas sem nenhum voto computado.

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?