segunda-feira, junho 27Notícias Importantes
Shadow

China e câmbio impulsionam faturamento da agropecuária brasileira

Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil fala em “novo recorde”

agropecuária - vbp - cna

O PIB do país recua, mas a agropecuária brasileira cresce | Foto: REPRODUÇÃO

A receita agropecuária do país tem potencial para crescer aproximadamente 14% neste ano. Apesar de a pandemia do novo coronavírus atingir o Brasil, a Confederação da Agricultura e Pecuária (CNA) acredita que o setor do campo não sofrerá impactos negativos. Pelo contrário, a entidade projeta receita de R$ 823 bilhões até o fim de 2020.

Leia mais: “Apesar da crise, o agronegócio brasileiro exibe vigor”

Uma vez alcançado, o valor representará aumento de 13,7% do chamado Valor Bruto da Produção (VBP). De acordo com a CNA, essa quantia resultará em “novo recorde” para o agronegócio brasileiro. Nesse sentido, a instituição coloca dois fatores como responsáveis por esse crescimento. Primeiramente, as exportações da China, onde há “alta demanda”. Por outro lado, o câmbio também ajuda no impulsionamento. Afinal, o real está desvalorizado frente ao dólar.

Na parte específica da agricultura, a CNA cita quatro produtos como protagonistas na projeção, em termos percentuais, de aumento do VBP:

  • Trigo – 59%;
  • Café arábica – 51;
  • Mamona – 47%
  • Arroz – 33,9%.

Pela parte da pecuária, a estimativa é a de que o VBP de ovos aumente 19% na comparação com 2019.

*O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?