domingo, setembro 25Notícias Importantes
Shadow

Centrão quer a cabeça de integrantes do governo: “Ou sai a ala ideológica ou a guerra está declarada”

O centrão quer a cabeça dos integrantes do Governo Bolsonaro que compõem a chamada ‘ala ideológica’. Em declaração à Rádio Jovem Pan, o deputado federal Fausto Pinato (PP-SP) afirmou que o chanceler Ernesto Araújo parece estar com os dias contados no Ministério de Relações Exteriores. O parlamentar, aliado de Arthur Lira, presidente da Câmara, disse ainda que “ou sai a ala ideológica ou a guerra está declarada”.

“A ala ideológica interferiu e vem interferindo na política externa do Brasil e no combate à Covid-19. O Supremo Tribunal Federal, o Senado e a Câmara declararam guerra à ala ideológica. Bolsonaro vai ter pela frente uma escolha difícil: ou a ala ideológica ou quem dá sustentação ao seu governo. A desculpa do presidente da República era que ele não tinha sustentação. Hoje tudo o que ele manda para o Congresso é aprovado, mas não vamos aceitar caminhar com essas loucuras ideológicas. Parece que o recado em relação à prisão daquele deputado [Daniel Silveira] não foi suficiente” — disse o deputado.

Ontem, o próprio Arthur Lira já tinha mandado um forte recado ao presidente da República, chegando a falar em “remédios fatais”.

“Os remédios políticos no parlamento são conhecidos e são todos amargos. Alguns fatais, muitas vezes são aplicados quando a espiral de erros se torna uma escala geometricamente incontrolável” — disse o presidente da Câmara.

Outro que se manifestou contra a gestão do ministro de Relações Exteriores foi o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco. “Muito além da personificação, o que se tem que mudar é a política externa” — disse Pacheco.

× Como posso te ajudar?