segunda-feira, novembro 29Notícias Importantes
Shadow

Venezuela

Polícias de Nicolás Maduro mataram 2.853 pessoas em 2020

Polícias de Nicolás Maduro mataram 2.853 pessoas em 2020

Direitos Humanos, Mundo, Notícias, Venezuela
Ao menos 2.853 pessoas teriam sido mortas pelas diferentes corporações armadas do Estado venezuelano ao longo de 2020, denunciou nesta terça-feira, 9, a ONG Programa Venezuelano de Educação-Ação em Direitos Humanos (Provea). A corporação apontada como responsável por mais mortes é a Polícia Nacional Bolivariana (PNB), principalmente por meio do grupo de elite das Forças de Ações Especiais (Faes), cuja dissolução foi solicitada pelo Escritório da Alta Comissária das Nações Unidas para os Direitos Humanos, segundo comunicado da Provea. “A PNB foi responsável por 672 assassinatos, o que representa 23,5% do total”, destaca a ONG, que coleta esses dados como parte da iniciativa “Lupa pela Vida”, um projeto de investigação e divulgação do impacto da violência policial e militar, focado nas execu...
Em dificuldade, Maduro volta a cobrar por serviços públicos

Em dificuldade, Maduro volta a cobrar por serviços públicos

Mundo, Nicolás Maduro, Notícias, Venezuela
O ditador da Venezuela, Nicolás Maduro, determinou que serviços públicos serão pagos. Na segunda-feira 1°, o regime passou a cobrar US$ 0,01 por viagem no metrô de Caracas, capital do país, depois de dois anos de isenção. A iniciativa faz parte do plano do governo de aumentar progressivamente as tarifas de programas sociais — alguns deles “gratuitos” há anos. Houve duas tentativas de aumentar o custo da passagem do transporte subterrâneo, porém, os preços fixados foram engolidos pela hiperinflação e pela desvalorização diária da moeda venezuelana frente ao dólar. Agora, o metrô, que continua a ser o meio de transporte mais barato do país, começou a vender os chamados cartões inteligentes, em que os usuários terão as primeiras 20 viagens por 900 mil bolívares (US$ 0,50). Uma vez esgotado o ...
Ao explicar que Venezuela é ‘tirania de direita’, Barroso diz que Putin ajudou eleger Trump

Ao explicar que Venezuela é ‘tirania de direita’, Barroso diz que Putin ajudou eleger Trump

Barroso, EUA, Política, Putin, Rússsia, Venezuela
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 1 Durante o programa “Manhattan Connection”, da TV Cultura desta quarta-feira (24), o ministro Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso, explicou a afirmação que causou polêmica,  sobre a Venezuela ser uma ‘tirania de direita‘. Em sua argumentação, o ministro da Corte acusou a Rússia de interferir nas eleições americanas de 2016, para favorecer Donald Trump. “Nós tínhamos um coronel  latino-americano golpista, que instituiu um sistema fundado na cooptação e na corrupção das Forças Armadas, que hoje é sustentando pela Rússia de Putin, que trabalhou para impedir a ascensão de Hillary Clinton, e colocar Donald Trump no poder”, disse o ministro do STF em entrevista. CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 2 Ainda segundo o ministro, sua visão de bo...
“Tem que fechar o STF”; “Tinha que tirar todos os poderes do Supremo” — disseram líderes petistas

“Tem que fechar o STF”; “Tinha que tirar todos os poderes do Supremo” — disseram líderes petistas

Bolsonaro, Brasil, Daniel Silveira, Notícias, Política, STF, Suprema corte, Supremo, Venezuela
O mundo político foi completamente agitado nesta semana após o deputado federal Daniel Silveira ser preso por determinação do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (21). A decisão de Moraes foi referendada pelo plenário da Suprema Corte e confirmada, logo em seguida, pelo plenário da Câmara dos Deputados. Nada disso seria possível se não fosse a posição adotada pela Oposição, composta por muitos defensores de ditaduras como a cubana. Inúmeros deputados do PSOL, do PCdoB, da Rede e do PT, por exemplo, acusaram Daniel Silveira de atentado à “democracia” e trabalharam ardentemente pela manutenção do parlamentar atrás das grades. Dentre esses partidos, o que mais merece destaque é o PT, que detém a maior bancada da Câmara. Segundo o portal Poder360, mais de 98% dos d...
Inflação na Venezuela fechou 2020 em quase 3.000%

Inflação na Venezuela fechou 2020 em quase 3.000%

Inflação, Nicolás Maduro, Notícias, Venezuela
A Venezuela fechou 2020 com uma inflação acumulada de 2.959%, segundo dados divulgados ontem, quinta-feira 11, pelo Banco Central do país (BCV). A inflação reconhecida pelo BCV, de linha pró-governo, encontra-se abaixo das estimativas do antigo Parlamento da oposição eleito em 2015, que desde 2017 publicava o seu próprio índice de inflação devido ao atraso na publicação dos números oficiais. Em dezembro de 2020, fixou o índice de janeiro a novembro em 3.045%. O BCV informou ainda que a variação de preços, em meio a um ciclo hiperinflacionário, foi de 46,6% em janeiro, uma queda em relação a dezembro passado, que fechou em 77,5%. Os últimos dados oficiais atualizados mostram uma inflação acumulada entre janeiro e setembro de 844%. A Venezuela, atolada na pior crise de sua história moderna e...
Ditador da Venezuela apresenta “gotas milagrosas” que “neutraliza 100% o coronavírus”

Ditador da Venezuela apresenta “gotas milagrosas” que “neutraliza 100% o coronavírus”

ATUALIDADES, Nicolás Maduro, Notícias, Política, Venezuela
Neste domingo (24), o ditador da Venezuela, Nicolás Maduro, apresentou ao mundo um suposto medicamento que, segundo ele, tem eficácia de 100% contra o novo vírus. Em anúncio realizada em rede nacional, na Venezuela, o ditador descreveu o suposto medicamento como “gotas milagrosas”. De acordo com o ditador venezuelano, o “milagroso remédio” seria de fabricação local. No entanto, não existe estudo publicado na literatura científica sobre o composto, batizado de carvativir. Maduro não demonstrou qualquer evidência da eficácia das “gotas” e também não divulgou quem seriam os cientistas responsáveis pela descoberta ou detalhes sobre o tipo do medicamento. “Fizemos experimentos massivos com todos os pacientes que estavam no Poliedro de Caracas, no Hospital de Coche. O carvativir, as gotinhas...
Empresa vai importar oxigênio da Venezuela para abastecer Manaus

Empresa vai importar oxigênio da Venezuela para abastecer Manaus

Brasil, oxigênio, Venezuela
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE Em meio ao colapso da saúde pública em Manaus, a maior empresa fornecedora de oxigênio no estado, White Martins, disse, nesta quinta-feira (14), que identificou estoques de oxigênio na Venezuela. A empresa diz que a demanda de oxigênio aumentou cinco vezes nos últimos 15 dias, alcançando um volume de 70 mil metros cúbicos por dia.Veja a nota da White Martins: Em virtude da escalada sem precedentes da pandemia de COVID-19 no estado do Amazonas e da situação de calamidade pública em Manaus, a White Martins tem mobilizado todos os esforços para suprir a demanda exponencial de oxigênio, que já aumentou cinco vezes nos últimos 15 dias, alcançando um volume de 70 mil metros cúbicos por dia. Esse consumo equivale a quase o triplo da capacidade nominal de produção d...
OEA não reconhece eleições na Venezuela

OEA não reconhece eleições na Venezuela

Destaque, Eleições, Mundo, Nicolás Maduro, Notícias, Venezuela
Antes, a União Europeia já havia rechaçado o resultado do pleito, assim como outros 50 países Nicolás Maduro disse que sairia do poder, caso oposição vencesse eleições parlamentares | Foto: Flickr A Organização dos Estados Americanos (OEA) aprovou uma resolução nesta quarta-feira, 9, na qual não reconhece o resultado das eleições parlamentares na Venezuela e acusa Nicolás Maduro de estar consolidando uma ditadura no país por meio de seu “regime ilegítimo”. O texto determina que a organização deve “rechaçar as eleições fraudulentas realizadas pela Venezuela em 6 de dezembro de 2020 e não reconhecer os resultados, por não terem sido livres, nem feitas em conformidade com as condições estabelecidas no direito internacional”. O projeto de resolução obteve 21 votos a favor, três a mais do que ...
Brasil e 15 países questionam legitimidade de eleições na Venezuela

Brasil e 15 países questionam legitimidade de eleições na Venezuela

Mundo, Nicolás Maduro, Notícias, Venezuela
As eleições parlamentares da Venezuela, realizadas neste domingo, carecem de legalidade e legitimidade e aconteceram sem garantias mínimas de um processo democrático, afirmaram nesta segunda-feira, em nota, os governos do Brasil e de outros 15 países, originalmente organizados no chamado Grupo de Lima. De acordo com o texto, assinado por Brasil, Canadá, Chile, Colômbia, Costa Rica, Equador, El Salvador, Guatemala, Guiana, Haiti, Honduras, Panamá, Paraguai, Peru, República Dominicana e Santa Lúcia, as eleições venezuelanas não tiveram garantia “de liberdade, segurança e transparência” e aconteceram “sem integridade dos votos, participação de todas as forças políticas ou observação internacional”. “Exortamos a comunidade internacional a se unir na rejeição a essas eleições fraudulentas...
União Europeia rejeita resultado das eleições na Venezuela

União Europeia rejeita resultado das eleições na Venezuela

Política, União Europeia, Venezuela
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE A União Europeia disse nesta segunda-feira (7) que não considera a eleição parlamentar da Venezuela no domingo como livre ou justa e rejeitou o resultado, conclamando o presidente Nicolas Maduro a traçar um caminho para a reconciliação nacional.“Os resultados não podem ser reconhecidos pela União Europeia”, disse o principal diplomata da UE, Josep Borrell, em uma coletiva de imprensa, lendo uma declaração conjunta dos ministros das Relações Exteriores da UE que endossaram uma posição formal rejeitando o resultado da votação. CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE O conselho eleitoral da Venezuela disse que 67,6% dos 5,2 milhões de votos expressos na eleição de domingo foram para uma aliança de partidos que apoiam Maduro, mas que apenas 31% dos eleitores elegíveis p...
× Como posso te ajudar?