sexta-feira, setembro 24Notícias Importantes
Shadow

Sputnik V

Paes diz que Rio negocia compra de 8 milhões de doses da Sputnik V

Paes diz que Rio negocia compra de 8 milhões de doses da Sputnik V

Brasil, Covid-19, Eduardo Paes, Notícias, Sputnik V, vacina russa
O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (DEM), anunciou na sexta-feira 2 que negocia a compra de 8 milhões de doses da vacina russa Sputnik V. Segundo ele, já há um “memorando de entendimento” com o consórcio formado por governadores do Nordeste para a aquisição dos imunizantes. “Temos um pacto já firmado para a aquisição de 8 milhões de doses. É um esforço para que a gente possa acelerar o processo de vacinação”, afirmou Paes. Leia mais: “Nove Estados pedem à Anvisa liberação para importar Sputnik V” Como noticiamos, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recebeu na quinta-feira 1º o pedido de nove Estados brasileiros para a liberação excepcional da possibilidade de importação da vacina russa. Bahia, Acre, Rio Grande do Norte, Maranhão, Mato Grosso, Piauí, Ceará, Pernambuc...
Anvisa alega falta de documentos e suspende prazo de análise da Sputnik V

Anvisa alega falta de documentos e suspende prazo de análise da Sputnik V

Anvisa, Brasil, Mundo, Notícias, Rússia, Sputnik V, vacina
A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) informou ontem, sábado 27, a suspensão do prazo de análise de pedido de uso emergencial da vacina contra covid-19 Sputnik V, desenvolvida na Rússia, por falta de apresentação de dados solicitados pela reguladora. O órgão regulador diz que, apesar da suspensão, continua a análise das demais informações entregues pela União Química. Com a decisão, o prazo inicial, de sete dias, é interrompido e só volta a contar com a complementação da documentação pela empresa. Na sexta-feira 26, a União Química, que será responsável por fabricar a Sputnik no Brasil, e o Fundo Soberano da Rússia fizeram novo pedido à Anvisa de uso emergencial. Em janeiro, a agência devolveu uma primeira solicitação de mesmo teor, sob alegação de que não recebeu dados mínim...
Pazuello vai comprar vacinas negociadas por governadores do Nordeste

Pazuello vai comprar vacinas negociadas por governadores do Nordeste

Anvisa, Eduardo Pazuello, Ministério da Saúde, Notícias, Política, Sputnik V
O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, vai comprar 37 milhões de doses da vacina russa Sputnik V que estão sendo negociadas pelo consórcio de governadores do Nordeste. Em encontro neste sábado, ficou definido que os imunizantes contra a covid-19 serão incorporados ao Plano Nacional de Imunização. A aquisição é fruto da articulação entre o Consórcio Nordeste e o Fundo Soberano Russo, responsável pela venda do imunizante desenvolvido pelo Instituto Gamaleya. A vacina ainda não foi submetida à Anvisa. Leia mais: “Anvisa: Empresas devem informar semanalmente estoque de oxigênio” Segundo cronograma acordado com a fornecedora russa, os imunizantes serão entregues em lotes, sendo 2 milhões de doses em abril, 5 milhões em maio, 10 milhões em junho e 20 milhões em julho. O SUS ficará responsáv...
Saúde anuncia compra de 10 milhões de doses da Sputnik V

Saúde anuncia compra de 10 milhões de doses da Sputnik V

Ministério da Saúde, Notícias, Política, Rússia, Sputnik V
O Ministério da Saúde assinou nesta sexta-feira, 12, contrato para a compra de 10 milhões de doses da vacina Sputnik V, desenvolvida pelo instituto russo Gamaleya. Os imunizantes virão da Rússia e serão importados pelo laboratório brasileiro União Química. O cronograma incialmente previsto de entregas indica a possibilidade de chegada ao Brasil de 400 mil doses até o final de abril, 2 milhões no fim de maio e 7,6 milhões em junho. A vacina ainda precisa ser avaliada pela Anvisa. Leia mais: “Anvisa aprova primeiro medicamento contra a covid-19” Pelas redes sociais, o ministério disse que a União Química informou que pretende fabricar vacinas em plantas que possui em São Paulo e no Distrito Federal, para atender a demanda nacional. “A possibilidade que será avaliada pela Saúde nas próxi...
Nordeste encomenda 25 milhões de doses da vacina Sputnik V

Nordeste encomenda 25 milhões de doses da vacina Sputnik V

Brasil, coronavírus, Notícias, Rússia, Sputnik V
Nove Estados do Nordeste, liderados pela Bahia, acertaram os termos de compra de 25 milhões de doses da vacina russa Sputnik V. Resta, agora, a assinatura do contrato com o Fundo Soberano Russo, que desenvolveu e distribui o produto. Essas doses seriam importadas da Rússia. Em tese, chegariam a partir de abril e seriam todas entregues até julho — um laboratório brasileiro, União Química, também produzirá o imunizante, o que será objeto de outro contrato com os governadores. Segundo o governador Wellington Dias (PT-PI), as doses da Sputnik V serão entregues para o Programa Nacional de Imunização. Alguns governadores de fora do Nordeste, porém, pensam em usar doses em seus próprios Estados caso o governo federal não consiga cumprir seus prazos de vacinação. O problema, no entanto, é que a va...
Anvisa vai vistoriar fábricas da Covaxin e da Sputnik V em março

Anvisa vai vistoriar fábricas da Covaxin e da Sputnik V em março

Anvisa, Brasil, coronavírus, Covaxin, Notícias, Sputnik V
A Anvisa vai inspecionar no início de março as fábricas de mais duas vacinas contra a covid-19 que são candidatas a serem utilizadas no Brasil: Covaxin e Sputnik V. As indústrias ficam na Índia e em Guarulhos (SP), respectivamente. Nenhum dos imunizantes possui autorização de uso emergencial ou registro definitivo no país. As vistorias fazem parte do processo para que a agência dê sinal verde para o uso dos imunizantes. Se as fábricas estiverem dentro do padrão esperado, receberão o Certificado de Boas Práticas de Fabricação (CBPF). Leia mais: “Há 5 meses da Olímpiada, Japão aprova 1ª vacina contra a covid-19” A viagens dos técnicos da Anvisa para a Índia deve acontecer entre os dias 1 e 5 de março. A União Química, responsável pela vacina Sputnik V no Brasil, solicitou a certificação...
Lewandowski dá 5 dias para União Química se manifestar sobre produção da Sputnik V

Lewandowski dá 5 dias para União Química se manifestar sobre produção da Sputnik V

coronavírus, Lewandowski, Lewandowski União Química Sputnik V, Sputnik V, STF, União Química
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 1 O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Ricardo Lewandowski deu cinco dias para que a empresa União Química se manifeste sobre o desenvolvimento e produção da vacina Sputnik V no Brasil.  As informações devem ser as mesmas prestadas pela Anvisa quanto ao seu pedido de “autorização de uso emergencial”, em “caráter experimental” do referido imunizante.  CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 2 Há quase um mês a companhia brasileira União Química, responsável pela produção da vacina russa contra a Covid-19 na América Latina, apresentou à Anvisa um pedido para dar início à terceira fase de testes clínicos no Brasil, mas até hoje ainda não teve a aprovação dos estudos por falta de informações sobre o imunizante.  No pedido de es...
Laboratório não encaminhou dados da vacina Sputnik V, informa Anvisa

Laboratório não encaminhou dados da vacina Sputnik V, informa Anvisa

Brasil, coronavírus, Notícias, Sputnik V, vacina
Sputnik V é uma das vacinas produzidas contra a covid-19 | Foto: Adriana Toffetti/A7 Press/Estadão Conteúdo Após uma reunião com representantes da farmacêutica União Química realizada nesta quinta-feira, 21, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) reiterou que a empresa ainda não tem condições de submeter a vacina contra a covid-19 Sputnik V ao processo de uso emergencial. Em nota, a agência reguladora afirma que “não houve pedido de uso emergencial e não foram apresentados documentos novos para a autorização de pesquisa no Brasil” durante o encontro. Segundo o órgão, esse tipo de modalidade requer que a vacina esteja em testes clínicos de fase 3 no Brasil, o que não é o caso até o momento. A União Química firmou uma parceria com o Fundo Russo de Investimento Direto (RDIF), det...
Rússia: Dados adicionais da Sputnik V serão enviados “em breve”

Rússia: Dados adicionais da Sputnik V serão enviados “em breve”

Anvisa, destaques, Sputnik V, vacina
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE Neste domingo (17), o Fundo Russo de Investimento Direto (RDIF, na sigla em inglês), disse que que irá enviar “em breve” à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) dados adicionais sobre a Sputnik V para buscar a aprovação do uso emergencial da vacina russa contra a Covid-19 no Brasil. Ontem, a Anvisa disse que os documentos entregues pelo laboratório União Química e o Fundo de Investimento da Rússia, responsáveis pela vacina Sputnik V, foram restituídos por não apresentarem requisitos mínimos. CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE “O pedido foi restituído à empresa por não atender os critérios mínimos, especialmente pela falta de autorização para a condução dos ensaios clínicos fase 3, a condução em andamento no país e questões relativas às boas práticas...
Farmacêutica pede à Anvisa uso emergencial da vacina russa Sputnik V no Brasil

Farmacêutica pede à Anvisa uso emergencial da vacina russa Sputnik V no Brasil

Anvisa, destaques, Sputnik V
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE Nesta sexta-feira (15), a União Química e o Fundo de Investimentos Diretos da Rússia (RDIF) comunicaram que protocolaram o pedido emergencial junto à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), para o uso de 10 milhões de doses do imunizante Sputnik V no Brasil. A justificativa é que o imunizante está sendo usada em outros países, e que teve uso aprovado. Diante desse cenário, segundo o fundo e a farmacêutica, não faria sentido a Anvisa recusar o uso emergencial. CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE “Conforme entendimentos com o RDIF nesta semana em Moscou (Rússia), serão disponibilizadas para o Brasil, ainda no primeiro trimestre de 2021, 10 milhões de doses da vacina Sputnik V, objeto do referido pedido de uso temporário emergencial do imunizante”, disse...
× Como posso te ajudar?