domingo, maio 29Notícias Importantes
Shadow

Operação Lava Jato

Lava Jato: Petrobras recebe R$232,6 milhões após acordo de leniência da Vitol

Lava Jato: Petrobras recebe R$232,6 milhões após acordo de leniência da Vitol

lava jato, Operação Lava Jato, Petrobras, Petrobras Vitol, Vitol
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE A Petrobras recebeu 232,6 milhões de reais referentes a acordo de leniência assinado entre a trading Vitol e o Ministério Público Federal no início do mês, informou a petroleira na noite de terça-feira. Com isso, o total de recursos devolvidos para a estatal em decorrência de acordos de colaboração, leniência e repatriações, no âmbito da operação Lava Jato, ultrapassa 4,8 bilhões de reais. CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE A Vitol opera na compra e venda de petróleo e derivados no mercado externo e foi um dos alvos da 57ª fase da Operação Lava Jato, deflagrada em 5 de dezembro de 2018. O acordo foi homologado em 18 de dezembro pela Câmara de Combate à Corrupção do MPF. “A Petrobras reafirma o seu compromisso de adotar as medidas cabíveis, em busca do adequado ...
Lava Jato denuncia doleiro solto por Gilmar Mendes por lavagem de US$ 11 milhões

Lava Jato denuncia doleiro solto por Gilmar Mendes por lavagem de US$ 11 milhões

doleiro, Gilmar Mendes, lava jato, Lava Jato doleiro Gilmar Mendes, Operação Lava Jato, Política
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE Nesta terça-feira (22), a Lava Jato do Rio de Janeiro denunciou o doleiro Chaaya Moghrabi e mais dez pessoas acusadas de atuarem em esquema para ocultar e dissimular a origem de US$ 11 milhões em contas na Suíça. Moghrabi já foi alvo de três pedidos de prisão preventiva decretados pela 7ª Vara Federal Criminal do RJ, mas foi beneficiado nas três ocasiões por decisões do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes mandando soltá-lo — a mais recente delas neste domingo (20). CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE Um dos principais doleiros do país, Moghrabi é acusado de utilizar uma rede familiar para dissimular operações no exterior. Alvo de busca e apreensão na Operação “Câmbio, Desligo”, o doleiro tentou atrapalhar a operação da PF e entregou à políc...
União recupera R$ 1,1 bi com acordos e cobranças judiciais

União recupera R$ 1,1 bi com acordos e cobranças judiciais

Destaque, Ministério Público, Notícias, Operação Lava Jato
Levantamento da AGU revela que mais de 40% do valor foi resgatado pela Operação Lava Jato Sede da Advocacia-Geral da União, em Brasília | Foto: Wesley Mcallister/Ascom/AGU A Advocacia-Geral da União (AGU) revelou que os acordos e as cobranças judiciais negociados pela Procuradoria-Geral da República já devolveram aos cofres públicos R$ 1,1 bilhão. A quantia é o dobro do que foi recuperado em 2019. Conforme os documentos, mais de 40% do montante foi resgatado pela Operação Lava Jato, que este ano ressarciu a União em R$ 459,5 milhões. Outra importância significativa listada pela AGU foi aquela paga pela concessionária Ferrovia Centro-Atlântica: R$ 265,5 milhões. Trata-se de uma forma de reparar os prejuízos causados pelo não cumprimento de cláusulas contratuais na exploração de serviços de...
Lava Jato: Polícia Federal cumpre mandados no RJ

Lava Jato: Polícia Federal cumpre mandados no RJ

Destaque, Ministério Público, Notícias, Operação Lava Jato, polícia federal, Rio de Janeiro
Força-tarefa da operação atua em parceria com equipes da Polícia Federal, da Receita e do Ministério Público Representantes da OAB acompanham a ação dos agentes | Foto: Divulgação/Agência Brasil Em operação conjunta na cidade do Rio de Janeiro, agentes da Polícia Federal, da Receita Federal e do Ministério Público Federal cumprem nesta quarta-feira, 18, 46 mandados de busca e apreensão em endereços residenciais e de pessoas jurídicas. A ação é coordenada por procuradores da força-tarefa da Lava Jato. Um dos alvos é um prédio residencial na Lagoa, bairro da zona sul da capital fluminense. Representantes da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) acompanham a operação. Leia também: “STJ rejeita pedido para reduzir pena de Lula” Em atualização *O espaço para comentários é destinado ao...
Lava Jato: Justiça condena empreiteira e executivos da Mendes Júnior por fraude em contratos bilionários com a Petrobras

Lava Jato: Justiça condena empreiteira e executivos da Mendes Júnior por fraude em contratos bilionários com a Petrobras

lava jato, MPF, Operação Lava Jato, Petrobras
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE A partir de ação de improbidade administrativa oferecida pelo Ministério Público Federal (MPF) no âmbito da operação Lava Jato, a 3ª Vara Federal de Curitiba condenou a Mendes Júnior Trading e Engenharia e os ex-executivos Alberto Elísio Vilaça Gomes e Sérgio Cunha Mendes pela prática de atos de improbidade administrativa decorrentes do pagamento de propina para o ex-diretor de Abastecimento da Petrobras, Paulo Roberto Costa. Ele foi primeiro delator da operação, em troca do favorecimento da empresa em cinco contratos de obras com a Petrobras. Na sentença, o juiz federal Marcus Holz estabeleceu como pena o ressarcimento integral, pelos réus, dos danos causados ao erário em quantia correspondente a 1% do valor dos contratos e aditivos firmados entre a em...
Ex-diretores da Petrobras são condenados por corrupção

Ex-diretores da Petrobras são condenados por corrupção

Destaque, Notícias, Operação Lava Jato, Petrobras
CVM pune Paulo Roberto Costa, Renato Duque, José Sérgio Gabrielli e Almir Barbassa Governo quer privatizar, mas há entraves legislativos e políticos | Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil Na terça-feira 3, a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) condenou quatro ex-integrantes da diretoria executiva da Petrobras. Conforme a Justiça, eles praticaram irregularidades na construção da refinaria Abreu e Lima (Rnest) e do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj). Os casos vieram à tona a partir dos trabalhados da Operação Lava Jato. Ao todo foram aplicados R$ 1,6 milhão em multas e penas contra os acusados. Os ex-diretores Paulo Roberto Costa (Abastecimento) e Renato Duque (Serviços) foram condenados por violação ao dever de lealdade em relação à companhia. Eles patrocinaram e...
Indicado ao STF, Kassio Nunes diz que ‘não tem nada contra’ a Operação Lava Jato

Indicado ao STF, Kassio Nunes diz que ‘não tem nada contra’ a Operação Lava Jato

Kassio Nunes, lava jato, Operação Lava Jato, Política, STF, Supremo, Supremo Tribunal Federal
O indicado pelo presidente Jair Bolsonaro ao STF, Kassio Nunes Marques, afirmou na manhã desta quarta-feira (21), durante sabatina na CCJ do Senado, ao comentar sobre a Lava Jato, que todo brasileiro “defende essa operação”. CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE Kassio disse ainda que, pessoalmente, “não tem nada contra”, mas, emendou: “O que acontece, pode acontecer em qualquer operação, em qualquer decisão, em qualquer esfera, se houver determinado ato e conduta… essas correções podem ser feitas. Nada é imutável”. De acordo com o desembargador do TRF-1, as “correções” precisam ser feitas quando há desrespeito às leis ou à Constituição. CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Tribunal rejeita pedido de indulto para ex-executivo da Odebrecht

Tribunal rejeita pedido de indulto para ex-executivo da Odebrecht

lava jato, Odebrecht, Operação Lava Jato
O TRF4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região) rejeitou na última quinta-feira (15) o pedido de induto do ex-executivo do Grupo Odebrecht Hilberto Mascarenhas Alves da Silva Filho. Ele foi condenado por lavagem de dinheiro durante a Operação Lava Jato.A decisão foi tomada pela maioria da 4ª Seção da Corte. Em seu recurso, os advogados de Mascarenhas solicitaram a decisão da 8ª Turma do TRF4 que, em junho, já havia negado a concessão do indulto ao executivo. A defesa do réu pediram a prevalência do voto que foi vencido naquele acórdão, para então reconsiderar, unicamente, a pena imposta em sede de sentença transitada em julgado, para fins de aplicação do indulto concedido pelo Decreto Presidencial 9.246/17. Porém, os magistrados decidiram manter o voto majoritário do acórdão, estabelecendo...
PGR recorre contra decisão de Gilmar que tirou investigação sobre Baldy da Lava Jato

PGR recorre contra decisão de Gilmar que tirou investigação sobre Baldy da Lava Jato

Alexandre Baldy, Gilmar Mendes, Operação Dardanários, Operação Lava Jato
A PGR (Procuradoria-Geral da República) recorreu contra decisão do ministro Gilmar Mendes, do STF (Supremo Tribunal Federal), que remeteu para a Justiça Eleitoral a ação penal da Lava Jato sobre propinas de R$ 2,5 milhões pagas a Alexandre Baldy, atual Secretário de Transportes Metropolitanos de São Paulo.O ministro usou como argumento o fato de que os repasses ilícitos seriam, na verdade, doações não contabilizadas de campanha, o chamado ‘caixa dois’. Com isso, a competência para julgar Baldy seria da Justiça Eleitoral de Goiás, e não do juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal do Rio. Em manifestação, a subprocuradora Lindôra Araújo destaca que as provas colhidas na investigação não tratam de crime eleitoral, e sim de corrupção. Segundo ela, Gilmar Mendes ‘colacion...
Lava Jato mira empresas de marketing em três Estados por caixa 2

Lava Jato mira empresas de marketing em três Estados por caixa 2

lava jato, Notícias, Operação Lava Jato
Desvios chegam a R$ 25 milhões e foram delatados pelos executivos da J&F Wesley e Joesley Batista Operação Marquetagem apura desvios de mais de R$ 25 milhões em três Estados e faz parte da Operação Lava Jato Eleitoral | Foto: Reprodução A Polícia Federal (PF) deflagrou nesta sexta-feira, 16, a Operação Marquetagem para investigar crimes relacionados a caixa dois de R$ 25 milhões delatado pelos pelos executivos da J&F Wesley e Joesley Batista. Os policiais cumprem 17 mandados de busca e apreensão nas cidades de Fortaleza, São Paulo e Salvador. Entre os alvos das medidas estão empresas de propaganda e marketing que teriam sido usadas para recebimento das propinas. De acordo com a PF, a quer provas sobre ‘condutas potencialmente ilícitas de agentes políticos e empresários envolvidos ...
× Como posso te ajudar?