sábado, junho 19Notícias Importantes
Shadow

Missões

PNA: Nggwahyi na Nigéria

PNA: Nggwahyi na Nigéria

Missões
Na Nigéria, os Hausas e Fulanis se fundiram para se tornar o povo mais poderoso da Nigéria. Povos menores, como o Nggwahyi, estão fundindo-se com eles, mas à medida que esse processo continua, o povo Nggwahyi corre o risco de perder sua própria língua e cultura. Os jovens preferem falar Hausa e inglês, que aprendem na escola. Nenhum recurso cristão está atualmente disponível na língua Nggwahyi. Obstáculos ao Ministério: Na maior parte do mundo muçulmano, povos como o Nggwahyi dependem do mundo espiritual para suas necessidades diárias, já que consideram Alá muito distante. Por essa razão, depositam sua fé em espíritos impuros. Com frequência usam feitiços e amuletos para ajudá-los a lidar com as forças espirituais que Cristo já conquistou. Ideias ao Ministério: Crentes pod...
PNA: Brahui no Paquistão

PNA: Brahui no Paquistão

Missões
Os Brahui já foram um povo poderoso, que levou várias tribos unidas a derrubarem uma dinastia de reis hindus. Por centenas de anos, os Brahui têm sido um povo nômade, pastoreando, movimentando seus rebanhos durante todo o ano. Com o tempo, os pastores se uniram em casas de pastoreio, conhecidas como khalks. Como seus caminhos nômades diminuíram com a formação de pequenas cidades e aldeias, os khalks colocaram seus rebanhos sob os cuidados de um pastor experiente. Isto libera outros para criar renda através da agricultura. Obstáculos ao Ministério: Como um povo nômade de uma terra árida, os Brahui são difíceis de serem acompanhados. Obreiros precisam adaptar-se fortemente ao estilo de vida Brahui. Além disso, suas crenças islâmicas não abrem espaço para um Salvador ressuscitado....
Vozes missionárias ressoando pela terra

Vozes missionárias ressoando pela terra

Missões
Por vezes, ouve-se alguém dizer que é preciso “dar voz à obra missionária” para despertar os cristãos e apressar a volta de Cristo. A expressão não é plausível, haja vista que a obra missionária não é novidade!! Não é criação de um grupo de pessoas na igreja que deseja sair da cidade, do estado ou do país para anunciar as boas novas de salvação em Cristo Jesus. O próprio Deus é missionário desde a criação. Quando criou o mundo e todos os seres, um de seus propósitos era ser glorificado. E para o homem, obra-prima da criação, ele planejou ser glorificado pelos povos em todos os tempos e em todo o mundo. Tudo foi criado com um propósito. Sim, desde o princípio Deus planejou que a salvação seria anunciada entre todos os povos. Isto está estampado em Gênesis 12, quando a promessa é feit...
Não queremos a sua ajuda

Não queremos a sua ajuda

Coluna, Missões
O tempo está passando e o paradigma tem persistido. Confesso que é difícil continuar ouvindo pessoas dizerem: “Nós ajudamos tal missionário todo mês”. Pior que isso é ouvir um missionário dizendo: “Tal igreja me ajuda há dois anos”. Mas por que eu disse “continuar ouvindo”? Há quase três décadas, aqui no Brasil, temos ensinado, por onde andamos, o modelo bíblico, ensinado pelo apóstolo Paulo, na carta escrita aos filipenses, em relação à parceria missionário-igreja: “Todavia, fizestes bem, associando-vos na minha tribulação. E sabeis vós, ó filipenses, que no início do evangelho, quando parti da Macedônia, nenhuma igreja se associou comigo, no tocante a dar e receber, senão unicamente vós outros”. Que princípio está embutido nas palavras do apóstolo? O verbo associar traz consigo u...
Travessia Missionária: junte-se à MEAP!

Travessia Missionária: junte-se à MEAP!

Brasil, Missões
TRAVESSIA MISSIONÁRIA: JUNTE-SE À MEAP! A MEAP (Missão Evangélica de Assistência aos Pescadores) é um ministério pioneiro, que se propõe a alcançar o segundo grupo menos evangelizado do nosso Brasil: os ribeirinhos. A organização é formada por líderes de diferentes denominações históricas, com o objetivo de atender as necessidades das comunidades de pescadores, tão isoladas na costa oceânica e nos rios do Brasil. ​ Junho é o mês da Travessia Missionária na MEAP. Um tempo em que são desenvolvidas várias ações de mobilização para estreitar o relacionamento entre o campo missionário e as igrejas locais, com o propósito de promover a expansão do Reino de Deus entre pescadores artesanais da costa brasileira e ribeirinhos da Amazônia. No ano em que a M...
PNA: Khang no Vietnã

PNA: Khang no Vietnã

Missões
Você já derrubou acidentalmente um líquido em seu nariz? De acordo com a Wikipédia, o povo indígena Khang, que vive nas florestas interiores do norte do Vietnã tem o costume de derramar bebidas pelo nariz. Os Khang vivem da agricultura e da criação de animais. Acreditam que os espíritos malignos podem trazer desastres para os vivos; portanto, esses espíritos devem ser apaziguados através de oferendas, rituais e amuletos. Obstáculos ao Ministério: A língua Khang tem apenas partes do Novo Testamento traduzidas. Menos de um por cento são seguidores de Jesus. A religião étnica está profundamente enraizada na identidade deste povo, tornando muito difícil para eles aceitarem um Salvador “estrangeiro”. Ideias ao Ministério: Crentes vietnamitas podem construir relações com os Khan...
Cumprindo a missão em meio ao sofrimento

Cumprindo a missão em meio ao sofrimento

Coluna, Missões
Os recentes conflitos envolvendo Israel e a Faixa de Gaza produziram muita apreensão aqui em nosso país de residência no Oriente Médio. Felizmente, os foguetes lançados pelo Hamas não têm poder de alcance suficiente para cruzar a fronteira e alcançar o nosso território. Contudo, em um país com uma população palestina estimada em mais de 60%, muita gente aqui viveu o conflito intensamente. Conviver em um cenário com mais um país vizinho em guerra, somado à Síria e ao Iraque, gerou também aflição entre a população. Afinal, estamos falando de um contexto historicamente complexo e que já abriga uma das maiores populações de refugiados do planeta. O fato é que os recentes conflitos no Oriente Médio vieram reafirmar que vivemos em um mundo que padece de muitos males. Desse modo, desenvolv...
PNA: Maninka Oriental no Senegal

PNA: Maninka Oriental no Senegal

Missões
Antigamente um povo baseado no comércio, os Malinke se tornaram um povo altamente influente, assumindo posições de comerciantes e líderes poderosos, tanto em espaços cívicos como religiosos. As raízes da grandeza e expansão dos Malinke podem ser traçadas desde o outrora grande Império Mali e a independência que Malinke conquistou em 1235. Muitos estados e reinos Malinke foram estabelecidos ao migrarem, e muitos se estabeleceram no Senegal. Os Malinke são agricultores, embora também cacem e criem gado. Suas casas são agrupadas em núcleos de acordo com os laços familiares, mas as tendências recentes enfraqueceram ligeiramente a unidade familiar ampliada. Embora sejam islâmicos, mantiveram muitas de suas crenças tradicionais e, com frequência, consultam homens santos para cura ou visão...
Você conhece o movimento PERSPECTIVAS?

Você conhece o movimento PERSPECTIVAS?

Coluna, Missões
Você conhece o movimento PERSPECTIVAS? Perspectivas é um movimento interdenominacional, criado nos Estados Unidos em 1974, e presente em vários países, para unir cristãos no propósito de mobilizar, conscientizar e engajar na tarefa de glorificar a Deus entre todos os povos. Chegou ao Brasil em 2009 e, desde então, ofertado a milhares de cristãos (líderes e vocacionados) uma “perspectiva abrangente sobre a missão da Igreja”. Perspectivas não é agência missionária, é um curso estruturado em quatro eixos de missões – bíblica, histórica, cultural e estratégica – com conteúdo rico, diverso e abrangente para despertar o participante em uma atividade mais profícua e consciente de seu papel na obra do Mestre. O curso será ministrado no segundo semestre do ano 2021, de agosto a dezembro...
PNAs: Os não alcançados

PNAs: Os não alcançados

Missões, Notícias
Em Mateus 5.14 encontramos a seguinte afirmação feita por Jesus: “Vocês são a luz do mundo”. A seguir, ele explica que não faria sentido ascender uma luz se não fosse para iluminar. Aqui o Mestre abre nossos olhos para uma reflexão que é essencial. Parece óbvio que queremos iluminar um ambiente ou qualquer outra coisa ascendendo uma luz. Quando a luz ilumina, não é porque queremos ficar olhando para ela, mas porque queremos “enxergar” e “alcançar” o que está ao redor. Com esse paralelo feito por Jesus, será que temos brilhado como deveríamos? A Igreja recebeu a ordem de ir por todo o mundo e fazer discípulos de todos os povos (Mateus 28.19). Porém, atualmente 2 em cada 5 pessoas em todo o mundo nunca ouviram falar sobre Jesus. De acordo com o Projeto Joshua, existem aproximadam...
× Como posso te ajudar?