sexta-feira, setembro 24Notícias Importantes
Shadow

lava jato

Deltan critica postura de Aras sobre Lava Jato

Deltan critica postura de Aras sobre Lava Jato

Deltan Dallagnol, lava jato, Notícias
Em entrevista ao Estadão, o procurador Deltan Dallagnol afirmou que o procurador-geral da República, Augusto Aras, tem uma postura “equivocada” em relação às forças-tarefa. Deltan deixou o grupo da Lava Jato em Curitiba na última terça-feira.Leia mais:Onde está a maior ameaça à Lava Jato? No Congresso, no Supremo ou na PGR?Decisões dessas três esferas podem ter impactos tremendos na operação e, mais importante, no futuro da luta contra a corrupção. No momento, a questão central é a prorrogação da força-tarefa, que precisa ser decidida até dia 9.Augusto Aras quer acabar com a Lava Jato? Por quê?Tenho o maior respeito pelo procurador-geral, mas a postura dele em relação às forças-tarefa está equivocada. Elas são modelos de atuação no Brasil e no mundo. É algo a ser mantido, expandido e repli...
Lava Jato só ganhou força graças ao STF, diz presidente da Corte

Lava Jato só ganhou força graças ao STF, diz presidente da Corte

lava jato, Notícias, Operação Lava Jato, STF
Dias Toffoli garante que o Supremo Tribunal Federal deu poderes ao Ministério Público Dias Toffoli: elogio ao STF em relação à Lava Jato | Foto: ROSINEI COUTINHO/STF A Lava Jato não existiria sem o Supremo Tribunal Federal (STF). É o que garante o presidente da Corte, Dias Toffoli. Ao realizar coletiva a manhã de hoje no Distrito Federal, o magistrado colocou o Judiciário como parceiro da operação de combate à corrupção. Leia mais: “Quem vai mandar na Lava Jato?” Prestes a deixar o comando do STF, que terá a partir da próxima quinta-feira, 10, Luiz Fux como presidente, Toffoli credita o sucesso da Lava Jato à formulação de determinadas leis. Nesse sentido, citou as leis de transparência, lavagem de dinheiro e colaboração (delação) premiada. Afirmou, inclusive, que ajudou em algumas inicia...
CNMP proíbe distribuição automática de processos da Lava-Jato no STJ para força-tarefa

CNMP proíbe distribuição automática de processos da Lava-Jato no STJ para força-tarefa

Justiça, lava jato, Notícias
BRASÍLIA – O conselheiro Marcelo Weitzel, do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), proferiu uma decisão liminar nesta quarta-feira proibindo que processos da Lava-Jato no Superior Tribunal de Justiça (STJ) sejam distribuídos automaticamente para uma força-tarefa de subprocuradores-gerais da República que atua nos recursos da operação perante o tribunal. A decisão foi tomada depois de um ofício do procurador-geral da República Augusto Aras, que prestou informações sobre a distribuição de processos da Lava-Jato no STJ, após um pedido de esclarecimentos feito pelo conselheiro .Leia mais:Segundo a decisão liminar do conselheiro, todos os processos da Lava-Jato no STJ devem ser distribuídos apenas para a subprocuradora-geral da República Áurea Maria Etelvina, que é a procuradora natur...
Em SP, procuradores da Lava-Jato pedem demissão coletiva

Em SP, procuradores da Lava-Jato pedem demissão coletiva

Justiça, lava jato, Notícias
SÃO PAULO — Sete integrantes da força-tarefa da Lava Jato em São Paulo pediram desligamento nos trabalhos da operação ao procurador-geral da República, Augusto Aras.No documento, os procuradores afirmam haver “incompatibilidades insolúveis” com a procuradora natural dos casos da Lava Jato, Viviane de Oliveira Martinez, que assumiu o posto em março e era a chefe dos demais procuradores.No entanto, os demais membros afirmam que Viviane não quis atuar nos casos da Lava-Jato e deixou a coordenação do grupo sob a tutela da procuradora Janice Ascari, que, na prática, passou a ser a responsável pelas investigações.Em ofício à PGR, os procuradores afirmam que Viviane teria se omitido de suas atribuições e nunca participou de qualquer audiência judicial da força-tarefa, tampouco de um único despach...
STF dá 48 horas para juiz da Lava Jato permitir acesso de Lula ao acordo de leniência da Odebrecht

STF dá 48 horas para juiz da Lava Jato permitir acesso de Lula ao acordo de leniência da Odebrecht

Justiça, lava jato, lula, Odebrecht, STF
O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), ordenou nesta quarta, 2, que a 13ª Vara Federal de Curitiba libere acesso ao acordo de leniência da Odebrecht à defesa do ex-presidente Lula, conforme determinado pela Corte no início de agosto. A decisão engloba todos os documentos que citam o petista e embasam a ação penal que mira o Instituto Lula, ainda não julgado pela primeira instância. O ministro também determinou que os prazos para as alegações finais, manifestações que precedem a sentença, não sejam abertos enquanto o mérito da reclamação de Lula não for julgado pelo STF. Os advogados de Lula apresentaram reclamação ao Supremo após a 13ª Vara Federal deferir despacho pedindo manifestação do Ministério Público Federal e da própria Odebrecht antes de liberar os anex...
Subprocuradora renova força-tarefa da Lava Jato

Subprocuradora renova força-tarefa da Lava Jato

lava jato, Notícias
Decisão tomada de modo monocrático tem caráter liminar Força-tarefa da Operação Lava Jato tem vitória, ao menos momentânea, no Ministério Público Federal em Brasília | Foto: ARQUIVO/AGÊNCIA BRASIL A força-tarefa da Operação Lato no Paraná obteve uma vitória na noite desta terça-feira, 1º, no Ministério Público Federal. Vitória por ora parcial. Isso porque a subprocuradora Maria Caetana Cintra dos Santos decidiu renovar os trabalhos do grupo. Mas o parecer dela tem caráter liminar. Leia mais: “Quem é o novo coordenador da força-tarefa da Lava Jato?” A decisão de Maria Caetana prorroga a força-tarefa da Lava em Curitiba por mais 12 meses. Ela, no entanto, destacou que o tema precisa ser validado pelo Conselho Superior do Ministério Público Federal (CSMPF). O órgão é o mesmo que pediu a reno...
Deltan Dallagnol deixa a Operação Lava Jato

Deltan Dallagnol deixa a Operação Lava Jato

Deltan, Deltan Dallagnol, destaques, lava jato, Operação Lava Jato, Política
O coordenador da Operação Lava Jato em Curitiba, o procurador do Ministério Público Federal (MPF), Deltan Dallagnol, vai deixar a força-tarefa, segundo o MPF. “Após 6 anos à frente da Lava Jato no Paraná, o procurador da República Deltan Dallagnol está se desligando da força-tarefa para se dedicar a questões de saúde em sua família”, informou o MPF nesta terça-feira (1º) por meio de nota. Deltan Dallagnol assinou diversas denúncias da Operação Lava Jato, contra empresários e políticos. Entre essas denúncias, estão as que acusaram o ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva (PT). A estrutura da força-tarefa da Lava Jato no Paraná foi criada em abril de 2014, um mês após a primeira operação ter sido deflagrada. Desde então, segundo o documento enviado à Procuradoria-Geral da República (PGR)...
Deltan Dallagnol vai deixar comando da Operação Lava Jato

Deltan Dallagnol vai deixar comando da Operação Lava Jato

Dallagnol, Deltan, Deltan Dallagnol, lava jato, Operação Lava Jato, Política
O coordenador da Operação Lava Jato em Curitiba, Deltan Dallagnol, vai deixar o comando da força-tarefa nos próximos dias. A informação é da CNN Brasil. Segundo a emissora, o motivo, confirmado por fontes ligadas à operação, seria um problema de saúde de sua filha. Nos últimos meses houve conflito entre a PGR (Procuradoria-Geral da República) e Lava Jato, que envolveu até agora troca de acusações e uma investigação da Corregedoria do MPF (Ministério Público Federal). A crise foi desencadeada por uma visita da subprocuradora Lindôra Araújo à Lava Jato do Paraná, no final do mês de junho. Ainda no mês de setembro, o procurador-geral Augusto Aras decidirá se prorroga ou se deixa que a Lava Jato do Paraná seja desfeita.
× Como posso te ajudar?