sábado, maio 18Notícias Importantes
Shadow

Damares Alves

Damares Alves: “Daqui a pouco, quem vai vacinar o mundo será o Brasil”

Damares Alves: “Daqui a pouco, quem vai vacinar o mundo será o Brasil”

Bolsonaro, Damares Alves, Notícias, Política, vacinação
A ministra Damares Alves foi questionada nesta sexta-feira (12) sobre um suposto atraso na vacinação no Brasil. “O que está havendo é muito barulho. ‘Ah, mas o cronograma de vacina deu errado’. Temos muitos países com dificuldade para vacinar. Acredito que a gente vai dar um show” — respondeu a ministra. “Além de a gente estar comprando, o Brasil está desenvolvendo vacinas próprias. O Ministério da Ciência e Tecnologia está investindo em vacinas. Daqui a pouco, quem vai vacinar o mundo será o Brasil” — concluiu.
‘O legado do governo Dilma é o retrocesso’, afirma Damares Alves

‘O legado do governo Dilma é o retrocesso’, afirma Damares Alves

Damares Alves, Direitos Humanos, Notícias, Política
A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, disse nesta segunda-feira, 8, que o governo da ex-presidente Dilma Rousseff legou ao Brasil apenas retrocessos. A declaração da ministra foi feita durante entrevista concedida ao programa Os Pingos nos Is, da rádio Jovem Pan. “Foi um governo cheio de problemas. Nós tivemos retrocessos na economia, na área social. Este foi o legado que ela [Dilma] deixou: retrocesso.” Ainda no mesmo programa, em que foi entrevistada por Augusto Nunes e Guilherme Fiuza, colunistas da Revista Oeste, Damares Alves destacou a Operação Resguardo, que apura crimes relacionados à violência contra a mulher. “A operação começou em 1º de janeiro e foi deflagrada hoje. Ao todo, nós prendemos 10.235 criminosos; instauramos 67 mil inquéritos; fizemo...
Damares anula anistia de 123 pessoas

Damares anula anistia de 123 pessoas

Damares Alves, Notícias, Política, Supremo Tribunal Federal (STF)
A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MDH), Damares Alves, anulou a anistia de 123 pessoas. Os casos se referem a benefícios concedidos a ex-cabos da Aeronáutica demitidos no regime militar (1964-1985). Segundo a pasta, o motivo é a “ausência de comprovação da existência de perseguição exclusivamente política no ato concessivo”. Os benefícios financeiros não precisam ser devolvidos. Além do cancelamento dos atos, o MDH rejeitou outros dois pedidos. A decisão de Damares consta no Diário Oficial da União, publicada na segunda-feira 22. Supremo A iniciativa ocorre depois de o Supremo Tribunal Federal autorizar a revisão dos pagamentos concedidos a 2,5 mil ex-cabos da Aeronáutica — eles recebiam indenizações sob o pretexto de terem sido perseguidos durante a ditadura. O...
Damares Alves e Ernesto Araújo discursam na ONU

Damares Alves e Ernesto Araújo discursam na ONU

Damares Alves, Ernesto Araújo, Política
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 1 Os ministros brasileiros Ernesto Araújo (Relações Exteriores) e Damares Alves (Família, Mulheres e Direitos Humanos) discursam na 46ª sessão do Conselho de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (ONU) nesta segunda-feira (22).Damares  apresentou os “planos de contingência” do governo que envolveriam saúde, proteção social e proteção econômica. A ministra afirmou que as prioridades têm sido os idosos, pessoas em situação de rua, pessoas com deficiência, famílias mais vulneráveis, além do povos tradicionais. CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 2 “Indígenas, quilombolas e povos isolados foram beneficiados por mais de 700 mil cessar básicas para que se mantivessem em suas localizados, longe de áreas de contaminação”, disse Damares no evento.&...
Damares anuncia Plano de Enfrentamento ao Feminicídio para março

Damares anuncia Plano de Enfrentamento ao Feminicídio para março

Brasil, Damares Alves, Plano de Enfrentamento ao Feminicídio
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE 1 A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, falou no programa Brasil em Pauta na TV Brasil sobre as principais realizações da pasta no ano de 2021 e as previsões para este ano. Entre as novidades estão a intensificação do combate à violência contra a mulher, com a implantação do Plano de Enfrentamento ao Feminicídio, prevista para o início de março. De acordo com Damares Alves, só no ano passado, o Ligue 180 registrou aumento de 39% no número de denúncias de violência contra mulher. Segundo a ministra, também faz parte do combate à violência doméstica a ampliação da rede de Casas da Mulher Brasileira, lugar que reúne diversos serviços de proteção como delegacia, psicólogos e acolhimento para quem foi vítima d...
Damares Alves responde ameaças feitas por petistas e os desafia: “Quero que eles provem”

Damares Alves responde ameaças feitas por petistas e os desafia: “Quero que eles provem”

Bolsonaro, Damares Alves, Direitos Humanos, Notícias, Política
Nesta sexta-feira (12), a deputada federal Maria do Rosário (PT-RS), assim como alguns de seus pares, fez ameaças ao governo Bolsonaro por conta da iniciativa do Poder Executivo Federal em rever o Programa Nacional de Direitos Humanos (PNDH). A parlamentar afirmou que denunciará o governo do presidente Jair Bolsonaro à tribunais internacionais por conta de possíveis mudanças na política de Direitos Humanos no Brasil. “Vamos denunciar este governo genocida, que viola direitos básicos e que pretende extinguir o legado humanista duramente conquistado em nosso país. O Plano Nacional de Direitos Humanos é fruto da democracia participativa, conselhos e conferências. Não permitiremos retrocessos!” — esbravejou a parlamentar petista. A ministra Damares Alves, titular do Ministério da Mu...
Maria do Rosário faz ameaças a Bolsonaro e Damares: “Vamos denunciar este governo genocida”

Maria do Rosário faz ameaças a Bolsonaro e Damares: “Vamos denunciar este governo genocida”

Bolsonaro, Damares Alves, Direitos Humanos, Governo Bolsonaro, Notícias, Política
Em tom de ameaça, a deputada federal Maria do Rosário (PT-RS) anunciou nesta sexta-(12) feira que pretende levar o governo Bolsonaro à tribunais internacionais. A bola da vez seria a decisão do governo de rever o Programa de Direitos Humanos (PNDH). Essa ação estaria sendo conduzida por Damares Alves, ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos. Esse fato enfureceu a parlamentar petista, que demonstrou total inconformação com os passos dados pelo governo. “É a destruição da política nacional de Direitos Humanos, construída em mais de 50 conferências temáticas, com representantes de todos os matizes e de todas as causas que os conectam ao sistema internacional” — declarou Maria do Rosário. “Vamos denunciar este governo genocida, que viola direitos básicos e que pretende ex...
Jornal usa expressão preconceituosa para se referir a bolsonaristas: “Vergonha da raça”

Jornal usa expressão preconceituosa para se referir a bolsonaristas: “Vergonha da raça”

Bia Kicis, Bolsonaro, Câmara, CCJ, Damares Alves, Folha de S.Paulo, Notícias, Política
O jornal Folha de S. Paulo, desafeto público da atual gestão da Presidência da República, demonstrou mais uma vez para os seus leitores o chamado “ódio do bem”. Em sua coluna na famigerada Folha, a jornalista Mariliz Pereira Jorge, assim como alguns de seus colegas, não poupou palavras e destilou todo o seu veneno contra figuras do Governo Bolsonaro. Desta vez, os alvos dos ataques foram Damares Alvez, ministra da Família e dos Direitos Humanos, Carla Zambelli, deputada federal, e Bia Kicis, também deputada federal. A jornalista chegou a usar uma expressão preconceituosa para se referir às bolsonaristas: “Vergonha da raça”. O grande motivo da fúria da profissional de imprensa é a possibilidade de Bia Kicis, ex-procuradora do Distrito Federal, assumir a Presidência da Comissão de Const...
Bolsonaro reitera compromisso com pauta antiaborto

Bolsonaro reitera compromisso com pauta antiaborto

Damares Alves, familia, Jair Bolsonaro, Notícias, Política
Também ministros de Estado se pronunciaram acerca da decisão do Senado argentino de aprovar a interrupção da gravidez até a 14ª semana “Lamento profundamente pelas vidas das crianças argentinas”, declarou o presidente Foto: Reprodução/YouTube O presidente Jair Bolsonaro reafirmou que o governo federal não enviará projetos a favor da legalização do aborto no Brasil. De acordo com ele, a prática “jamais será aprovada” durante sua gestão. A fala do chefe do Executivo vem no momento em que passa a valer na Argentina a interrupção da gravidez até a 14ª semana. “Lamento profundamente pelas vidas das crianças argentinas, agora sujeitas a serem ceifadas no ventre de suas mães com anuência do Estado”, escreveu Bolsonaro, nas redes sociais, na quarta-feira 30. “No que depender de mim e do meu gover...
Órgão libera visita íntima para menores a partir dos 12 anos, abrindo espaço para “estupro de vulnerável”

Órgão libera visita íntima para menores a partir dos 12 anos, abrindo espaço para “estupro de vulnerável”

Brasil, crianças, Damares Alves, Notícias, Política, Prisão
O Conselho Nacional dos Direitos das Crianças e do Adolescente (Conanda), um órgão de estado, aprovou uma resolução que permite a visita íntima para menores infratores, a partir dos 12 anos de idade, em internatos. O órgão é formada por representantes do governo, a metade, e representantes da sociedade civil, a outra metade. Entre os prepostos da sociedade civil, estão a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), a Central Única dos Trabalhadores (CUT) e a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), que votaram favoráveis ao despacho, vencendo a negativa do governo quanto a medida. A resolução, que teria como objetivo “estabelecer diretrizes e parâmetros de atendimento para as questões de gênero no Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo (Sinase) e para a garantia de direitos d...
× Como posso te ajudar?