quinta-feira, agosto 11Notícias Importantes
Shadow

Bruna Marquezine: “A religiosidade é uma doença”

A atriz Bruna Marquezine, ex-figurinha carimbada da Rede Globo, afirmou em sua conta no Twitter que “a religiosidade é uma doença”. A fala da atriz foi realizada ao comentar a tentativa de um grupo de religiosos em impedir que uma criança de 10 anos, vítima de estupro, abortasse.

“E não tem nenhum religioso na porta da delegacia exigindo a prisão do monstro criminoso que estuprou a sobrinha e está foragido. A religiosidade é uma doença. Estamos falando de um CRIANÇA DE 10 ANOS. Isso não é ser pró-vida, isso é ser ignorante, limitado e CRUEL” — escreveu.

O caso aconteceu neste domingo (17), em Recife-PE. A criança, que não teve o nome revelado, estaria grávida de alguns meses em decorrência de violência sexual realizada pelo tio. Natural da cidade de São Mateus, no Norte do Espírito Santo, a pequena jovem recebeu autorização da Justiça capixaba para realizar o procedimento de aborto. No entanto, durante o procedimento neste domingo (16), um grupo de religiosos cristãos tentaram impedir que o aborto fosse realizado.

Os religiosos merecem respeito

Obs: Estamos todos neste momento revoltado com o crime cometido contra essa criança. A maioria esmagadora dos brasileiros de bem anseia incessantemente por justiça nesse caso. Não obstante, nós também esperamos que esse momento não sirva de oportunidade para alguns grupos destilarem todo seu ódio pelos religiosos.

Num país majoritariamente cristão, com mais de 80% dos cidadãos se identificando como seguidores de Cristo, ficou evidente que a maioria dos brasileiros não concorda com o grupo de religiosos que tentaram impedir o aborto realizado por essa menina. E o motivo é simples: a pessoa que realizou esse procedimento é uma criança de apenas 10 anos. E para a maioria dos brasileiros, cristãos, o fato da vítima ser uma pequena criança pesou muito para serem favoráveis ao procedimento de interrupção da gravidez.

Por outro lado, afirmar que “a religiosidade é uma doença” é um tremendo ato de desrespeito aos cristãos e outros grupos religiosos. A atriz, provavelmente, deve desconhecer que uma boa parte dos grupos que lutam pelas crianças brasileiras neste país são cristãos; ao passo que os principais grupos, que impedem punições severas para estupradores, são de Esquerda, os quais, por exemplo, sabotaram o ‘projeto de castração química’ deste tipo de criminoso — proposta realizada por Jair Bolsonaro no Congresso, quando ainda era deputado federal.

× Como posso te ajudar?