sábado, maio 8Notícias Importantes
Shadow

Biografia Oswald Smith: uma vida dedicada a missões

Oswald Jeffray Smith (1889-1986), nascido em Ontário/Canadá, foi o mais velho dos dez filhos de Benjamin e Alice Smith. Ele passou parte de sua infância ajudando na estação ferroviária, onde seu pai trabalhava. A maior responsabilidade dele era acender as lâmpadas de sinalização do semáforo. Durante esse período, teve muitos problemas de saúde e não esperada sobreviver a sua adolescência. Esse jovem frágil e despretensioso foi responsável anos depois por levar a luz do evangelho ao mundo e inspirar gerações na causa de missões globais.

Smith teve seu encontro pessoal com Cristo aos dezesseis anos, após ouvir o famoso evangelista R. A. Torrey. A pregação foi em Isaías 53, lido com ênfase pessoal: Ele foi ferido por [minhas] transgressões, ele foi ferido por [minhas] iniquidades, o castigo de [minha] paz estava sobre ele; e pelas suas pisaduras [fui] curado. Oswald J. Smith relatou mais tarde: “Ao abrir meu coração ao Salvador, pedindo que fosse expiação do meu pecado, meu substituto, não senti nenhuma grande mudança, nenhuma experiência maravilhosa, mas confiei em Cristo Jesus e a partir de então experimentei uma doce paz.”

Após esse acontecimento, o jovem preparou-se para o ministério e foi ordenado pastor presbiteriano. O seu desejo era dedicar-se à obra missionária, mas foi advertido de que era muito fraco fisicamente para enfrentar a dura vida em missões. Como alguém disse: “As juntas missionárias às vezes falham nos seus diagnósticos – o jovem tão fraco, que não podia ser missionário, viveu 96 anos (…). Deus usou-o poderosamente num trabalho que não deixou de ser missionário, pois além de pregar em 80 países do mundo, ainda fundou uma igreja que tem sustentado centenas de missionários”.

Não conseguindo obter um posto de campo, ele recebeu treinamento ministerial no London Bible College, agora Ontario Bible College, em Ontario e no Presbyterian McCormick Theological Seminary em Chicago. O noivado de casamento rompido em 1914 foi talvez o evento mais emocionalmente devastador que enfrentou como estudante ministerial. No entanto, em meio ao desespero, ele escreveu algumas de suas poesias mais memoráveis, enfocando explicitamente a necessidade de intimidade com Deus. Seguindo seus estudos, Smith conheceu e mais tarde se casou com Daisy Billings, em 1916.

Smith promoveu várias cruzadas evangelísticas na América do Norte. Em 1924, teve sua primeira viagem fora do continente, indo a nove países europeus.

Oswald J. Smith fundou a Igreja do Povo, em Toronto, em 1928, e continuou como seu pastor até 1958. Embora seja uma das maiores igrejas do Canadá, a sua fama reside no sustento de missionários por todo o mundo. As iniciativas dele para influenciar as nações com o Evangelho foram tão grandes que milhares de pessoas passaram a chama-lo de “Sr. Missões”. Um de seus lemas, que se tornou mundialmente conhecido, era: “Nenhuma visão que não seja o mundo é uma visão de Deus”.

Desde o início, a Igreja do Povo foi grande. Smith atraiu multidões impressionantes para os cultos que ocorriam de manhã e à noite. Ele cativou o público com mensagens sobre evangelismo, missões e a vida mais profunda com Cristo. Ele também convidou alguns dos pregadores evangélicos mais ilustres do mundo para pregar.

O seu pastor dizia: “O Dr Oswald Smith deu mais ímpeto às missões do que qualquer outra pessoa viva”. Billy Graham, falando dos 35 livros (traduzidos para 128 línguas) deste servo do Senhor, escreveu: “Os seus livros têm sido usados pelo Espírito Santo para penetrar na profundeza da minha alma e tiveram uma influência tremenda sobre a minha vida pessoal e o meu ministério”.

O livro de Oswald, Paixão Pelas Almas, amplamente divulgado pela Junta de Missões Mundiais, teve enorme repercussão; “A tarefa suprema da Igreja é a evangelização do mundo”. Oswald Smith pregava isso e praticava-o. Foi um evangelista mundial, pregando e ganhando almas em todos os continentes. Pela rádio e televisão alcançou milhões de pessoas, através de 42 emissoras. Como editor, publicou uma revista durante mais de 40 anos. Foram-lhe conferidos três doutorados (honoris causa). O Dr. Smith escreveu mais de 1.200 poesias e letras de hinos e cânticos evangélicos. Publicou várias coletâneas.

Smith muitas vezes passava meses longe de Toronto, em viagens para campos missionários pregando e motivando. Quando voltava, ele contava à sua igreja suas aventuras, familiarizando os fiéis com as necessidades globais e levantando milhões de dólares para causas missionárias. Ele era conhecido por citações memoráveis como: “Você deve ir ou mandar um substituto; sem ataque, sem defesa”; e “Por que alguém deveria ouvir o evangelho duas vezes antes de todos terem ouvido uma vez?”

Billy Graham pregou na ocasião do seu culto fúnebre, em janeiro de 1986, e entre outras coisas, disse que Oswald Smith foi “a maior combinação de pastor, escritor de hinos, líder missionário e evangelista do nosso tempo”.

Por fim, ao ter acesso ao testemunho e obra de Oswald Smith, é notável um homem apaixonado que se empenhou de todas as maneiras em ações práticas de amor a Deus e à humanidade. O seu objetivo sempre foi de ver Cristo glorificado em todos os continentes, países, cidades, povos, aldeias e malocas. Ele foi um exemplo, assumindo a sua responsabilidade na evangelização, tanto localmente como internacionalmente, possibilitando o envio de muitos.

Fonte: Enciclopédia online de líderes cristãos canadenses.

Deixe uma resposta

× Como posso te ajudar?
%d blogueiros gostam disto: