segunda-feira, janeiro 25Notícias Importantes
Shadow

Assalto em Criciúma: ‘Nunca houve com essa dimensão, com essa violência’ em Santa Catarina, diz delegado – G1

Delegado fala sobre investigação de ataque de bandidos em Criciúma

Delegado fala sobre investigação de ataque de bandidos em Criciúma

O assalto a uma agência do Banco do Brasil em Criciúma (SC) entre o fim da noite desta segunda-feira (30) e o começo da madrugada desta terça-feira (1º), é inédito no estado, pela dimensão e violência, segundo o delegado Anselmo Cruz, titular da Delegacia de Roubos e Antissequestro da Diretoria Estadual de Investigações Criminais de Santa Catarina.

“É uma inédita ação aqui no estado. Nunca houve com essa dimensão, com essa violência e isso nós traz já, nos remete, a ser um pessoal de fora que tenha praticado o crime”, afirmou Cruz em entrevista à GloboNews.

O delegado diz que o grupo usou fuzis calibres 556 e 762 e .50, capaz de derrubar helicópteros. Os tiros disparados atingiram prédios, estabelecimentos comerciais e o Batalhão da Polícia Militar da cidade. Funcionários da prefeitura foram feitos rens e colocados sentados no meio da rua para dificultar a ação das autoridades.

Cerca de 30 quilos de explosivos foram deixados pelo grupo criminoso no local, mas não se sabe quanto eles usaram efetivamente.

“De fato, é uma ação extremamente violenta e a mobilização policial das policias Militar e Civil ainda vai continuar por vários dias aqui na região”, afirmou o delegado.

A suspeita, segundo o delegado, é que o grupo seja de fora do estado – do Centro-Oeste ou Sudeste do país.

1 de 2
Criciúma – perícia recolhe suposto explosivo — Foto: Reprodução/GloboNews

Criciúma – perícia recolhe suposto explosivo — Foto: Reprodução/GloboNews

VÍDEO: Entenda o assalto Banco do Brasil em Criciúma (SC)

VÍDEO: Entenda o assalto Banco do Brasil em Criciúma (SC)

2 de 2
Veja o local do assalto ao Banco do Brasil em Criciúma — Foto: Arte G1

Veja o local do assalto ao Banco do Brasil em Criciúma — Foto: Arte G1

  • Cerca de 30 pessoas encapuzadas assaltaram uma agência do Banco do Brasil no Centro de Criciúma às 23h50 de segunda-feira. A ação durou 1 hora e 45 minutos.
  • Pessoas foram feitas rens e cercadas por criminosos; houve bloqueios e barreiras para conter a chegada da polícia.
  • Um PM e um vigilante ficaram feridos. Ninguém morreu.
  • Criminosos fugiram, e parte do dinheiro ficou espalhada pelas ruas. Valor levado e abandonado não foi calculado até as 7h30. Quatro moradores foram detidos após recolherem R$ 810 mil que ficaram jogados no chão devido a explosão durante o assalto.
  • Criminosos também deixaram 30 quilos de explosivos para trás. Polícia não sabe o total utilizado.
  • 10 carros usados no assalto foram apreendidos em um milharal de uma propriedade privada em Nova Veneza, a noroeste de Criciúma.
  • Em nota, o Banco do Brasil disse que funcionários não foram feridos, que não há previsão para reabertura da agência e que não informa “valores subtraídos durante ataque às suas dependências”.

ASSALTO E TIROTEIO EM CRICIÚMA

VÍDEOS: veja imagens do terror causado por assalto a banco

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *