quinta-feira, janeiro 21Notícias Importantes
Shadow

Anvisa encerra inspeção na China para verificar fábrica da CoronaVac – UOL Notícias

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) informou que encerrou hoje o processo de inspeção na China, na Sinovac, fabricante de insumos utilizados pelo Instituto Butantan na produção da CoronaVac, vacina contra o novo coronavírus.

A ida ao local tinha como objetivo verificar as “boas práticas de fabricação” da empresa e a previsão é de que a decisão final sobre a certificação seja dada entre a última semana de dezembro e a primeira de janeiro do ano que vem.

A agência explicou que a conclusão do processo ocorrerá com a emissão de relatório de inspeção feito pela equipe, após apresentação de informações adicionais decorrentes da inspeção a serem enviadas pelo Butantan.

“A previsão é de que a decisão final quanto à Certificação em Boas Práticas de Fabricação seja realizada entre a última semana de dezembro e a primeira semana de janeiro”, informou a agência, em comunicado divulgado.

Na semana que vem, uma equipe de funcionários da agência vai realizar o processo de inspeção na Wuxi Biologics Co., produtora dos insumos utilizados pela Fiocruz Bio-Manguinhos na produção da vacina da AstraZeneca.

CoronaVac

O Butantan é um órgão do governo do estado de São Paulo. Ontem, o governador paulista, João Doria, (PSDB) disse que a previsão é de que a CoronaVac tenha uma autorização de uso emergencial por parte da Anvisa ainda no primeiro mês do ano que vem.

Caso não seja distribuído pelo SUS (Sistema Único de Saúde), Doria disse que já tem um plano estadual de imunização elaborado —que ainda não foi divulgado.

Não é a primeira vez que Doria dá uma data para início da vacinação contra covid-19 no estado. Em setembro, quando assinou o contrato para compra de 46 milhões de doses da CoronaVac, ele disse que a intenção era começar a campanha de vacinação para profissionais da saúde no estado em 15 de dezembro.

A vacina, no entanto, segue em fase de testes e precisa ser autorizada pela Anvisa antes de ser distribuída e aplicada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *